A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
38 pág.
Manoel Ribeiro Borges Junior- TCC

Pré-visualização | Página 1 de 5

9
CENTRO UNIVERSITARIO DO PLANALTO DE ARAXÁ
MANOEL RIBEIRO BORGES JUNIOR
ENERGIA EÓLICA FONTE ALTERNATIVA INESGOTÁVEL
Araxá – MG
2018
MANOEL RIBEIRO BORGES JUNIOR
ENERGIA EÓLICA FONTE ALTERNATIVA INESGOTÁVEL
Dissertação apresentada à Centro Universitário Planalto de Araxá para o cumprimento dos requisitos à obtenção do grau de Engenharia civil. Realizado sob a orientação técnica da orientadora Carla Miriam de Menezes e Silva , Professora de Projetos Elétricos do Centro Universitário do Planalto de Araxá
Araxá – MG
2018
MANOEL RIBEIRO BORGES JUNIOR
Dissertação apresentada à Centro Universitário do Planalto de Araxá para o cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Engenharia Civil. Realizado sob a orientação técnica da orientadora Carla Miriam de Menezes e Silva, Professora de Projetos Elétricos do Centro Universitário do Planalto de Araxá
Araxá, ____ de ___________________ 2018.
BANCA EXAMINADORA
_______________________
______________________________
______________________________
DEDICATÓRIA
Dedicamos esse trabalho para todas as pessoas que nos apoiaram, aos nossos familiares, pai, mãe, esposa e nossos filhos e gerações futura.
AGRADECIMENTO
Agradecemos a Deus, nossos professores, colegas, professores,coordenadores a direção do Centro Universitário do Planalto de Araxá pelos seus apoios e disponibilidade para ampliar nossos conhecimentos, e aos nossos pais pelas condições que nos criaram a realizar este projeto, a minha esposa e filhos, pela compreensão e apoio para realizamos mais está jornada em nossas vidas. 
RESUMO
Energia Eólica Fonte Alternativa Inesgotável, Junior, Manoel Ribeiro Borges, sendo a Orientadora: Silva, Carla Miriam de Menezes e.
Com o crescimento e desenvolvimento global as energias vêm sofrendo um aumento de demanda considerável, e com isto as usinas que utilizam fontes não renováveis precisam aumenta a produção de energia para o atendimento da demanda, e assim ela provocam um impacto ambiental cada vez maior e sem contar o aumento preço dos combustíveis e lembrando que os mesmo são de origens fosseis. Com o aumento do consumo destes combustíveis, eles se tornaram escassos. Por outro lado a procura por energias alternativas surgem às energias renováveis com grande potenciais e amigas do meio ambiente; com grande destaque para a energia eólica, que é uma energia limpa e inesgotável. Este trabalho procura apresentar um novo conceito de energia limpa e inesgotável, que através do aproveitamento do vento, possa atender pequenas populações e grandes centros sem provocar maiores impactos ambientais. Mostra também que elas são soluções para o futuro. 
Palavras-chaves: Energia eólica, energia renovável, aero geradores, turbinas eólicas, ventos, usinas eólicas e meio ambiente. 
ABSTRACT
Alternative Energy Inexhaustible Alternative Source, Junior, Manoel Ribeiro Borges, being the Advisor: Silva, Carla Miriam de Menezes e.
With global growth and development, energy has been increasing considerably, and with this, plants that use non-renewable sources need to increase energy production to meet demand, and thus cause an increasing environmental impact and without count the rising price of fuels and remembering that they are of fossil origins. With the increased consumption of these fuels, they have become scarce. On the other hand the demand for alternative energies arise to the renewable energies with great potentials and friends of the environment; with great emphasis on wind energy, which is a clean and inexhaustible energy. This work seeks to present a new concept of clean and inexhaustible energy, which through the use of wind, can serve small populations and large centers without causing major environmental impacts. It also shows that they are solutions for the future.
Keywords: Wind energy, renewable energy, aero generators, wind turbines, wind, wind power plants and the environment.
SUMÁRIO
QUADROS E FIGURAS
GRÁFICOS E TABELAS
1. INTRODUÇÃO
