AV PARCIAL I
6 pág.

AV PARCIAL I


DisciplinaOrçamento Público4.426 materiais32.824 seguidores
Pré-visualização2 páginas
ORÇAMENTO PÚBLICO
	
		Lupa
	 
	Calc.
	
	
	 
	 
	 
	
Vídeo
	
PPT
	
MP3
	 
	GST0554_A1_20190132722
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
		1.
		O Autor Richard Musgrave (2000), propôs uma classificação das funções econômicas do Estado, que se tornaram clássicas no gênero, denominadas as ¿funções fiscais¿, considerando-as como as próprias ¿funções do orçamento¿, principal instrumento de ação estatal na economia. Desta forma indique nas alternativas a seguir aquela que alinha o conceito correto de uma das "funções fiscais" com o que está sendo contextualizado acima.
	
	
	
	Promover ajustamento na distribuição de renda (função alocativa);
	
	
	Manter a estabilidade econômica (função estabilizadora).
	
	
	Promover ajustamento na alocação de recursos (função distributiva);
	
	
	Promover ajustamento na alocação de recursos (função estabilizadora).
	
	
	Promover ajustamento na distribuição de renda (função estabilizadora).
	
	
	
	 
		
	
		2.
		A classificação por esfera orçamentária tem por finalidade identificar se a receita ou a despesa pertence:
	
	
	
	à União, aos estados, aos municípios, ao Distrito Federal ou aos fundos instituídos pela Constituição Federal de 1988
	
	
	ao Poder Executivo, ao Poder Legislativo ou ao Poder Judiciário
	
	
	ao plano plurianual, à lei de diretrizes orçamentárias ou à lei orçamentária anual
	
	
	ao orçamento fiscal, ao orçamento de seguridade social ou ao orçamento de investimento das empresas estatais
	
	
	aos fundos instituídos pela Constituição Federal de 1988, aos programas sociais ou aos programas de redistribuição de renda
	
Explicação:
No orçamento, a esfera tem por finalidade identificar se a receita ou a despesa pertence ao orçamento fiscal (F), à Seguridade Social (S) ou ao Investimento das Empresas Estatais (I), conforme disposto no § 5º do art. 165 da CF.
	
	
	
	 
		
	
		3.
		Assinale a opção que indica os itens que são contemplados pelo modelo clássico de estudo das finanças públicas:
	
	
	
	Diretrizes orçamentárias, redistribuição de renda e justiça social
	
	
	Orçamento público, receita pública, despesa pública e crédito público
	
	
	Lei de diretrizes orçamentárias, lei orçamentária anual e lei de plano plurianual
	
	
	Dívida ativa, dívida fundada, dívida flutuante e crédito público
	
	
	Distribuição de renda, alocação de recursos, estabilização econômica e diretrizes orçamentárias
	
Explicação:
O modelo clássico de estudo das finanças públicas contempla quatro itens: receita pública, crédito público, orçamento público e despesa pública.
A fim de atender às necessidades públicas, o Estado precisa obter recursos (receitas e créditos públicos). Tal fato o leva a ter de exercer atividade financeira, que consiste basicamente na gestão dos recursos obtidos e em sua destinação (despesa) pelo orçamento, de modo que sejam satisfeitas as demandas da população.
 
	
	
	
	 
		
	
		4.
		Escolha a opção que contenha três princípios orçamentários :
	
	
	
	Unidade, equilíbrio, semestralidade.
	
	
	Especificação, clareza, pontualidade.
	
	
	Clareza, equilíbrio, movimento.
	
	
	Exclusividade, universalidade, trimestralidade
	
	
	Equilíbrio, anualidade, universalidade.
	
	
	
	 
		
	
		5.
		a materialização da ação planejada do Estado na manutenção de suas atividades e na execução de seus projetos e, sendo definido pela Constituição de 1988 é conhecida por:
	
	
	
	Contabilidade Pública
	
	
	Prestação de Contas
	
	
	Excelência em gestão Pública
	
	
	Gestoria
	
	
	Orçamento Público
	
	
	
	 
		
	
		6.
		O Instrumento onde estimam-se as receitas e fixam-se as despesas da administração pública, que é elaborado em um exercício e, após aprovada pelo Poder Legislativo, vigorará no exercício seguinte é chamado de:
	
	
	
	LDO
	
	
	LOD
	
	
	LOA
	
	
	LDA
	
	
	PPA
	
	
	
	 
		
	
		7.
		AS PREVISÕES DE RECEITAS E FIXAÇÃO DAS DESPESAS SEMPRE SE REFEREM A UM PERÍODO LIMITADO DE TEMPO. ESSE ENUNCIADO É DEFINIDO PELO PRINCÍPIO DA :
	
	
	
	N.D.A.
	
