A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
ATIVIDADE 4 - DIREITO REGISTRAL FMU

Pré-visualização | Página 1 de 3

· Pergunta 1
1 em 1 pontos
	
	
	
	Dentro do direito à moradia e também envolvendo as questões de direito à propriedade, residem pontos importantes com relação à regularização fundiária rural e urbana na legislação brasileira. Na legislação brasileira, a regularização está contida na Lei nº 13.465 de 2017.
 
BRASIL. Lei nº 13.465/17 de 11 de julho de 2017. Dispõe sobre a regularização fundiária rural e urbana, sobre a liquidação de créditos concedidos aos assentados da reforma agrária e sobre a regularização fundiária no âmbito da Amazônia Legal; institui mecanismos para aprimorar a eficiência dos procedimentos de alienação de imóveis da União; altera as Leis n os 8.629, de 25 de fevereiro de 1993 , 13.001, de 20 de junho de 2014 , 11.952, de 25 de junho de 2009, 13.340, de 28 de setembro de 2016, 8.666, de 21 de junho de 1993, 6.015, de 31 de dezembro de 1973, 12.512, de 14 de outubro de 2011 , 10.406, de 10 de janeiro de 2002 (Código Civil), 13.105, de 16 de março de 2015 (Código de Processo Civil), 11.977, de 7 de julho de 2009, 9.514, de 20 de novembro de 1997, 11.124, de 16 de junho de 2005, 6.766, de 19 de dezembro de 1979, 10.257, de 10 de julho de 2001, 12.651, de 25 de maio de 2012, 13.240, de 30 de dezembro de 2015, 9.636, de 15 de maio de 1998, 8.036, de 11 de maio de 1990, 13.139, de 26 de junho de 2015, 11.483, de 31 de maio de 2007, e a 12.712, de 30 de agosto de 2012, a Medida Provisória nº 2.220, de 4 de setembro de 2001, e os Decretos-Leis n º 2.398, de 21 de dezembro de 1987, 1.876, de 15 de julho de 1981, 9.760, de 5 de setembro de 1946, e 3.365, de 21 de junho de 1941; revoga dispositivos da Lei Complementar nº 76, de 6 de julho de 1993, e da Lei nº 13.347, de 10 de outubro de 2016; e dá outras providências. Diário Oficial da União . Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Lei/L13465.htm . Acesso em: 7 fev. 2020.
 
Com relação ao exposto, assinale a alternativa correta.
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
Essa lei possibilita a regularização de ocupação em imóveis públicos e privados, transformando a posse em direito real de propriedade.
	Resposta Correta:
	 
Essa lei possibilita a regularização de ocupação em imóveis públicos e privados, transformando a posse em direito real de propriedade.
	Feedback da resposta:
	Resposta correta. A lei nº 13.465/17 define as possibilidades de situações em que um imóvel poderá ser transformado em alvo de posse. Uma dessas modalidades, definidas por lei, é a regularização de ocupação de imóveis públicos e privados. A lei define que será possível a posse desses imóveis por ocupação se atender aos requisitos mínimos, transformando essa posse em direito real de propriedade.
	
	
	
· Pergunta 2
1 em 1 pontos
	
	
	
	No direito hereditário, ficam estabelecidas questões com relação ao tempo de sucessão dos bens de um falecido para os herdeiros, bem como os requisitos para que alguém seja classificado como herdeiro, tendo em vista confusões que ocorreram em razão do tema em décadas anteriores.
 
Com relação ao que foi afirmado, assinale a alternativa correta.
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
Quando existir mais de um herdeiro, ocorrerá a chamada partilha entre os herdeiros.
	Resposta Correta:
	 
Quando existir mais de um herdeiro, ocorrerá a chamada partilha entre os herdeiros.
	Feedback da resposta:
	Resposta correta. A alternativa está correta, pois, segundo o art. 1.796 do Código Civil, os herdeiros automaticamente são os sucessores dos bens que um falecido tinha. No caso de haver mais de um herdeiro de um falecido, existe a necessidade de haver a separação desses bens, que nesse caso, é chamado de partilha.
 
BRASIL. Lei nº 10.406, de 10 de janeiro de 2002. Institui o Código Civil. Diário Oficial da União. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/2002/L10406compilada.htm. Acesso em: 11 fev. 2020.
	
