A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
QUESTIONARIO AV1 para nota Mayrce

Pré-visualização | Página 2 de 2

ferida purulenta no pé esquerdo, associada a febre alta, diminuição da consciência, pulso fraco, dispneia com taquipneia e extremidades frias. 
a. Sugira um diagnóstico presuntivo para a condição que está se instalando neste cão.
Choque séptico; infecção bacteriana.
b. Explique a patogenia desta condição (não precisa ser órgão a órgão)
 A medida que a infecção progride, há bacteremia. As bactérias presentes na corrente sanguínea produzem uma serie de susbtâncias ácidas que acidificam o sangue (acidose), resultando em vasodilatação periférica. Ocorre uma redistribuição do fluxo sanguíneo, que é espalhado agora para a periferia do corpo. A pressão arterial cai e ocorre falência múltipla dos órgãos.
c. Horas depois este paciente evoluiu para hemorragia aguda e generalizada por mucosas, hematêmese, epistaxe hematoquesia, petéquias e equimoses. Explique o que pode estar ocorrendo?
CID: Coagulação intravascular disseminada. As bactérias circulantes estão danificando o endotélio vascular de forma sistêmica, resultando em coagulopatias de consumo e esgotando-as. O individuo começa a sangrar por conta disso, entrando em quadro hemorrágico
9. Descreva o processo de maturação dos trombos.
Quando a célula do endotélio vascular é danificada, ocorre exposição do colágeno subendotelial, ele atrai plaquetas através da diferença de cargas elétricas (pois ele é negativo, e as plaquetas positivas) – essa atração dos dois resulta em agregação plaquetária e em tampão plaquetário, estimulando a ativação do fibrinogênio, que posteriormente se transforma em fibrina. A fibrina envolve o tampão, dando mais firmeza a ele (plug hemostático primário). O plug captura eletrólitos, leocócitos e mais plaquetas para o tampão, se tornando uma “massa”cada vez mais potente para recobrir a área lesionada. O trombo tem crescimento contínuo, e pra evitar que ele cause obstrução, as enzimas chamadas trombomodulinas entram em ação e o dissolvem, controlando seu crescimento. Conforme o trombo amadurece, ele é infiltrado por tecido conjuntivo fibroso, proveniente do vaso sanguíneo. Tem o intuito de ancorar o trombo, se isso não ocorrer, há risco de deslocamento do trombo. 
Se não for achada a causa que está levando a lesão do endotélio vascular, o trombo sofre um processo de maturação, ocorre reepitelização e por fim, é reeperfundido
10. Explique a patogenia dos choques a seguir de forma sucinta (não precisa ser órgão a órgão)
a. Neurogênico
No choque neurogênico as substâncias vasoativas produzidas pelo cérebro são liberadas de uma hora
para outra de forma massiva para a corrente sanguínea causando vasodilatação sistêmica intensa e
consequentemente queda da pressão artéria. Essa situação ocorre em situação de trauma crânio
cefálico (TCE) ou também pode ocorrer em situação de medo ou dor de caráter agudo e intenso
b. Anafilático
Ocorre por uma reação alérgica sistêmica, situação de hipersensibilidade tipo 1, que estimula a
liberação massiva de histamina fazendo vasodilatação sistêmica, consequentemente má distribuição de
sangue pela redução da pressão arterial.
c. Intermação
Condição de choque hipotérmico que ocorre quando o individuo não consegue trocar calor com o 	meio. A troca com o meio se torna mais difícil porque sua temperatura corporal excede os 40 graus 	Celsius, e o animal entra em intermação. A alta temperatura leva a vasodilatação e o animal entra em 	choque.