Livro-Texto - Unidade III Gestão de Materiais UNIP
16 pág.

Livro-Texto - Unidade III Gestão de Materiais UNIP


DisciplinaGestão de Materiais393 materiais1.403 seguidores
Pré-visualização5 páginas
62
Unidade III
Unidade III
5 GESTÃO DE COMPRAS
Comprar é uma das mais importantes atividades da organização. O gestor de recursos materiais e 
patrimoniais pode desenvolver essa atividade diretamente ou possuir, em seu quadro de colaboradores, 
um ou mais funcionários responsáveis pelas compras. De antemão é necessário refletir sobre alguns 
pontos. Também é possível que, dentro da estrutura organizacional, dependendo do tamanho da 
empresa, a estrutura de compras seja independente, com gerenciamento separado. De qualquer forma, 
cabe ao gestor conhecer os princípios básicos dessa área. A atividade de compras:
\u2022 Está relacionada com a política da empresa e de seu posicionamento estratégico. Por exemplo, 
em que parte da cadeia de suprimentos a empresa está inserida? Se for um pequeno varejista, as 
compras devem ser suficientes para suprir os clientes pelo tempo previsto para a reposição (sem 
esquecer, claro, do estoque de segurança). Já se for um atacadista ou distribuidor, o gestor deve 
verificar quais as metas do período, inclusive possíveis promoções para aumentar o faturamento 
e colocar no mercado mais produtos.
\u2022 É de extrema confiança do nível estratégico da organização. Tudo deve ser muito bem 
documentado e todos os processos devidamente identificados como garantias adequadas do 
gestor de materiais e patrimônio.
A seguir serão abordados os pontos fundamentais da atividade de compras.
5.1 Pontos principais da atividade de compras
Segundo um autor clássico da área, Westing (1961, p. 10\u201116 apud BALLOU, 2015, p. 62), as compras 
envolvem certas atividades centrais, que são:
\u2022 assegurar descrição completa das necessidades;
\u2022 selecionar fontes de suprimentos;
\u2022 conseguir informações de preços;
\u2022 colocar os pedidos (ordens de compra);
\u2022 acompanhar (monitorar) os pedidos;
\u2022 verificar notas fiscais;
63
RECURSOS MATERIAIS E PATRIMONIAIS
\u2022 manter registros e arquivos;
\u2022 manter relacionamento com vendedores.
Comprar é sempre um procedimento complexo, que exige uma série de providências:
\u2022 Anterior às compras: definir exatamente o que se necessita comprar.
\u2022 Durante as compras: comprar com qualidade e bom preço.
\u2022 Após as compras: verificar se o que foi entregue é o que foi comprado e checar outros itens, 
como eventuais garantias.
Veja alguns pontos importantes da atividade de compras, conforme Westing (1961, p. 10\u201116 apud 
BALLOU, 2015, p. 62):
\u2022 Assegurar descrição completa das necessidades: verificar com os utilizadores se todos os 
requisitos do produto que realmente importam estão devidamente informados, por exemplo, 
quantidade, cor, tipo, eventuais diferenças de tamanho etc.
\u2022 Selecionar fontes de suprimentos: sobre esse item há uma seção com a qual serão tratados os 
pontos para a seleção de fornecedores.
\u2022 Conseguir informações de preços: cotar preços com possíveis fornecedores, priorizando, 
também, a qualidade.
\u2022 Colocar os pedidos (ordens de compra): formalizar a compra com os fornecedores selecionados.
\u2022 Acompanhar (follow\u2011up) os pedidos: acompanhar desde o pedido até a entrega.
\u2022 Verificar notas fiscais: verificação da documentação pertinente.
\u2022 Manter registros e arquivos: manter todos os registros do processo de compra, desde 
a identificação inicial (solicitação do setor envolvido até a finalização da compra e a 
respectiva entrega).
\u2022 Manter relacionamento com vendedores: é fundamental um bom relacionamento com os 
vendedores, especialmente para o esclarecimento de dúvidas rápidas ou de pedidos urgentes, fora 
de hora.
O ponto mais importante para o gestor de materiais e patrimônio é conhecer a relevância estratégica 
que a área de compras adquiriu nos últimos anos. Antes, comprar era meramente uma atividade acessória. 
Hoje, é de relevância para toda a organização.
