Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
801 pág.
bloco 3 - PSS (1)

Pré-visualização | Página 1 de 23

PSS
Matérias: Higiene, Medicina Aeroespacial e Primeiros Socorros: questões de número 001 a 400.
01. A Serotite pode se instalar durante uma descida da aeronave devido à inadequada equalização da pressão da cabine com a do interior do:
a) ouvido médio		b) seio da face
c) ouvido externo		d) ouvido interno
01. A Serotite pode se instalar durante uma descida da aeronave devido à inadequada equalização da pressão da cabine com a do interior do:
a) ouvido médio		b) seio da face
c) ouvido externo		d) ouvido interno
02. O tratamento adequado para quadros de hipóxia é:
a) Repouso			b) vasoconstrição
c) oxigenoterapia		d) broncodilatador
02. O tratamento adequado para quadros de hipóxia é:
a) Repouso		b) vasoconstrição
c) oxigenoterapia	d) broncodilatador
03. Falta de repouso, estresse, má alimentação e cruzamento de fusos horários, favorecem o(a):
a) Formação de cáries.
b) Aparecimento de fadiga
c) Surgimento de disbarismo.
d) Melhor desempenho profissional.
03. Falta de repouso, estresse, má alimentação e cruzamento de fusos horários, favorecem o(a):
a) Formação de cáries.
b) Aparecimento de fadiga
c) Surgimento de disbarismo.
d) Melhor desempenho profissional.
04. Havendo hipóxia anóxica em paciente consciente, o tratamento adequado será a administração de:
a) oxigênio 			b) vasodilatador
c) estimulante cardíaco		d) respiração boca-a-boca.
04. Havendo hipóxia anóxica em paciente consciente, o tratamento adequado será a administração de:
a) oxigênio 			b) vasodilatador
c) estimulante cardíaco		d) respiração boca-a-boca.
05. As alterações que surgem no organismo em decorrência das variações da pressão atmosférica, dá-se o nome de:
a) apnéia		b) catatonia
c) dispepsia		d) disbarismo
05. As alterações que surgem no organismo em decorrência das variações da pressão atmosférica, dá-se o nome de:
a) apnéia		b) catatonia
c) dispepsia		d) disbarismo
06. Em um vôo que são cruzados mais de 4 fusos horários causa ao organismo:
a) alteração do ritmo cardíaco		b) aeroembolia
c) desorientação vestibular		d) hipóxia
06. Em um vôo que são cruzados mais de 4 fusos horários causa ao organismo:
a) alteração do ritmo cardíaco		b) aeroembolia
c) desorientação vestibular		d) hipóxia
07. Sendo a fadiga aérea causada por excesso de tensão, tanto física quanto mental, o tripulante para diminuí-la deverá:
a) Usar medicamentos ou bebidas alcoólicas.
b) Ter um sono fisiológico de 8 horas.
c) Induzir um sono com medicamentos para um melhor descanso.
d) distrair-se, passando grande parte de seu tempo acordado.
07. Sendo a fadiga aérea causada por excesso de tensão, tanto física quanto mental, o tripulante para diminuí-la deverá:
a) Usar medicamentos ou bebidas alcoólicas.
b) Ter um sono fisiológico de 8 horas.
c) Induzir um sono com medicamentos para um melhor descanso.
d) distrair-se, passando grande parte de seu tempo acordado.
08. A diminuição da pressão parcial do oxigênio no organismo é denominada:
a) anóxia			b) hipóxia
c) dispepsia			d) disbarismo
08. A diminuição da pressão parcial do oxigênio no organismo é denominada:
a) anóxia			b) hipóxia
c) dispepsia			d) disbarismo
09. A formação de bolhas de nitrogênio em várias partes do organismo recebe nome de:
a) epistaxe			b) hemoptise
c) catalepsia			d) aeroembolismo
09. A formação de bolhas de nitrogênio em várias partes do organismo recebe nome de:
a) epistaxe			b) hemoptise
c) catalepsia			d) aeroembolismo
10. Durante o vôo de cruzeiro, a pressão do ouvido médio, em relação à pressão da cabine da aeronave, deverá estar:
a) diminuída		b) aumentada
c) equalizada		d) exarcebada
10. Durante o vôo de cruzeiro, a pressão do ouvido médio, em relação à pressão da cabine da aeronave, deverá estar:
a) diminuída		b) aumentada
c) equalizada		d) exarcebada
11. A descompressão, isto é, a diminuição progressiva ou rápida da pressão atmosférica em vôo age sobre o:
a) coração, ouvido médio e pulmão.
b) ouvido interno, seios da face e coração.
c) pulmão, gases das cavidades digestivas e ouvido externo.
d) ouvido médio, seios da face e gases das cavidades digestivas.
