Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
102 pág.
Questões CESPE comentadas parte 2

Pré-visualização | Página 5 de 7

de entorpecentes, de ações de prevenção e repressão a delitos praticados por organizações criminosas,
de abuso de autoridade e de delitos previstos na Lei de Tortura, julgue o item que se segue. Situação hipotética: Uma autoridade policial prolongou, sem autorização judicial, a execução de prisão temporária de um indiciado, o que levou a defesa deste a representá-la criminalmente por abuso de autoridade, mediante petição dirigida à autoridade superior. Assertiva: Nessa situação, a representação é condição de procedibilidade para a aplicação das sanções penais correspondentes.
 Certo ou errado.
QUESTÃO 33
Gabarito 
A assertiva está errada, pois a ação penal no crime de abuso de autoridade é pública incondicionada, desse modo, o início da ação penal independe da representação da vítima ou de outro indivíduo. 
QUESTÃO 33
STJ 2018 CESPE- Considerando a legislação, a doutrina e a jurisprudência dos tribunais superiores acerca dos direitos e das garantias fundamentais e da aplicabilidade das normas constitucionais, julgue o item a seguir. Constitui crime de resistência bloquear o ingresso de oficial de justiça munido de mandado de intimação no domicílio durante o período noturno do sábado. 
Certo ou errado.
QUESTÃO 34
Gabarito
A assertiva está incorreta, pois a conduta do particular é legal, haja vista que, o mandado judicial só poderia ser cumprido em tese durante o dia conforme o artigo  5º inciso XI   da Constituição Federal de 1988 que dispõe:
XI - a casa é asilo inviolável do indivíduo, ninguém nela podendo penetrar sem consentimento do morador, salvo em caso de flagrante delito ou desastre, ou para prestar socorro, ou, durante o dia, por determinação judicial;
QUESTÃO 34
STJ 2018 CESPE - Considerando que crime é fato típico, ilícito e culpável, julgue o item a seguir. O crime é dito impossível quando não há, em razão da ineficácia do meio empregado, violação, tampouco perigo de violação, do bem jurídico tutelado pelo tipo penal. 
Certo ou errado.
QUESTÃO 35
Gabarito 
Primeiramente deve ser lido o artigo 17  do Código Penal que dispõe:
 Art. 17 - Não se pune a tentativa quando, por ineficácia absoluta do meio ou por absoluta impropriedade do objeto, é impossível consumar-se o crime.
O crime é impossível quando há impossibilidade absoluta (não relativa) do meio utilizado (Ex.: arma tem um efeito estrutural que faz com que ela não possa ser efetiva) ou absoluta (não relativa) impropriedade do objeto (Ex.: tentar uma pessoa que já estava morta). 
A assertiva em questão, desse modo, está correta. 
QUESTÃO 35
CESPE MPU 2018 - Com relação aos crimes em espécie, julgue o item que se segue, considerando o entendimento firmado pelos tribunais superiores e a doutrina majoritária. Situação hipotética: Um indivíduo, penalmente imputável, ameaçou com arma de fogo um adolescente e subtraiu-lhe todos os pertences, incluindo-se valores e objetos pessoais. O autor foi preso logo depois, em flagrante delito, todavia, quando da abordagem policial, já não mais portava a arma utilizada no roubo.  Assertiva: Nessa situação, o agente responderá pelo roubo na forma simples, sendo indispensável a apreensão da arma de fogo pela autoridade policial para a caracterização da correspondente majorante do crime.
 Certo ou errado.
QUESTÃO 36
Gabarito 
A assertiva em questão está errada, pois, caso não seja possível a apreensão da arma o depoimento de testemunhas pode suprir a falta da perícia que seria realizada com a apreensão conforme o artigo  167  do Código de Processo Penal que dispõe:
Art. 167.  Não sendo possível o exame de corpo de delito, por haverem desaparecido os vestígios, a prova testemunhal poderá suprir-lhe a falta.
QUESTÃO 36
STJ 2018 CESPE - A contagem do prazo prescricional se inicia no dia em que transita em julgado definitivamente a sentença condenatória. 
Certo ou errado. 