64
Unidade III
No mercado, há quem faça distinção entre as diversas áreas de compras. Observe a figura a seguir:
(a) Área de suporte
(b) Foco em preço
(c) Analistas de compras
(d) Cadastro de fornecedores
(e) Atendimento por demanda
(f) Etapa de cadeia de suprimentos
(a) Área de suporte
(b) Foco em custo
(c) Gestores da categoria
(d) Gestão de fornecedores
(e) Planejadora
(f) Avança na cadeia de suprimentos
(a) Função de negócio
(b) Foco na geração de valor a partir 
do gasto
(c) Estrtutura matricial (gestor de 
pacotes e entidades)
(d) Gestão de fornecedores em 
ambiente multicanal (Omnichannel)
(e) Preditiva
(f) Integração total na cadeia de 
suprimentos (end\u2011to\u2011end)
ÁREA DE COMPRAS
Compras táticas
STRATEGIC SOURCING
Compras técnicas
PROCUREMENT
Compras estratégicas
Máximo
Mínima IntensoUso de tecnologia
Pe
rs
pe
ct
iv
a 
es
tr
at
ég
ic
a
Figura 12 \u2013 Atividades de compras sob a perspectiva estratégica
No gráfico exposto observam\u2011se três possíveis esferas na atividade de compras, que variam segundo 
a importância estratégica de cada uma delas. A primeira, que o autor chama de \u201ccompras táticas\u201d, está 
relacionada às atividades mais cotidianas. Já o segundo bloco, o das \u201ccompras técnicas\u201d, está relacionado 
às exigências que uma compra mais qualificada traz. O último bloco, o das \u201ccompras estratégicas\u201d, está 
relacionado às compras mais importantes sob o ponto de vista do negócio da organização, que busca 
uma integração total da cadeia de suprimentos.
As compras técnicas muitas vezes são referenciadas, no mercado, pelo nome de strategic sourcing; 
já as compras estratégicas, pelo termo procurement.
 Lembrete
Comprar é uma das mais importantes atividades da organização. Exige 
o cumprimento estrito de todas as regras internas.
Brum (2018) define e caracteriza o termo procurement:
Talvez este pilar seja o que de fato diferencia uma função de Procurement 
de excelência das demais funções tradicionais de compras. O desafio 
de monitorar os principais indicadores de produção, estocagem, 
distribuição e logística permite não somente planejar melhor as 
aquisições da empresa, mas também contribuir com a melhora do 
resultado desses indicadores. A otimização do consumo de insumos 
65
RECURSOS MATERIAIS E PATRIMONIAIS
e matérias\u2011primas, redução dos níveis de estoque e perdas, redução 
de gastos com revisão do modelo e rotas de distribuição, aumento 
do Otif na logística e outros resultados possíveis impactam direto na 
eficácia da cadeia de suprimentos e na geração de dinheiro novo para a 
empresa. Algumas questões podem permitir a reflexão sobre o grau de 
gestão que temos na cadeia de suprimentos a partir da área de compras: 
\u2013 A área de compras participa dos estudos de capacidade e definição 
das metas de produção anual da empresa? \u2013 Quais são as necessidades 
e regras de estoque para cada item em cada etapa da produção? Isso 
está refletido nas diretrizes de compra e imobilização de capital por 
categoria de produto ou serviço? \u2013 A área de compras entende qual 
é a demanda atual e potencial de nossos clientes e reflete isso nas 
suas políticas de compra e estoque? \u2013 As oportunidades de integração 
na cadeia de valor do setor para ganho de produtividade e redução 
de custos são conhecidas? \u2013 O nível de integração atual da área na 
cadeia de suprimentos permite contribuir na identificação de lacunas 
de oportunidade de melhora dos resultados dos indicadores técnicos 
ao longo da cadeia produtiva? Além dos pilares qualificados acima, 
não podemos nos esquecer da estrutura de processos que deve existir 
para apoiar a execução das atribuições, foco da função Procurement. 
Processos que se relacionem com a gestão de fornecedores, de risco, 
de canais, monitoramento de mercado e S&OP darão sustentação às 
atividades finalísticas do Procurement, ajudarão na manutenção do 
seu nível de eficiência e na sua capacidade de geração de resultados.
Pelo texto, observa\u2011se o nível de excelência que a área de compras pode alcançar seguindo os 
preceitos recomendados.
 Saiba mais
No texto anterior, a respeito de procurement, é citada uma abreviatura: 
S&OP. O que significa isso? Representa a abreviatura das palavras, em inglês, 
sales and operations planning,