A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
8 pág.
Questionario 1 Tópicos de Atuação Profissional

Pré-visualização | Página 2 de 2

pode contribuir para a manutenção da reação orgânica desejável do indivíduo, pois atua reforçando indiretamente a sua autoestima ao conferir-lhe a possibilidade de continuidade de desenvolvimento de capacidades cognitivas, psicomotoras, bem como de restituir-lhe um espaço de convivência social do qual abruptamente foi afastado. Nesse sentido, a humanização e a qualidade de vida são os pontos centrais da pedagogia hospitalar.
	
	
	
· Pergunta 8
0,5 em 0,5 pontos
	
	
	
	O objetivo primeiro da modalidade educacional classe hospitalar é:
 
I- O acompanhamento pedagógico de crianças e jovens com dificuldades graves de saúde física ou mental.
II- Desenvolver uma avaliação diagnóstica.
III- Melhorar a condição de vida das crianças que não podem frequentar a escola.
IV- Transmitir os mesmos conteúdos que seriam trabalhados na escola.
 
Assinale a alternativa que apresenta a(s) afirmativa(s) correta(s):
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	e. 
A I e a III.
	Respostas:
	a. 
Apenas a I.
	
	b. 
A I e a II.
	
	c. 
A III e a IV.
	
	d. 
Apenas a III.
	
	e. 
A I e a III.
	Feedback da resposta:
	Resposta correta: E.
Comentário: O objetivo primeiro da classe hospitalar é o acompanhamento pedagógico de crianças e jovens com dificuldades graves de saúde física ou mental e que estão temporária ou definitivamente impedidos de frequentar a escola regular, de forma a melhorar a qualidade de vida desses alunos pacientes. O desenvolvimento dessa modalidade educacional necessita de profissionais flexíveis, dedicados e atenciosos com as crianças e jovens que precisam permanecer hospitalizados, pois o objetivo é estar atento às questões como troca de experiências por meio da socialização entre os pacientes e os profissionais.
	
	
	
· Pergunta 9
0,5 em 0,5 pontos
	
	
	
	Pensar conceitualmente sobre a pedagogia requer refletir sobre a educação. Trata-se de uma relação indissociável. A pedagogia, desde a Antiguidade clássica, veio sendo pensada correlativamente à educação justamente no que se refere ao processo de formação do sujeito. Nesse sentido, podemos dizer que a educação é um ato:
 
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	b. 
Político.
	Respostas:
	a. 
Pedagógico.
	
	b. 
Político.
	
	c. 
Filosófico.
	
	d. 
Antropológico.
	
	e. 
Social.
	Feedback da resposta:
	Resposta correta: B.
Comentário: A educação nunca deixa de ser política, ou seja, ela atua na formação de sujeitos críticos ou de sujeitos que reproduzem modelos. Trabalhar no ensino é atuar, no sentido de modelar. A educação é essencialmente política e o professor, ou o profissional de educação, tem um grande potencial como reprodutor de ideias. Dessa forma, deve atentar para as questões sociais que permeiam a sociedade e o contexto no qual atua, como comportamentos, a produção e reprodução de conceitos e saberes. Essa função é muito importante para os indivíduos e para a sociedade como um todo, porque norteia a forma de organização de uma sociedade.
	
	
	
· Pergunta 10
0,5 em 0,5 pontos
	
	
	
	Sobre a interdisciplinaridade, no que se refere à pedagogia hospitalar, é correto afirmar que:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	b. 
É o ponto central para o trabalho pedagógico, pois o olhar não deve estar voltado apenas para o aspecto biológico, mas deve estar associado aos demais estados do aluno paciente.
	Respostas:
	a. 
Não está relacionada com a pedagogia hospitalar nem com o atendimento às crianças pacientes.
	
	b. 
É o ponto central para o trabalho pedagógico, pois o olhar não deve estar voltado apenas para o aspecto biológico, mas deve estar associado aos demais estados do aluno paciente.
	
	c. 
É uma técnica de ensino aplicada nos hospitais que têm crianças internadas por longos períodos.
	
	d. 
Serve para manter o vínculo entre a criança que estuda e o médico que a trata.
	
	e. 
Visa fazer as lições na escola-hospital por causa da doença e da internação da criança.
	Feedback da resposta:
	Resposta correta: B.
Comentário: A interdisciplinaridade é a chave para o trabalho pedagógico, pois o olhar não deve estar voltado apenas ao aspecto biológico, mas associado à percepção dos estados psíquico e espiritual do aluno paciente. As condições motoras, químicas, bem como aspectos emocionais como ansiedade, frustrações e medos estão entre os fatores que ampliam as escutas pedagógicas e influem para uma aprendizagem mais flexível. Daí que toda a equipe hospitalar, médicos, pedagogos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais e demais profissionais necessários nesse contexto devem trabalhar de forma interdependente, com unicidade de objetivos e atribuições específicas.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.