QUESTÃO 37
Gabarito
A assertiva está incorreta, pois, em regra, conta-se do dia da consumação do crime  (ou de outro momento previsto no dispositivo logo abaixo)  conforme o artigo 111  do Código Penal que dispõe:
 Termo inicial da prescrição antes de transitar em julgado a sentença final
        Art. 111 - A prescrição, antes de transitar em julgado a sentença final, começa a correr:  
        I - do dia em que o crime se consumou;
        II - no caso de tentativa, do dia em que cessou a atividade criminosa; 
        III - nos crimes permanentes, do dia em que cessou a permanência; 
        IV - nos de bigamia e nos de falsificação ou alteração de assentamento do registro civil, da data em que o fato se tornou conhecido.
        V - nos crimes contra a dignidade sexual de crianças e adolescentes, previstos neste Código ou em legislação especial, da data em que a vítima completar 18 (dezoito) anos, salvo se a esse tempo já houver sido proposta a ação penal. 
QUESTÃO 37
STJ 2018 CESPE - Em se tratando de crimes de violência doméstica e familiar contra a mulher, se a condenação for privativa de liberdade por até um ano, poderá o juiz substituí-la por pena de prestação pecuniária ou pagamento isolado de multa. 
Certo ou errado.
QUESTÃO 38
Gabarito 
A assertiva em questão está incorreta, pois, nos crimes de violência doméstica e familiar contra a mulher não pode ser aplicada de forma isolada pena pecuniária ou de multa conforme 17 da lei 11.340  que dispõe: 
Art. 17. É vedada a aplicação, nos casos de violência doméstica e familiar contra a mulher, de penas de cesta básica ou outras de prestação pecuniária, bem como a substituição de pena que implique o pagamento isolado de multa.
QUESTÃO 38
PF 2018 CESPE- Delegado da PF instaurou IP para apurar crime cometido contra órgão público federal. Diligências constataram sofisticado esquema de organização criminosa criada com a intenção de fraudar programa de responsabilidade desse ente público. Com base nessas informações e com relação à prática de crime por organização criminosa, julgue  item seguinte. Se algum dos indiciados no âmbito desse IP apresentar elementos que justifiquem a celebração de acordo de colaboração premiada, e se a situação permitir a concessão do benefício a esse indiciado, o próprio delegado que estiver à frente da investigação poderá celebrar diretamente o acordo, devendo submetê-lo à homologação judicial. 
Certo ou errado.
QUESTÃO 39
Gabarito
A assertiva está correta conforme o artigo 4º §2º  da lei 12.850 de 2013 que dispõe: 
Art. 4º O juiz poderá, a requerimento das partes, conceder o perdão judicial, reduzir em até 2/3 (dois terços) a pena privativa de liberdade ou substituí-la por restritiva de direitos daquele que tenha colaborado efetiva e voluntariamente com a investigação e com o processo criminal, desde que dessa colaboração advenha um ou mais dos seguintes resultados:
§ 2º Considerando a relevância da colaboração prestada, o Ministério Público, a qualquer tempo, e o delegado de polícia, nos autos do inquérito policial, com a manifestação do Ministério Público, poderão requerer ou representar ao juiz pela concessão de perdão judicial ao colaborador, ainda que esse benefício não tenha sido previsto na proposta inicial, aplicando-se, no que couber, o art. 28 do Decreto-Lei nº 3.689, de 3 de outubro de 1941 (Código de Processo Penal).
QUESTÃO 39
ABIN 2018 CESPE- Todos os procedimentos investigatórios criminais instaurados pelo Ministério Público para apurar crimes contra a administração pública têm de ser realizados em sigilo.
 Certo ou errado.
QUESTÃO 40
Gabarito
A assertiva está incorreta, pois, a regra é a publicidade do atos, sendo que, o sigilo é a exceção conforme o artigo 5º LX  da Constituição Federal que dispõe:
 LX - a lei só poderá restringir a publicidade dos atos processuais quando a defesa da intimidade ou o interesse social o exigirem;
QUESTÃO 40
STJ 2018 CESPE- De acordo com o Supremo Tribunal Federal, a competência para processar e julgar os crimes de latrocínio é do tribunal do júri, e não do juiz singular. 
Certo ou errado.
QUESTÃO 41
Gabarito
Página1234567