PCR: ritmos chocáveis vs não chocáveis
1 pág.

PCR: ritmos chocáveis vs não chocáveis


DisciplinaUrgência e Emergência1.760 materiais47.847 seguidores
Pré-visualização1 página
p c r: r i t m o s 
 chocáveis e não 
Modalidades de PCR
Fibrilação Ventricular (FV)
Taquicardia Ventrilar (TV) sem pulso
Atividade Elétrica Sem Pulso (AESP)
Assistolia
1.
2.
3.
4.
A parada cardiopulmonar ou parada cardiorrespiratória (PCR) é
definida como a ausência de atividade mecânica cardíaca, que é
confirmada por ausência de pulso detectável, ausência de
responsividade e apneia ou respiração agônica, ofegante.
O que pode ser revertido?
c h o c á v e i s e n ã o
p c r : r i t m o s
chocáveisc h o c á v e i s
O que é uma PCR?
Neste ritmo o coração assume um ritmo extremamente
acelerado de origem ventricular porém desorganizado.
As frequências Cardíaca costumam ser superiores a
250 batimentos por minuto.
Taquicardia Ventricular (TV) 
sem pulso
O que não pode ser revertido?
Fibrilação Ventricular (FV)
Neste ritmo o coração assume um ritmo extremamente
acelerado de origem ventricular porém organizado. As
frequências cardíacas costumam ser superiores a 250
batimentos por minuto.
Assistolia
A Assistolia caracteriza um ritmo de PCR no qual
não existe atividade elétrica. Neste caso o coração
não apresenta movimentação.
Atividade Elétrica Sem Pulso
 (AESP)
Neste ritmo a atividade elétrica pode estar totalmente
normal, porém por algum outro motivo (hipovolemia
por exemplo) o coração não está bombeando o sangue.
Por isso, apesar de parecer ser um ritmo com
pulso...não é!
@anacaren0
Fonte: Emergência1 Treinamentos/ Experiências de um Téc. de Enfermagem