A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Relatório Sistema digestório

Pré-visualização | Página 1 de 1

CENTRO UNIVERSITÁRIO LEONARDO DA VINCI
NÚCLEO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - NEAD
RELATÓRIO DE ATIVIDADES 
I- IDENTIFICAÇÃO 
	1- Tipo: Disciplina Anatomia e fisiologia humanas. Pratica Construção de modelo do Sistema Digestório.
	2- Local: 
	 Polo de Vila Velha - ES
	3- Período:
	 2020/1 dia 24/03/2020
II - IDENTIFICAÇÃO DOS PARTICIPANTES
	1-Curso(s) 
	Ciências Biológicas (2ª graduação)
	2- Turma(s)
	 
	3- Intérprete Educacional: 
	
	4 – Tutor(a) Externo(a)
	 João Pereira dos Santos Neto
	5 – Outros (especificar)
	Aluna: Alyne Nepomoceno Nogueira Dias/ matr. 2453739
	III – OBJETIVOS
	· Construir um modelo com os órgãos do sistema digestório;
· Identificar os órgãos que o compõe;
· Conhecer o caminho que o alimento percorre no corpo humano.
.
IV- RELATÓRIO E FOTOS.
	Nessa atividade prática foi construído um modelo do sistema digestório, com os seus órgãos e a partir dessa construção foi possível identificar a posição que ocupam no corpo humano, bem com aprender a função que cada um exerce naquele sistema e consequentemente a sua contribuição para o organismo.
Cabe lembrar que o processo de digestão ocorre inicialmente na boca, por isso a importância de mastigar corretamente os alimentos, triturando-os, para que o processo de digestão ocorra de forma correta. Durante a mastigação, as glândulas salivares produzem a saliva. Ela é misturada ao alimento até transformá-lo em uma massa, chamada bolo alimentar. Na saliva há presença da enzima, amilase salivar, também conhecida como ptialina, que inicia a digestão do amido e do glicogênio, quebrando-os em maltose.
Quando o bolo alimentar é engolido, passa pela faringe e pelo esôfago até chegar ao estômago. O bolo alimentar consegue chegar ao estômago através de movimentos de contração e relaxamento da musculatura presente no esôfago.
No estômago, o alimento é misturado com a secreção estomacal, o suco gástrico (solução rica em ácido clorídrico e em enzimas (pepsina e renina). A pepsina decompõe as proteínas em peptídeos pequenos. O bolo alimentar se torna semilíquido e é enviado ao intestino delgado.
No intestino delgado que a digestão se completa. Para isso o bolo alimentar entra em contato com o suco pancreático, produzido pelo pâncreas, que contém água, enzimas (amilase pancreática, lipase pancreática, tripsinogênio, quimiotripsinogênio, pró-carboxipeptidase, pró-elastase, calicreinogênio, fosfolipase A e B), nucleotidases e grandes quantidades de íons bicarbonatos; com a bile, produzida pelo fígado (que não pozuem enzimas digestivas; e com o suco entérico, produzido pelas paredes do próprio intestino, que contém as enzimas Carboxipeptidase Aminopeptidase Dipeptidase Maltase Sacarase Lactase. O intestino delgado também realiza contrações musculares, misturando os sucos ao alimento.
De uma forma bem didática e simplificada pode-se dizer que a ação dessas enzimas presentes nos sucos as proteínas, os açúcares e as gorduras são transformadas em substâncias nutritivas mais simples, que são absorvidas pelas células das paredes intestinal e passam para o sangue. Este, por meio da circulação, distribui os nutrientes para todas as células do corpo.
As substâncias não absorvidas e não digeridas seguem para o intestino grosso e passam a ter consistência mais sólida, pois nessa região a parede intestinal absorve grande parte da água que ainda há nos restos alimentares. Forma-se as fezes que são expelidas pelo ânus.
 
	V – Assinaturas: Tutor externo e Acadêmicos 
OBSERVAÇÃO: Sou professora de ciências do 5º ano em duas escolas da rede particular de Vila Velha, ES. Realizo essa atividade prática com meus estudante, não só do sistema digestório, mas de todos os sistemas do corpo humano que estudamos. Sem dúvida é uma atividade que eles realizam de forma prazerosa e com muito aprendizado.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.