A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
79 pág.
homeopatia veterinaria

Pré-visualização | Página 17 de 19

toque, tosse noturna, incontinência de urina com odor 
 abundante, 
pedunculadas e pontudas . 
melhora perto do mar, pequenas verrugas 
 
- THUYA 12 CH: inflamação geniturinária. Secreção amarelo-esverdeada, 
 emotivo 
imperiosas, calafrios à micção. 
e ansioso, micções frequentes e 
 
- CALCAREA CARBONICA 9 CH: principalmente nos gatos gordos, 
sedentários e com tendência marcante à litíase. 
 
- Locais 
 
- BENZOICUM ACIDUM 5 CH: urina escura, fétida, em alternância com 
problemas locomotores ou diarreicos. 
 
- CANTHARIS 7 CH: micções muito pouco abundantes, muito dolorosas. 
 
- PAREIRA BRAVA 5 CH: grandes esforços para urinar. 
 
- CAPSICUM 7 CH: micções de volume normal, muito dolorosas. 
 
- SARSAPARILLA 7 CH: micções de volume normal, muito dolorosas, dores 
renais agravadas ao toque, areia na urina, principalmente nos gatos. 
 
- UVA URSI 6 D: piúria. 
 
- EQUISETUM 7 CH: micções pouco dolorosas, urinas de volume normal, 
urinas turvas e nebulosas. 
 
- SENECIO 7 CH: dor durante a micção, fêmea enfraquecida durante seus 
cios, micções frequentes e imperiosas com dores ao nível lombo-renal. 
reumatismos aerofagia), (flatulência, 
- Litíases 
 
 Problema complexo onde homeopatia somente não é sempre o 
bastante. A litíase pode ser renal, vesical ou uretral, fosfórica, oxálica, 
urática ou carbônica. 
 
 Com uma dieta apropriada pode-se acidificar ou alcalinizar a urina, 
conforme a necessidade. Além disso, sem recorrer à cirurgia, é por vezes 
difícil identificar a natureza da litíase. 
 
Os remédios de fundo 
 
 - CALCAREA CARBONICA 12 CH: 10 grânulos uma vez por semana 
principalmente nas crises de cólicas vesicais, com dores tipo cãibra que 
forçam o animal a se dobrar ao meio, em um animal gordo, subpletórico, 
calmo, sempre de bom humor, que apresenta uma atonia digestiva com 
alternância de diarréias e constipações. 
 
- LYCOPODIUM 12 CH: insuficiência hepatorrenal, animal magro, apesar de 
um ventre grande, caráter pouco sociável, problemas de pele, digestivos 
 (melhora 
apresentam um sedimento vermelho abundante). 
logo que as urinas 
 
Os remédios locais 
 
3 grânulos uma a duas vezes ao dia. 
 
 Urinas ácidas: litíase urática - alcalinizar a urina através de dieta e 
bicarbonato de sódio. 
 
 Sempre: uma dose de UTRICUM ACIDUM 9 CH todas as semanas + 
soro antibacilar de Vincent + APOCYNUM 3 D uma vez ao dia + 9 CH uma 
vez por semana. 
 
Animal com tendência artrítica: 
 
- BENZOICUM ACIDUM 5 CH: urina escura com odor forte. 
 
- BERBERIS 6 D: dor lombar agravada pelos abalos e pelo movimento, 
animal subpletórico, variabilidade da urina em quantidade e aspecto (com 
sedimento claros ou avermelhados, abundantes ou fracas), principalmente 
no gato castrado. 
 
- LITHIUM CARBONICUM 4 CH: dores articulares, principalmente nos 
joelhos, do jarrete, das espáduas e das pequenas articulações. Urinas com 
sedimentos vermelho-marrom, micções principalmente noturnas, agravadas 
aos primeiros movimentos e de manhã, melhoram com os movimentos 
contínuos, e por uma diurese abundante e à tarde. 
- URTICA URENS 4 CH: dores reumáticas agravadas por qualquer umidade, 
principalmente na espádua direita, alternando com urticária. 
 
Animal sem tendência artrítica: 
 
- SOLIDAGO 6 D: + insuficiência hepática, principalmente como drenador de 
LYCOPODYUM. 
 
- UVA URSIS 6 D: piúria. 
 
- COCCUS CACTI 5 CH: hematúria marcante com grandes coágulos pretos 
que provocam dor à expulsão. Necessidade urgente e ineficaz, até que o 
coágulo seja expulso. O animal baba de dor. 
 
