FUNÇÕES E COMPOSIÇÃO DO SANGUE
2 pág.

FUNÇÕES E COMPOSIÇÃO DO SANGUE


DisciplinaHematologia6.042 materiais36.632 seguidores
Pré-visualização1 página
FUNÇÕES DO SANGUE 
 
A principal função do sangue é a de transportar o oxigênio e outros nutrientes 
como glicose, aminoácidos, proteínas, gorduras, água, eletrólitos e elementos minerais 
até as células do organismo e remover o dióxido de carbono e outros resíduos do 
metabolismo. 
O sangue participa do ajuste do teor de água dos diversos compartimentos 
líquidos do organismo e regula a concentração de íons H
+
 mediante trocas iônicas e pela 
ação dos sistemas tampão, fundamentais à manutenção do pH dentro de limites 
adequados à função das enzimas e organelas celulares. 
O sangue distribui os hormônios produzidos pelas glândulas endócrinas, por 
todo o organismo e participa dos mecanismos de regulação da temperatura corporal. O 
sangue concentra um importante sistema de defesa do organismo contra agentes 
invasores de diversas naturezas, incluindo-se as bactérias e agentes químicos. 
O sangue participa do transporte e eliminação de substâncias absorvidas pelo 
organismo, inclusive os agentes farmacológicos, promovendo a sua eliminação, através 
dos pulmões, dos rins, pele ou pelas fezes. 
 
COMPOSIÇÃO DO SANGUE 
 
Os órgãos são agregados de muitas células, unidas por estruturas intercelulares 
de sustentação. Os grupos de células que desempenham uma mesma função são 
denominados tecidos. O organismo humano é constituído por cerca de 75 trilhões de 
células, organizadas em tecidos de diferentes tipos e funções. As hemácias são as 
células mais numerosas, das quais existem cerca de 25 trilhões. 
O sangue é um tecido líquido complexo, de alta viscosidade, com grande teor de 
água e composto por elementos celulares e plasma. É formado por uma fase celular, que 
compreende os eritrócitos (hemácias), leucócitos (glóbulos brancos) e as plaquetas, que 
são fragmentos celulares. A outra fase do sangue é líquida, o plasma sanguíneo, que 
contém 91% de água; contém ainda proteínas, eletrólitos, gorduras, glicose, hormônios 
e numerosas outras substâncias. 
O volume de sangue existente no sistema circulatório é chamado volemia e tem 
relação com a idade, o peso e a massa corporal do indivíduo. Um adulto pode ter de 4 a 
6 litros de sangue no organismo. O volume total de sangue na idade adulta corresponde 
a aproximadamente 60 mL para cada quilograma de peso. O volume relativo de sangue 
é maior nas crianças que nos adultos. 
Uma criança recém nascida tem 85 ml de sangue para cada Kg de peso corporal, 
enquanto um organismo adulto tem 60 ml. 
O volume de sangue relativo ao peso do organismo é cerca de 40% maior, nas 
crianças recém-nascidas. A volemia dos indivíduos é um importante parâmetro na 
avaliação das perdas sanguíneas agudas, em situações de emergência ou após 
traumatismos e, pode auxiliar no cálculo do volume de reposição.