A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
AVP - CRIMINALISTA 01

Pré-visualização | Página 1 de 2

Nota
ATIVIDADE 1
	Aluno:
	YATHAGAN MARINHO ANASTÁCIO
	Professor:
	RAIMUNDO CARLOS ALVES PEREIRA
	Curso:
	DIREITO
	Data:
	
	Turma IV:
	322-3
	Disciplina:
	CRIMINALÍSTICA E PERÍCIA FORENSE – 2020.1
	LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES:
1. A avaliação consta de questões múltiplas escolhas (objetiva) e questões abertas (subjetivas), assim distribuídas, com o Gabarito ao final a ser preenchido e encaminhado:
	Partes
	Número das questões
	Ponto das questões
	Questões Objetivas
	01 a 06
	2 pontos
	Questões Subjetivas
	07 a 08
	1 ponto
Questão 1 (Unidade Temática: Criminalística: Valor 0,33 pontos) “A Criminalística é uma disciplina jovem que surgiu no seio da Medicina Legal. Atualmente, sendo que muitos dos objetos de estudo de uma disciplina entrosam-se de tal forma aos da outra que, em muitos aspectos, torna-se difícil afirmar a qual pertence esse ou aquele conhecimento”. (Criminalística Básica, Eraldo Rabello)
Ao comentar essa situação, Rabello, fazendo referência à separação dos campos de atuação da Criminalística e da Medicinal Legal, afirma: “assim, quanto a esta parte, até a Medicina Legal está compreendida na definição moderna de Criminalística”.
Considerando a afirmação de Rabello, analise as proposições abaixo, apontando as verdadeiras e as falsas, no que se refere ao entendimento do autor supra, sobre Criminalística:
 
I-( ) Dedica-se ao estudo do objeto criminal no seu todo procurando compreender fatores causais ou predisponentes do crime; fatores precipitantes (contextos desviantes ou situações limítrofes); as interações entre a vítima e o agressor e o papel da vítima no processo penal, entre outros.
II-( ) Na maioria dos sistemas penais, como é o nosso, faz parte da fase inicial de toda a investigação, desenvolvida que é pela polícia judiciária, que devido aos avanços e complexidades dos delitos, cada vez mais se tornara necessário e decisivo a influência e participação direta dos estudos técnico-científicos, para o bom esclarecimento das ocorrências e o cumprimento das missões policiais.
III-( ) Demonstrar científica e objetivamente que as teorias do crime resultantes do processo investigativo ou apresentadas no contexto penal podem ser suscetíveis de várias interpretações.
IV-( ) Não procura construir um processo, o seu objetivo é: compreender/enquadrar os acontecimentos e circunstâncias a partir do material disponível no processo, ao qual aplica uma análise científica do crime e da conduta criminal.
V-( ) Disciplina técnico-científica por natureza e jurídico-penal por destinação, a qual concorre para a elucidação e aprova das infrações penais e da identidade dos autores respectivos, por meio da pesquisa, do adequado exame e da interpretação correta dos vestígios materiais dessas infrações
 