- Urinas alcalinas: litíase fosfáticas, acidificadas pela vitamina C, ácido 
fosfórico ou sais de magnésio: CALCAREA PHOSPHORICA 9 CH: animal 
grande, magro, frágil, fatiga-se rápido, tímido, grande apetite e diarreia 
frequente, principalmente animais jovens, com problemas respiratórios + 
raquitismo. 
 
- SARSAPARILLA 6 D: animal magro, urina escura e floculadas, com 
sedimento avermelhado. Animal se agacha para urinar, com micção gota a 
gota seguida de tenesmo. 
 
- SOLIDAGO 6 D. 
 
- Litíase oxálica: diminuir o cálcio e aumentar o magnésio (OXALICUM 
ACIDUM 9 CH) uma dose por semana, principalmente para o cavalo. Em 
seguida à ingestão de enlatados industriais, no caso do gato. 
 
- CHIMAPHILA 4 CH: urinas pouco abundantes, com muco espesso, 
filamentoso, dor renal agravada pelo frio úmido, e melhora ao caminhar. 
 
 Para fazer migrar um cálculo sem cirurgia, alternar a cada meia hora: 
CALCAREA CARBONICA 8 D e SARSPARILLA 6 D. 
~ 
STM'HVSAGR:A ------- 
 de:tn 
,....~ 
t ,.......,..__..,.,.. I/VA- 
ECU""""" 
fl'M"'°'._.. (IUll'! n'llllOI 
s..s-aw·•:.::•- 
- 
•,..ao....,._.. 
setEao 
o............... __ ............,... 
......,.._._,.•. 
VIAS URINÁRIAS 
 
 
 
 
 
 
-·- 
 
 
 
 
 
 
....,..............._. 
-·- 
 
 
 
 
3.2 Aparelho Digestivo 
 
Faringe 
 
 - Inflamações vermelhas agudas: 
 
3 grânulos, três a quatro vezes ao dia. 
 
- BELLADONNA: vermelhidão escarlate, língua vermelha e seca, dor 
agravada pela palpação do pescoço, sede. 
 
- APIS 5 CH: edema das tonsilas e da úvula, disfagia, ausência de sede, 
oligúria. 
 
- ACONITUM 5 CH: após frio seco, corpo quente e seco, agitação agravada 
em ambiente quente. Dar de 5 a 6 horas após o início, ou senão 
BELLADONNA. 
 
- Inflamações vermelhas subagudas 
 
1 grânulo uma a duas vezes ao dia. 
 
- GUAIACUM 5 CH: inchaço seco das tonsilas com distensão das veias, 
tendência à supuração. 
SAR-AAi.LA ,.__4 __ 
U.IM nn, ~ llel'IW!uli• 
(!Mt---~ 
.....,CANQM 
""°"'' lnlclo..,.._fh./,1: w,w•••_.., 
- MERCURIUS 7 CH: inchaço, língua mole e pesada com marcas dos 
dentes, salivação abundante, mau hálito, sede suores dor à deglutição 
agravada ao beber líquidos quentes ou frios, vermelhidão moderada. 
 
- LAC CANINUM 7 CH: hipersalivação, inchaço vermelho e brilhante da 
mucosa, deglutição permanentes e dolorosas, agravamento à palpação do 
pescoço e melhora ao beber líquidos frios, tendência às falsas membranas 
esbranquiçadas, paralisia do véu palatino no cavalo. 
 
- LACHESIS 5 CH: vermelhidão púrpura, azulada, forte disfagia com 
impossibilidade de suportar qualquer constrição, faringe inchada, tendência 
ulcerativa, agravamento pela palpação do pescoço, ou ao beber líquidos 
quentes. 
 
- PHYTOLACCA 5 CH: vermelhidão escura da parte de trás da garganta, 
faringe seca, animal com necessidade de beber. 
 
- MERCURIUS BI-IODATUS 7 CH: tonsilite esquerda. 
 
- MERCURIUS PROTO-IODATUS: tonsilite direita. 
 
 
 
TONSILAS E PARTE DE TRAS DA GARGANTA 
 
 
 
 
 
-- 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
,.,.__... ,.;1on .r.aw 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
I w-..,-.IN~«,.,-.•-.11••~ 
que não violentos vômitos de água, quantidades pequenas 
e