A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
19 pág.
ARAXA SLIDE

Pré-visualização | Página 1 de 2

CESMAC – Centro de Estudos Superiores de Maceió
Curso: Serviço Social 
 Período: 4º Período
Disciplina: Fundamentos Históricos Teóricos Metodológicos
Discentes: Maria Dulce, Maria Claudia, Ana Patricia, Emanuelle, Fernanda, Juliana, Katyanne e Keven.
Profª Celmira silva 
Introdução
O que foi o Seminário de Araxá ?
Foi um Seminário que ocorreu de 19 a 26 de março de 1967 na cidade Mineira de Araxá. 
 
O Seminário foi promovido pelo CBCISS – Centro Brasileiro de Cooperação e Intercambio de Serviços Sociais e contou com a participação de 38 profissionais de diversos estados e teve como tema a teorização do Serviço Social. 
Essa preocupação vem da necessidade de adequar o Serviço Social ao Desenvolvimento proposto durante o período da ditadura militar no Brasil para se integrar a esse desenvolvimento era necessário redefinir os objetivos, as funções e a metodologia na tentativa de adequar-se ao contexto socioeconômico da realidade brasileira. Ao final do seminário foi elaborado o Documento de Araxá.
O que aconteceu no Seminário de Araxá?
O Seminário tinha como fim a teorização do Serviço Social e a reformulação do mesmo em novas linhas de ação para melhor servir a pessoa humana e a sociedade. Uma espécie de reorientação do Serviço Social no sentido de levar as populações e tomarem consciência dos problemas sociais, contribuindo também o estabelecimento das formas de integração popular no questionamento do país. Esse seminário se insere dentro de um momento de questionamento por parte do Serviço Social e de busca de uma metodologia, mas adequada de inserção ao desenvolvimento proposto de ditadura militar.
O Documento de Araxá que resultou do seminário, estrutura-se em três partes. (03 capítulos)
 “O CAPÍTULO I - Analisa os OBJETIVOS remotos e operacionais do serviço Social sua NATUREZA e FUNÇÕES, com base em sua evolução histórica, projetando-se, no entanto, para o futuro, em perspectivas de mudança social”; 
DOCUMENTO DE ARAXÁ
 1) Quanto aos objetivos: (Capitulo I)
 - objetivo remoto: valorização e melhoria das condições do ser humano tendo como referência a Declaração Universal dos Direitos Humanos
 - objetivo operacionais: identificar e tratar problemas ou distorções residuais que impeçam as pessoas de alcançarem padrões econômicos compatíveis com a dignidade humana.
DOCUMENTO DE ARAXÁ
 2) Quanto a Natureza: (Capitulo I) Serviço Social questiona se é uma ciência ou não e se define da seguinte maneira:
Serviço Social: uma prática institucionalizada que se caracteriza pela ação junto à indivíduos com desajustamentos familiares e sociais. Desajustamentos ocorrem de estruturas sociais inadequadas. Esse tipo de ação compreende dimensões corretivas, preventivas e promocionais. O serviço social é aquele que leva à plena utilização dos recursos naturais e humanos” (NETTO 2009:168)
DOCUMENTO DE ARAXÁ
 3) Funções do Serviço Social: (Capitulo I)
 - Política Social
 - Planejamento
 - Administração do Serviço Social
 - Serviços de atendimento corretivo, preventivo e promocional.
 Caráter Corretivo: remoção de causas que impedem ou dificultem o desenvolvimento do indivíduo, grupo, comunidade;
 Caráter Preventivo: intervenção que procura se antepor-se às conseqüências de um determinado fenômeno;
 Caráter Promocional: intervenção que possibilita o indivíduo, grupo, comunidades realizar plenamente suas potencialidades.
DOCUMENTO DE ARAXÁ
 “O CAPITULO II - Estuda a metodologia do Serviço Social, confrontando-se as concepções atuais acerca dos processos básicos, ao mesmo tempo que procura identificar os elementos constitutivos de cada um. 
Levantando a problemática da maior rentabilidade na utilidade da sua instrumentalidade metodológica;”
DOCUMENTO DE ARAXÁ
 1) Metodologia de ação do Serviço Social: (Capítulo II)
 Inicialmente os participantes definem que o Serviço Social tem postulados (pressupostos éticos e metafísicos) e princípios operacionais (norteiam a atuação do agente profissional e as normas de ação de validade universal)
 - Postulados: dignidade da pessoa humana; da sociabilidade essencial da pessoa humana e perfectibilidade humana.
- Princípios Operacionais: estímulo ao exercício da livre escolha e da responsabilidade das decisões, respeito aos valores, padrões e pautas culturais, ensejo a mudança no sentido de autopromoção e do enriquecimento do indivíduo, grupo, comunidade, atuação dentro de uma perspectiva de globalidade na realidade social.
DOCUMENTO DE ARAXÁ
2) Adequação da metodologia ás funções do Serviço Social:
(Capitulo II)
 Peculiar ao serviço social não é o atendimento de caso, grupo, comunidade e sim o enfoque orientado por uma visão global de homem integrado em seu sistema social.
 
