A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
181 pág.
A-ISCA-DE-SATANAS

Pré-visualização | Página 1 de 38

A ISCA DE SATANÁSA ISCA DE SATANÁS
S a i b a co m o E n f r e n t a r e Ve n c e r o I n i m i g o
John Bevere
Título original: The Bait Of Satan
Conteúdo
Prefácio .............................................................................. 5 
Introdução ......................................................................... 8 
1. Eu, Escandalizado? ......................................................... 11 
2. Um grande escândalo ..................................................... 19 
3. Como isto pôde acontecer comigo? ................................... 30 
4. Meu Pai, Meu Pai! ........................................................... 41 
5. Como nascem os errantes espirituais ................................ 54 
6. Escondendo-se da realidade ............................................ 67 
7. Pedra solidamente assentada ........................................... 77 
 8. Tudo o que pode ser abalado será abalado ....................... 91 
9 . A rocha da ofensa ....................................................... 107 
10. Para que não os escandalizemos ................................... 123 
11. Perdão: Você não dá, você não recebe .......................... 134 
12. Vingança: a armadilha ................................................ 148 
13. Escapando da armadilha .............................................. 159 
14. Objetivo: Reconciliação ............................................... 168 
Conclusão ....................................................................... 177 
Epílogo: Tomando uma atitude ........................................... 180 
Minha profunda gratidão...
À minha esposa, Lisa, que, depois do Senhor, é minha 
amiga mais querida. Você é realmente uma mulher virtuosa. 
Serei eternamente grato ao Senhor por nos fazer marido e 
mulher. Muito obrigado por ajudar-me de modo abnegado na 
editoração deste livro.
A nossos quatro filhos, Addison, Austin, Alexander e 
Arden, que sacrificaram tempo com o papai para que este 
projeto pudesse ter sido completado. Vocês, garotos, são a 
alegria do meu coração.
Um agradecimento especial a John Mason, que 
acreditou nesta mensagem e encorajou-me a publicá-la; à 
Deborah Poulalion por seu talento e apoio e aos funcionários 
da Creation House que trabalharam conosco neste projeto.
Mais importante: meu sincero agradecimento ao nosso 
Pai que está no céu, por sua dádiva indescritível, ao nosso 
Senhor Jesus, por sua graça, verdade e amor; e ao Espírito 
Santo, por sua direção fiel durante este projeto.
PREFÁCIO
Muito provavelmente este livro que você tem em suas 
mãos seja o maior confronto com a verdade que você irá ter 
em sua vida. Digo isto com muita confiança não porque o 
escrevi, mas pelo assunto em si. O tema ofensa - o centro de 
A Isca de Satanás - é freqüentemente o obstáculo mais difícil 
que um indivíduo enfrenta ou supera.
Os discípulos de Jesus testemunharam grandes e 
notáveis milagres. Assistiram maravilhados cegos verem 
novamente e mortos se levantarem. Ouviram Jesus ordenar 
que uma tempestade sossegasse. Viram milhares serem 
alimentados pelo milagre da multiplicação de poucos pães e 
peixes. A lista de milagres e maravilhas de Jesus era tão 
exaustiva que, segundo a Bíblia, um mundo de livros jamais 
poderia contê-la.
Nunca a raça humana testemunhou a milagrosa mão de 
Deus de forma tão impressionante e palpável. Os discípulos 
andavam maravilhados e surpresos. Entretanto, não foi por 
causa desses milagres que foram levados à beira da dúvida. 
Não, esse desafio viria mais tarde, no fim do ministério de 
Jesus na Terra. Jesus instruiu seus discípulos: "Se teu irmão 
pecar contra ti [...] se, por sete vezes no dia, pecar contra ti e, 
etc. vezes, vier ter contigo, dizendo: Estou arrependido, 
perdoa-lhe. Então, disseram os apóstolos ao Senhor: 
Aumenta-nos a fé" (Lc .17:3-5). Os milagres não os 
inspiraram no sentido de aumentar-lhes a fé, levantar os 
mortos ou acalmar o mar; mas o simples mandamento de 
perdoar aqueles que os ofenderam!
Jesus disse: "É inevitável que venham escândalos..." (Lc 
17:1) Não estou falando das oportunidades em que seremos 
escandalizados, Infelizmente, é fato que muitos são 
escandalizados e se tornam cativos.
Este livro foi lançado em 1994 e reeditado várias vezes. 
Nesse meio-tempo recebemos inúmeras cartas e testemunhos 
de pessoas, famílias e ministérios que curados e 
transformados pelas verdades da Palavra de Deus contidas 
nele. Decidimos incluir alguns exemplos para seu 
encorajamento. Por todos eles nos regozijamos e damos a 
Deus toda a glória!
Um líder compartilhou conosco: "Nossa igreja estava a 
caminho de uma grande divisão. Parecia que não tinha volta. 
Dei uma cópia de A Isca de Satanás para cada membro do 
conselho. A divisão foi evitada, e agora somos um!"
Muitos casamentos foram salvos. Recentemente dei uma 
palestra no Nebrasca e um casal veio falar comigo. A esposa 
confessou: "Fui escandalizada há dez anos pelos líderes desta 
igreja. Fiquei muito amarga e desconfiada, e constantemente 
defendia a minha posição. Meu casamento sofreu com tudo 
isto e meu marido começou o processo de divórcio. Ele nâo 
era salvo e não queria saber de igreja. Uma pessoa pôs uma 
cópia de A Isca de Satanás em minhas mãos. Eu o li e em 
pouco tempo fui liberta ofensa e da amargura. Quando meu 
marido viu as mudanças em minha vida, rendeu sua vida ao 
senhorio de Jesus Cristo e encerrou o processo de divórcio” O 
marido estava de pé ao lado da esposa e confirmou as 
maravilhosas mudanças em sua vida e em sua casa!
O testemunho que mais me comoveu foi quando estava 
ministrando em Naples, Flórida. Logo após minha palestra, 
um homem de meia-idade foi a frente da igreja e, chorando, 
relatou sua trágica história: "Toda a minha vida senti que 
havia um muro entre Deus e eu. Participava dos encontros e 
enquanto todos sentiam a presença de Deus, eu ficava 
desligado e amortecido. Mesmo quando orava não acontecia 
nada. Há algumas semanas ganhei o livro A Isca de Satanás. 
Li de capa a capa. Percebi que tinha comido a isca de 
Satanás muitos anos. Odiava minha mãe por ter me 
abandonado quando tinha seis meses de idade. Descobri que 
tinha de ir até ela e perdoá-la. Telefonei para ela e nos 
falamos pela segunda vez em trinta e seis anos. Eu chorei: 
`Mãe, nunca liberei perdão , para você em toda a minha vida, 
por ter me abandonado.' Ela também começou a chorar e 
disse: 'Filho, eu me odiei nestes trinta e seis anos por ter 
abandonado você”.
Ele continuou: "Eu a perdoei, e ela se perdoou; agora 
estamos reconciliados". Então, veio a parte mais 
emocionante: "Agora o muro que me separava da presença de 
Deus foi derrubado!"
A esta altura, ele relaxou e chorou. Lutou para 
pronunciar estas últimas palavras: "Agora eu chorona 
presença de Deus como um bebê".
Conheço a força e a realidade

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.