11. A descompressão, isto é, a diminuição progressiva ou rápida da pressão atmosférica em vôo age sobre o:
a) coração, ouvido médio e pulmão.
b) ouvido interno, seios da face e coração.
c) pulmão, gases das cavidades digestivas e ouvido externo.
d) ouvido médio, seios da face e gases das cavidades digestivas.
12. Cefaléia, náuseas, nervosismo e transtornos menstruais pela atuação de sons subsônicos inaudíveis, são influências causadas pelos(as):
a) ruídos e vibrações do avião.
b) variações da pressão parcial do oxigênio.
c) oscilações da temperatura e da luminosidade.
d) variações da pressão atmosférica durante o vôo.
12. Cefaléia, náuseas, nervosismo e transtornos menstruais pela atuação de sons subsônicos inaudíveis, são influências causadas pelos(as):
a) ruídos e vibrações do avião.
b) variações da pressão parcial do oxigênio.
c) oscilações da temperatura e da luminosidade.
d) variações da pressão atmosférica durante o vôo.
13. O consumo de álcool, o tabagismo, a baixa umidade do ar e o constante cruzamento de fusos horários podem levar os comissários a desenvolverem o(a):
a) alcoolismo			b) disbarismo	
c) fadiga aérea			d) aeroembolismo
13. O consumo de álcool, o tabagismo, a baixa umidade do ar e o constante cruzamento de fusos horários podem levar os comissários a desenvolverem o(a):
a) alcoolismo			b) disbarismo	
c) fadiga aérea			d) aeroembolismo
14. A diminuição da taxa de oxigênio no organismo, levando ao aumento da freqüência cardíaca e diminuição da acuidade visual, chegando ao desmaio, chama-se:
a) hipóxia		b) epilepsia
c) dispepsia		d) catalepsia
14. A diminuição da taxa de oxigênio no organismo, levando ao aumento da freqüência cardíaca e diminuição da acuidade visual, chegando ao desmaio, chama-se:
a) hipóxia		b) epilepsia
c) dispepsia		d) catalepsia
15. A sinusite causada pela alteração da pressão atmosférica pode acometer um passageiro durante um vôo, principalmente se este estiver:
a) deitado			b) gripado
c) fumando			d) dormindo
15. A sinusite causada pela alteração da pressão atmosférica pode acometer um passageiro durante um vôo, principalmente se este estiver:
a) deitado			b) gripado
c) fumando			d) dormindo
16. Baixa umidade dentro da aeronave causa perda de líquidos. Dentre as complicações causadas, tem-se:
a) doenças pulmonares.
b) labirintite
c) desidratação
d) doenças intestinais
16. Baixa umidade dentro da aeronave causa perda de líquidos. Dentre as complicações causadas, tem-se:
a) doenças pulmonares.
b) labirintite
c) desidratação
d) doenças intestinais
17. Qual o alimento que no vôo produz aerodilatação no aparelho digestivo:
a) arroz				b) feijão
c) bebidas sem gás		d) vegetais
17. Qual o alimento que no vôo produz aerodilatação no aparelho digestivo:
a) arroz				b) feijão
c) bebidas sem gás		d) vegetais
18. Fatores que possibilitam a aposentadoria devido ao stress:
a) alérgicos			b) ortopédicos
c) oftalmológicos		d) psicossomáticos
18. Fatores que possibilitam a aposentadoria devido ao stress:
a) alérgicos			b) ortopédicos
c) oftalmológicos		d) psicossomáticos
19. Numa cabine pressurizada, com o aumento da altitude, ela permanece:
a) alta			b) baixa
c) equalizada		d) permanente
19. Numa cabine pressurizada, com o aumento da altitude, ela permanece:
a) alta			b) baixa
c) equalizada		d) permanente
20. Sintomas da cefaléia, formigamento no corpo, falta de coordenação motora indicam:
a) paludismo			b) hipotermia
c) desmaio			d) aeroembolismo
20. Sintomas da cefaléia, formigamento no corpo, falta de coordenação motora indicam:
a) paludismo			b) hipotermia
c) desmaio			d) aeroembolismo
21. São sintomas da hipóxia:
a) taquisfigmia.
b) euforia, belicosidade, irritabilidade.
c) apatia, taquipnéia.
d) cefaléia e mal estar gástrico.
21. São sintomas da hipóxia:
a) taquisfigmia.
b) euforia, belicosidade, irritabilidade.
c) apatia, taquipnéia.
d) cefaléia e mal estar gástrico.
22. Em
Página123456789...23