Assinale a opção correta abaixo:
a) F-F-F-V-V
b) F-V-F-F-V
c) V-V-F-V-F
d) F-F-F-V-V
e) V-V-V-F-F
Questão 2- (Unidade Temática – Criminalística – Valor 0,33 pontos) “Desde o seu surgimento, a criminalística visa estudar o crime de forma a não distorcer os fatos, zelando pela integridade e sempre perseguindo a evidência, com o fim de promover a justiça e como um meio de obter os argumentos decisórios para a prolação da sentença (ZARZUELA, 1996)”.
A Criminalística se fundamenta em princípios científicos, bem sabemos...” Outros são os princípios ditos como Princípios Fundamentais da Perícia Criminalística, referindo-se a observação, a análise, a interpretação, a descrição e à documentação da prova” (STUMVOLL, 2010).
De acordo com o trabalhado e discutido em sala de aula, após a leitura das afirmações abaixo, escolha as referentes ao Princípio da Interpretação:
I- Toda amostra deve ser documentada, desde seu nascimento na cena do crime até sua análise e descrição final, de forma a se estabelecer um histórico completo e fiel de sua origem. Este princípio, baseado na Cadeia de Custódia da prova material, visa a proteger, seguramente, a fidelidade da prova material, evitando a consideração de provas forjadas, incluídas no conjunto das demais, para provocar a incriminação ou a inocência de alguém.
II- o perito deve sempre seguir o método científico; A perícia científica visa a definir como o fato ocorreu (teoria), através de uma criteriosa coleta de dados (vestígios e indícios), que permitem estabelecer-se conjeturas sobre como se desenvolveu o fato, formulando-se hipóteses coerentes sobre ele. complementares.
III- o resultado de um exame pericial é constante com relação ao tempo e deve ser exposto em linguagem ética e juridicamente perfeita”. Os resultados dos exames periciais, sempre baseados em princípios científicos, não podem variar pela passagem do tempo; e, ainda, considerando que qualquer teoria científica deve gozar da propriedade da refutabilidade, os resultados da perícia, quando expostos através do Laudo, devem ser de uma forma bem clara, racionalmente dispostas e bem fundamentadas.
IV- dois objetos podem ser indistinguíveis, mais nunca idênticos; 
V- este princípio, também chamado de “Princípio da Individualidade”, preconiza que a identificação deve ser sempre enquadrada em três graus, ou sejam: a identificação genérica, a específica e a individual, sendo que os exames periciais deverão sempre alcançar este último grau.
Nessa interpretação, assinale a alternativa abaixo:
a) opções corretas I e II
b) opções corretas II e III
c) opções corretas IV e V
d) opções corretas II e V
e) opções corretas II e IV
Questão 3 (Unidade Temática – Local de Crime - Valor 0,33 pontos). “A entrada inicial em um local de crime, com vítima, que foi retirada do local pelo serviço de emergência médica, deve pressupor algumas cautelas, de modo a preservar as condições do crime, para que a dinâmica dos fatos criminosos seja desvendada e analisada fidedignamente”.
Neste contexto, assinale as alternativas que melhor explicitam estes procedimentos.
I) A entrada deve ser realizada pelo ponto mais próximo ao corpo de delito, e a saída no mesmo local respeitando o trajeto de entrada, desviando-se dos vestígios e preservando o estado das coisas.
II) A entrada ao local de crime é muito relevante, mesmo se considerarmos que vítima foi removida pelo serviço de emergência médica, os vestígios da violência deverão ser coletados.
III) A entrada deve ser feita pelo mesmo local que a vítima fez, seguindo o suposto trajeto da vítima até o local em que ela foi encontrada.
IV) A entrada deve ser feita pelo trajeto mais iluminado, para facilitar o deslocamento dos peritos e os equipamentos para a realização da perícia.
Aponte a opção correta:
a) Somente I, II e III;
b) Somente I e II;
c) Somente I e IV;
d) somente II e IV.
e) Somente III e IV
Questão 4 (Unidade Temática – Criminalística – Valor 0,33 pontos) - “É recorrente no Código de Processo Penal, bem como na legislação processual penal extravagante, a utilização da expressão autoridade policial para conceder a um determinado agente estatal poderes e atribuições constantes da Lei. Logo que tiver conhecimento da prática da infração penal, a autoridade policial deverá:
I. Se possível e conveniente, dirigir-se ao local, providenciando para que não se altere o estado e a conservação das coisas, enquanto necessário.
II. Apreender imediatamente os instrumentos e todos os objetos que tiverem relação com o fato.
III. Apreender os objetos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos Peritos Criminais.
IV. Dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e a conservação das coisas até a chegada dos Peritos Criminais.
Assinale a opção correta?
a) Apenas II.
b) Apenas IV.
c) Apenas I e III.
d) Apenas II e IV.
e) Apenas III e IV.
Questão 5 (Unidade Temática: Criminalística - Valor 0,33 pontos). Com Relação à Prova Pericial no Processo Penal, assinale a opção correta:
 
a) Nos casos de morte violenta, bastará o simples exame externo do cadáver, quando não houver infração penal que apurar, ou quando as lesões externas permitirem precisar a causa da morte e não houver necessidade de exame interno para a verificação de alguma circunstância