	
	ESPECIFICAÇÃO
	
	
	ANUALIDADE
	
	
	EXCLUSIVIDADE
	
	
	UNIVERSALIDADE
	
	
	
	 
		
	
		8.
		O princípio orçamentário da exclusividade significa que:
	
	
	
	somente é permitido que receitas patrimoniais estejam fora do orçamento
	
	
	somente matéria de natureza financeira pode ser incluída na lei orçamentária
	
	
	somente certos tributos podem ser instituídos pela lei orçamentária
	
	
	unicamente a lei pode autorizar a realização de gastos por parte do Poder Público
	
	
	exclusivamente contribuições podem ser criadas pela lei orçamentária
		Enfatizar o objetivo do gasto e não se preocupar com a categoria econômica da despesa, demonstra que se trata de um orçamento:
	
	
	
	tradicional
	
	
	orçamento de desempenho
	
	
	orçamento-programa
	
	
	base zero
	
	
	participativo
		
	Gabarito
Coment.
	
	
	
	 
		
	
		2.
		Das alternativas a seguir , indique aquela que contém características dos orçamentos do tipo misto?
	
	
	
	sua elaboração, votação e a aprovação são de competência do Poder Legislativo, cabendo ao Poder Executivo a execução;
	
	
	sua elaboração e execução são de competência do Poder Executivo, cabendo ao Poder Legislativo sua votação e controle;
	
	
	sua votação é de competência do Poder Legislativo, cabendo ao Poder executivo seu controle, execução e fiscalização;
	
	
	sua execução e controle são de competência do Poder Executivo, cabendo ao Poder Legislativo sua elaboração e votação.
	
	
	sua elaboração, votação, execução e o controle são de competência do Poder Executivo;
		
	Gabarito
Coment.
	
	
	
	 
		
	
		3.
		Na Lei 4.320/64 temos indicados vários principios que constituem base para o orçamento público. O principio que indica que o orçamento é um plano financeiro global, também chamado de orçamento bruto, pois mantém as receitas e as despesas pelos seus totais é conhecido como princípio:
	
	
	
	da clareza
	
	
	da Universalidade
	
	
	do equilibrio
	
	
	da unidade
	
	
	da uniformidade
	
	
	
	 
		
	
		4.
		a materialização da ação planejada do Estado na manutenção de suas atividades e na execução de seus projetos e, sendo definido pela Constituição de 1988 é conhecida por:
	
	
	
	Prestação de Contas
	
	
	Gestoria
	
	
	Excelência em gestão Pública
	
	
	Contabilidade Pública
	
	
	Orçamento Público
	
	
	
	 
		
	
		5.
		O Instrumento onde estimam-se as receitas e fixam-se as despesas da administração pública, que é elaborado em um exercício e, após aprovada pelo Poder Legislativo, vigorará no exercício seguinte é chamado de:
	
	
	
	LDO
	
	
	LOA
	
	
	LOD
	
	
	PPA
	
	
	LDA
	
	
	
	 
		
	
		6.
		AS PREVISÕES DE RECEITAS E FIXAÇÃO DAS DESPESAS SEMPRE SE REFEREM A UM PERÍODO LIMITADO DE TEMPO. ESSE ENUNCIADO É DEFINIDO PELO PRINCÍPIO DA :
	
	
	
	ESPECIFICAÇÃO
	
	
	N.D.A.
	
	
	UNIVERSALIDADE
	
	
	EXCLUSIVIDADE
	
	
	ANUALIDADE
	
	
	
	 
		
	
		7.
		Assinale a opção que indica os itens que são contemplados pelo modelo clássico de estudo das finanças públicas:
	
	
	
	Dívida ativa, dívida fundada, dívida flutuante e crédito público
	
	
	Lei de diretrizes orçamentárias, lei orçamentária anual e lei de plano plurianual
	
	
	Diretrizes orçamentárias, redistribuição de renda e justiça social
	
	
	Distribuição de renda, alocação de recursos, estabilização econômica e diretrizes orçamentárias
	
	
	Orçamento público, receita pública, despesa pública e crédito público
	
Explicação:
O modelo clássico de estudo das finanças públicas contempla quatro itens: receita pública, crédito público, orçamento público e despesa pública.
A fim de atender às necessidades públicas, o Estado precisa obter recursos (receitas e créditos públicos). Tal fato o leva a ter de exercer atividade financeira, que consiste basicamente na gestão dos recursos obtidos e em sua destinação