DOCUMENTO DE ARAXÁ
 * globalidade: perspectiva estrutural funcionalismo - relações sistêmico integrativas de indivíduo e sociedade. 
A atuação do Serviço Social se dará em dois níveis:
Nível de Micro Atuação - discutiu-se a prática de atuação voltada para a prestação de serviços diretos;
 Nível de Macro Atuação - o foco foi na política e planejamento. 
DOCUMENTO DE ARAXÁ
 * Integração: planejar, implantar e utilizar a infra-estrutura social.
 * Infra – estrutura social: facilidades no campo das políticas sociais e distingue-se da infra estrutura econômica e física.
 Mostra a fragmentação em subsistemas próprios do positivismo, e a integração desses subsistemas como possível forma de harmonizar a sociedade.
 Avanço: se dá em ampliar o Serviço social de mero executor das políticas sociais ou tradicionais serviços de “ajuda” mas como um profissional que é capaz de formular e gerir as políticas sociais.
DOCUMENTO DE ARAXÁ
 “O CAPITULO III – Examina a adequação à realidade brasileira do Serviço Social tal como foi, visualizando em sua dinâmica operacional.
Confirma-se a perspectiva da modernização através do desenvolvimento: “ O Serviço Social tem em mira uma contribuição positiva ao desenvolvimento, entendido este como um processo de planejamento integrado de mudança nos aspectos econômicos, tecnológicos, socioculturais e político-administrativos” (NETTO apud CBCISS 1986: 41)
DOCUMENTO DE ARAXÁ
 “O CAPITULO III 
Reforça-se nesse item a importância do Serviço Social conhecer a realidade brasileira para que possa se inserir nela adequadamente.
Documento de Araxá: teorização operacional em função do modelo básico de desenvolvimento, este posto como não problemático.
Tem como referencial teórico: estrutural - funcionalismo
DOCUMENTO DE ARAXÁ
 “O CAPITULO III
“concepção da dinâmica social onde a natureza é auto-reguladora da ordem social.
As disfunções colocam-se como objetivo de intervenção justamente porque o equilíbrio dinâmico do sistema guarda potencial para corrigi-las. As dissincronias no ritmo de mudanças nos vários subsistemas, ainda que não totalmente previsíveis e controláveis, mostram-se equacionáveis como campos de processos que são possíveis de programação corretiva.” (NETTO:2009:177)
DOCUMENTO DE ARAXÁ
Abaixo pontuamos o que documento de Araxá significou para o serviço social: 
1. Primeira expressão do Movimento de Reconceituação; 
2. Uma tensão entre o tradicional e o moderno; 
3. Uma definição do serviço social como técnica social; 
4. Planejamento visando ao pleno desenvolvimento humano 
5. Embasar-se no positivismo, no funcionalismo, no neotomismo; 
6. Vendar-se quanto à realidade e suas desigualdades sociais;
7. Reafirmar a metodologia tradicional. Na esfera do movimento, definiram-se diversas tendências voltadas à fundamentação do serviço social, que no caso do Brasil (tempos de Ditadura Militar), priorizou-se o projeto tecnocrático/modernizador, do qual os documentos Araxá e Teresópolis são as melhores expressões desses marcos políticos e teóricos.
DOCUMENTO DE ARAXÁ
Concluímos - que foi um grande movimento de Reconceituação no

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.