	
	
· Pergunta 3
1 em 1 pontos
	
	
	
	Os tipos de aquisição de propriedade descrevem, de forma precisa, as características do ato. Um dos tipos mais importantes é a aquisição originária, que conta com uma forma de aquisição bastante conhecida e específica, a usucapião, que está prevista nos artigos 1.238 e 1.244 do Código Civil.
 
BRASIL. Lei nº 10.406, de 10 de janeiro de 2002. Institui o Código Civil. Diário Oficial da União . Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/2002/L10406compilada.htm . Acesso em: 7 fev. 2020.
 
Com relação ao exposto, assinale a alternativa correta.
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
A usucapião é uma maneira de aquisição da propriedade por meio da posse prolongada, conforme os prazos e cumprimento de requisitos estabelecidos pela lei.
	Resposta Correta:
	 
A usucapião é uma maneira de aquisição da propriedade por meio da posse prolongada, conforme os prazos e cumprimento de requisitos estabelecidos pela lei.
	Feedback da resposta:
	Resposta correta. A alternativa está correta, pois, segundo os art. 1.238 e art. 1.244 do CC, a modalidade de usucapião é uma das mais conhecidas entre as aquisições originárias, sendo que é referente às transações entre partes que não contêm vínculos anteriormente. O conceito de usucapião é referente à aquisição da propriedade após um tempo prolongado de uso, atendendo aos requisitos da lei, em termos de tempo e requisitos. Sendo assim, após um certo tempo de posse prolongada de um bem, ele poderá ser adquirido.
 
BRASIL. Lei nº 10.406, de 10 de janeiro de 2002. Institui o Código Civil. Diário Oficial da União. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/2002/L10406compilada.htm. Acesso em: 11 fev. 2020.
	
	
	
· Pergunta 4
1 em 1 pontos
	
	
	
	A usucapião normal é uma forma de aquisição de propriedade que conta com fatores bem peculiares, especialmente com relação à questão do momento de aquisição. A usucapião extrajudicial, no entanto, é relacionada ao tipo normal de usucapião para a transação.
 
Com relação ao exposto, assinale a alternativa correta.
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
O ponto de convergência entre ambos são os requisitos para a aquisição do imóvel.
	Resposta Correta:
	 
O ponto de convergência entre ambos são os requisitos para a aquisição do imóvel.
	Feedback da resposta:
	Resposta correta. A alternativa está correta, pois, segundo a lei nº 13.105/2015,  os dois tipos de usucapião contam com uma diferença fundamental: a não necessidade, no caso de usucapião extrajudicial, de aprovação da justiça. Já nos outros quesitos, são praticamente iguais, especificamente no tempo de habilitação para a aquisição e requerimentos.
 
BRASIL. Lei nº 13.105, de 16 de março de 2015. Código de Processo Civil. Diário Oficial da União. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2015/lei/l13105.htm. Acesso em: 11 fev. 2020.
	
	
	
· Pergunta 5
0 em 1 pontos
	
	
	
	No Código Civil, estão dispostas as questões referentes aos detalhes que envolvam transações e obrigações com relação a pontos importantes do direito hereditário. Dentro do direito hereditário, existem conceitos importantes, por exemplo, o conceito de “Aberta” quando ocorre o falecimento.
 
Sendo assim, assinale a alternativa que indica a resposta correta.
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
Diz-se aberto, pois a sucessão não transmite imediatamente os bens do morto aos seus herdeiros, sejam estes legítimos ou testamentários.
 
 
	Resposta Correta:
	 
Diz-se aberto, pois, pela sucessão, transmitem-se imediatamente os bens do morto aos seus herdeiros, sejam estes legítimos ou testamentários.
	Feedback da resposta:
	Sua resposta está incorreta. A alternativa está incorreta, pois os bens são transmitidos imediatamente, não aos poucos, e não é o governo que recebe os bens, mas, sim, os herdeiros. Os herdeiros são familiares imediatos do morto, não outras pessoas. Os bens são transmitidos imediatamente para os familiares ou herdeiros.
	
	
	
· Pergunta 6
1 em 1 pontos
	
	
	
	No que diz respeito aos tipos de usucapião, existe sempre uma questão mais profunda, que norteia a elaboração das regras

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.