Na atualidade a energia elétrica é um assunto de extrema importância no desenvolvimento de uma nação ou da própria humanidade. O aproveitamento energético ainda é muito pouco,está longe de atingir um nível satisfatório, tendo em conta que depende na sua grande maioria da energia de origem não renovável e poluente, seja de fonte mineral, atômica, fóssil, etc. 
O desenvolvimento implica, não só a independência de recursos que possam vir a esgotar, como também a proteção do meio ambiente, de modo a assegurar a qualidade de vida das gerações futuras. 
A energia pode ser utilizada de forma mais civilizada e menos dispendiosa, por meios de fontes renováveis como a energia eólica, solar, hídrica, das marés, geotérmica e de outras mais. 
Conforme sita Gouveia; Vitor Miguel Frango de, em sua tese a utilização de sistemas capazes de gerar energia de forma “limpa” e sustentável está em crescimento, devido em boa medida aos problemas a nível climático e ao esgotamento dos recursos do nosso planeta, quando confrontados com a crescente procura de energia, por exemplo, prevê-se que em 2030 a procura de energia irá crescer em cerca de 29% relativamente ao ano 2000. Estes sistemas tenderão a ganhar ainda maior relevância devido à decisão da Comunidade Européia e outros países, de aceitar as obrigações de redução de emissões que provoquem alterações no clima, segundo o exposto no Protocolo de Kyoto. 
1.1 - O que é Energia Eólica?
A energia eólica é a energia cinética obtida do deslocamento de massas de ar, é uma abundante fonte de energia, renovável, limpa e disponível em todos os lugares, os ventos são gerados pelas diferenças de temperatura na superfície do planeta. 
A quantidade de energia disponível no vento varia de acordo com as estações do ano e as horas do dia. Resultado da associação da radiação solar incidente no planeta com o movimento de rotação da terra, fenômenos naturais que se repetem. Por isso é considerada energia renovável.
 Conforme sita Gouveia; Vitor Miguel Frango de, em sua tese a topografia e a rugosidade do solo também têm grande influência na distribuição de freqüência de ocorrência dos ventos e de sua velocidade em um local. Além disso, a quantidade de energia eólica extraível numa região depende das características de desempenho, altura de operação e espaçamento horizontal dos sistemas de conversão de energia eólica instalados.
1.2 – Origem
Figura 1 - Primeira usina eólica, em 1888, de Charles Brush
A história não consegue apontar o precisamente momento na história, que o homem deixou de ser nômade e começou a refletir sobre as forças da natureza que governavam a sua existência e como poderia tirar proveito delas? Sua primeira tentativa de entender o meio ambiente tornou-se a base da ciência. 
“Infelizmente não eram inclinados para a autocrítica e não praticavam a experimentação. A humanidade nunca saberá se existiu qualquer postulado por esses ancestrais, talvez muitas informações sobre a ciência natural foram perdidas devido a negligencia e ignorância que ocorria naquele tempo”. Ferreira; Ricardo e Bruno Moreira da Costa
Os moinhos de ventos foram inventados na Pérsia no século V, para serem usados como bombas para irrigação, o mecanismo básicos do moinho de vento não mudaram ate hoje, o vento e o combustível básico dos moinhos, vento atinge a hélice que ao movimentar-se gira um eixo do aero gerador.
“Parece ser difícil afirmar com segurança a época em que surgiram os primeiros moinhos de vento, há indicações sobre tais motores primários já no século X. Este assunto é bem dissertado no livro “Uma História das invenções Mecânicas” de Abbot Payson Usher, editado pela primeira vez em 1929, o livro cita relato de geógrafos descrevendo moinhos de ventos utilizados no Oriente Médio para bombeamento d água. O mesmo aponta ainda referencias diversas como historias e crônicas – mas, neste caso, considerando sua veracidade incerta – que mencionam o uso dos moinhos de ventos já em 340 d.C”
Energia de cata ventos criada no século XIX, eletricidade gerada a partir do vento ganha impulso

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.