avaliando direito empresarial II
2 pág.

avaliando direito empresarial II


DisciplinaDireito Empresarial II3.039 materiais13.405 seguidores
Pré-visualização2 páginas
1a Questão (Ref.:201605575916) Pontos: 0,1 / 0,1
Pretendendo aderir a um sistema de franquia empresarial, o microempresário individual SF consulta sua
advogada sobre as disposições legais referentes a esse contrato.
Assinale, dentre as afirmativas a seguir, a que apresenta a informação correta prestada pela advogada.
Em razão do sigilo dos instrumentos de escrituração, dos balanços e das demonstrações financeiras dos
empresários, o franqueador não é obrigado a incluir tais documentos nas informações da circular de
oferta de franquia.
O franqueador é obrigado a incluir na circular de oferta de franquia informação em relação ao território
de atuação do franqueado, especificando a possibilidade de o franqueado realizar vendas ou prestar
serviços fora de seu território, ou realizar exportações.
Se o franqueador veicular informações falsas na circular de oferta de franquia, o franqueado não poderá
arguir a anulabilidade do contrato, apenas das cláusulas pertinentes, mas poderá exigir devolução das
quantias que já houver pago, a título de taxa de filiação e royalties, devidamente corrigidas.
Tratando-se de franqueador ou franqueado enquadrado como microempreendedor individual,
microempresa ou empresa de pequeno porte, é dispensável a presença no contrato de testemunhas e
terá validade independentemente de ser levado a registro perante cartório ou órgão público.
Nenhuma das anteriores
Respondido em 11/11/2019 16:55:30
Compare com a sua resposta:
2a Questão (Ref.:201605493587) Pontos: 0,1 / 0,1
Sobre a decretação da falência e o processamento da recuperação judicial é correto dizer:
A decretação da falência ou o deferimento do processamento da recuperação judicial suspende o curso da
prescrição e de todas as ações e execuções em face do devedor, com exceção dos credores particulares do sócio
solidário.
A verificação dos créditos será realizada pelo administrador judicial, com base nos livros contábeis e documentos
comerciais e fiscais do devedor e nos documentos que lhe forem apresentados pelos credores, não podendo
contar com o auxílio de profissionais ou empresas especializadas, pelo caráter sigiloso de sua função
A habilitação de crédito realizada pelo credor nos termos da lei falimentar deverá conter: o nome, o endereço do
credor e o endereço em que receberá comunicação de qualquer ato do processo, o valor do crédito, atualizado até
a data da decretação da falência ou do pedido de recuperação judicial, sua origem e classificação, os documentos
comprobatórios do crédito e a indicação das demais provas a serem produzidas, a indicação da garantia prestada
pelo devedor, se houver, e o respectivo instrumento e a especificação do objeto da garantia que estiver na posse
do credor.
nda
Independentemente da verificação periódica perante os cartórios de distribuição, as ações que venham a ser
propostas contra o devedor deverão ser comunicadas ao juízo da falência ou da recuperação judicial,
exclusivamente pelo devedor assim que for citado.
Respondido em 11/11/2019 16:56:10
Compare com a sua resposta:
3a Questão (Ref.:201605588225) Pontos: 0,1 / 0,1
Quanto à Falência e Recuperação, segundo a Lei nº 11.101/2005, analise as afirmativas a seguir.
I. É competente para deferir a Recuperação Judicial ou decretar a Falência, o juízo do local do principal estabelecimento do
devedor empresário ou sociedade empresária.
II. Aplicam-se à sociedade de economia mista, mas não à empresa pública.
III. Serão suspensas todas as ações e execuções em face do devedor, inclusive aquelas em que se demandar quantia ilíquida.
IV. Não são exigíveis do devedor as obrigações a título gratuito, as despesas que os credores fizerem para tomar parte na
recuperação judicial ou na falência, salvo as custas judiciais decorrentes de litígio com o devedor.
Está(ão) correta(s) apenas a(s) afirmativa(s)
I, II e III
I e IV
I e II
III
N.d.a
Respondido em 11/11/2019 16:57:05
Compare com a sua resposta:
4a Questão (Ref.:201605561732) Pontos: 0,0 / 0,1
De acordo com a Lei 11.101, de 09 de fevereiro de 2005, que regula a recuperação judicial, a extrajudicial e a falência do
empresário e da sociedade empresária, é CORRETO afirmar que a assembleia geral de credores terá por atribuições deliberar
sobre
a constituição do Comitê de Credores, a escolha de seus membros e sua substituição.
a aprovação, rejeição ou modificação do plano de recuperação judicial apresentado pelo devedor.
o nome do gestor judicial, quando do afastamento do devedor.
o pedido de desistência do devedor, nos termos do §4° do art. 52 desta Lei.
o nome do administrador judicial, quando do afastamento do devedor
Respondido em 11/11/2019 16:59:06
Compare com a sua resposta:
5a Questão (Ref.:201605592269) Pontos: 0,1 / 0,1
(Procurador BACEN 2009 CESPE) A empresa Alfa Ltda. teve sua falência declarada pelo juiz competente em 15/4/2009. No
mesmo ato processual, determinou-se o afastamento imediato dos administradores e a lacração da empresa. A partir dessa
situação hipotética, assinale a opção correta.
A decretação da falência pelo juízo competente ocasiona o vencimento antecipado de todas as dívidas do devedor e
dos sócios limitada ou ilimitadamente responsáveis, com o abatimento proporcional dos juros, e converte, ainda, todos
os créditos em moeda estrangeira para a moeda do país, pelo câmbio do dia da decisão judicial.
O chamado termo legal da falência consiste no prazo fixado pelo juiz ou por lei, em que os atos praticados pelo falido
ficam sujeitos à declaração de ineficácia em relação à massa falida e aos seus credores. A data da prolação da
sentença falimentar é importante porque o termo legal não pode retrotrair a mais do que 90 dias contados desse
momento.
A decretação da falência suspende o curso da prescrição e das ações e execuções em face do devedor, inclusive
aquelas dos credores particulares do sócio solidário. No entanto, terão prosseguimento, nos juízos nos quais estiverem
se processando, as ações que demandarem quantia ilíquida.
A empresa cuja falência haja sido decretada tem 15 dias de prazo para apelar da sentença de falência, iniciando-se a
contagem desse prazo a partir do primeiro dia útil seguinte ao de sua publicação.
A sentença falimentar tem natureza meramente declaratória do estado de insolvência jurídica do falido. Para que possa
produzir efeitos, é necessário levar cópia autenticada do provimento jurisdicional à Junta Comercial, a fim de efetuar o
protesto para fins falimentares.