SEMÂNTICA E ESTILÍSTICA
5 pág.

SEMÂNTICA E ESTILÍSTICA


DisciplinaLetras6.199 materiais23.743 seguidores
Pré-visualização1 página
QUESTÃO 1
Quando lemos num almanaque uma paródia como "Minha rua tem paralelepípedos onde vejo muitos carros. Os amortecedores que aqui trocaste vais quebrar na certa lá", a coesão textual se faz, entre outras coisas, pelo uso
 
a )
 exofórico de "aqui", que remete possivelmente a uma oficina mecânica, e endofórico de "lá", que substitui "rua".
b )
 catafórico do sintagma "rua de paralelepípedos", que se projeta nos dois advérbios presentes na outra frase.
c )
 anafórico dos advérbios de lugar "aqui" e "lá", cujos antecedentes textuais são "rua" e "paralelepípedos".
d )
 dos pronomes relativos "onde" e "que", por seu papel de transpositor dos substantivos "paralelepípedos" e "carro".
QUESTÃO 2
"A mesa é velha, me acompanha desde menino: destas antigas, com uma gradinha de madeira em volta, como as de tabelião do interior."
Fernando Sabino não usou conector entre as duas primeiras orações desse fragmento. A vírgula e o contexto mostram que as duas ideias podem ser associadas coerentemente, como fica explícito em:
a )
 A mesa é velha, embora me acompanhe desde menino (...)
 
b )
 A mesa é velha, e me acompanha desde menino (...)
c )
 A mesa é velha, enquanto me acompanha desde menino (...)
d )
 A mesa é velha, ou me acompanha desde menino (...)
QUESTÃO 3
O criador e sistematizador da Estilística como disciplina que busca o seu objeto próprio de estudo foi
a )
 Roman Jakobson.
 
b )
 Charles Bally.
c )
 J. Mattoso Câmara Jr.
d )
 Karl Vossler.
QUESTÃO 4
O bêbado entra no consultório e dá de cara com o doutor:
- "Eu não atendo bêbado", diz o médico.
- "Então eu volto quando o senhor estiver sóbrio."
A anedota acima mostra que o médico quis dizer que não atendia pessoas bêbadas. No entanto, a resposta do bêbado revela uma outra interpretação, segundo a qual
a )
 o bêbado não podia ser atendido pelo médico.
 
b )
 o médico não atenderia porque estava bêbado.
c )
 o médico não estava sóbrio, mas o paciente sim.
d )
 o bêbado não tinha marcado hora com o médico.
QUESTÃO 5
"A arte da eloquência, a arte de bem argumentar; arte da palavra; conjunto de regras que constituem a arte do bem dizer, a arte da eloquência; oratória." Assim se define uma das parceiras históricas da Estilística, ou seja,
 
a )
 a Poética.
b )
 a Literatura.
c )
 a Retórica.
d )
 a Filosofia.
QUESTÃO 6
Uma das possibilidades de reconhecer as diferenças mais típicas entre palavras sinônimas é a que distingue um termo do outro por razões comunicativas, como acontece no seguinte par, no qual a primeira palavra é mais coloquial do que a outra:
a )
 dentada / mordida.
 
b )
 balada / festa.
c )
 artilheiro / centroavante.
d )
 antídoto / contraveneno.
QUESTÃO 7
"Os poemas são pássaros que chegam / não se sabe de onde e pousam / no livro que lês." ("Os Poemas", Mário Quintana)
Assinale a alternativa que reescreve os versos de Mário Quintana numa ordem inversa que contraria o significado existente no original.
a )
 São os poemas pássaros que não se sabe de onde chegam e no livro que lês pousam.
b )
 No livro que lês os poemas são pássaros que chegam e pousam não se sabe de onde.
c )
 Os poemas são pássaros que chegam não se sabe de onde e no livro que lês pousam.
 
d )
 São pássaros os poemas que pousam no livro que lês e chegam não se sabe de onde.
QUESTÃO 8
"O espírito do moço não se embebia decerto na perspectiva dessa encantadora natureza, sempre admirada e sempre nova. Ao contrário, abandonava-se todo às recordações de seu encontro pela manhã e aos enlevos que lhe deixara a contemplação da linda moça. Passava e repassava em sua memória, como em um cadinho, todas as circunstâncias mínimas deste grande e importante acontecimento, desde o momento em que assomou a visão até que desapareceu por último ao dobrar o canto da rua."
O trecho acima, extraído do capítulo IV de A Pata da Gazela, de José de Alencar, contém uma passagem predominantemente
a )
 narrativa.
b )
 injuntiva.
c )
 argumentativa.
 
d )
 descritiva.