A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
12 pág.
Alimentação de nao ruminantes

Pré-visualização | Página 1 de 3

Alimentação de não ruminantes 
Formulação de racao 
O critério de utilização e custo da racao, buscando sempre o menor custo, tendo foco na técnica de formulação de 
racao. 
Mistura – 2 ingredientes e 1 nutriente 
Fazer funções 
- preço da racao 
- atendimento da exigência nutricional 
- equação de quantidade 
-restrição de não negatividade 
Frangos de corte 
A exigência nutricional varia com a idade (dias) valendo com todos os ingredientes, 
sendo normal que a exigência nutricional diminua. Sendo a única diferença e a 
energia metabolizável. 
Não sendo um decréscimo linear. 
Pode se notar que existe momento de falta de nutrientes necessários e 
momentos que existe nutrientes acima do que e necessario 
Ate certo ponto o frango de corte consegue ajustar o consumo de racao em 
função do nível nutricional, assim poderia tentar corrigir esse efeito de excesso 
ou falta de nutrientes. 
O melhor seria propor programas de alimentação que ofertam tudo que o 
animai precisa 
Com 4 racoes o fornecimento da racao se aproxima do ideal, assim quanto maior o numero de racoes melhor vai ser 
para se adequar ao frango de corte. 
Levando sempre em conta que os machos e femeas tem curva de necessidade nutrional diferente, sendo que os machos 
tem uma necessidade maior de nutrientes. Em casos de lotes mistos, machos e femeas criados juntos, deveria fazer 
adoção de racoes intermediarias. Sendo o melhor a criancao separada por sexo, assim proporcionando a nutrição 
especifica, explorando melhor o potencial de cada sexo no crescimento. 
Quanto maior o numero de rações melhor o atendimento das exigências nutricionais. 
Contudo deve-se realizar uma analise de viabilidade econômica e operacional antes de definir o melhor numero de 
racoes. Sendo um numero muito grande de racoes se torna inviável – e de outros fatores de determinantes do 
planejamento logístico/ operacional da integradora. E vai depender da idade que o frango ira ir ao abate. 
No futuro o melhor seria a formulação de dietas diariamente, conforme o peso do animal e o consumo diariamente 
formando assim uma estimativa de exigências, ocorrendo por meio de mistura de duas rações com nível alto e baixo de 
nutrientes, atendendo a exigência nutricional do dia. 
Vantagens: atendimento mais preciso das exigência nutricionais; se consegue otimização do desempenho e da 
lucratividade; reduz excessos de excreções de nutrientes (N e P). 
Desvantagens: custo implementação. 
Os frangos de corte são alimentados com racao a vontade(ad libitum)- animais geneticamente modificados 
Sendo importante para analisar o animal sendo alimentado no campo e no local analisado. 
Programa de luz: para favorecer o bem-estar animal; fortalecer o sistema 
imunológico; diminuir a incidência de problemas ósseos; diminuir a incidência de 
ascite; diminuir a incidência de morte súbita. Mas ocorre uma restricao alimentar 
nos momentos escuros, diminui a taxa de crescimento esses são responsáveis por 
diminuir a incidências de ascite, problemas ósseos e morte súbita. 
Ao invés de deixa-lo com 24 horas de luz 
Exigência nutricional pode ser encontrada: manuais de manejo, tabelas de 
exigências, artigos científicos, artigos técnicos, livros e indústria. 
Sendo levado em consideração: nutrientes usados, sexo, desempenho e temperatura da criancao. Dependendo do 
desempenho que você quem vai ter uma quantidade de fases adequada. 
A energia metabolizável aumenta devido ser relacionada com o peso metabólico, sendo assim e importante deixar a 
racao mais energética para esse animal. Para os demais nutrientes a exigência diminui. 
Se a matriz ganhar peso da mesma forma que o frango ela não vai ter uma reprodução adequada, assim o correto e 
fazer um manejo desse alimento uma restrição alimentar, durante no máximo 3 horas. 
Programa de alimentação- Poedeiras comerciais 
Durante a primeira ate a 16 semana a ave esta em crescimento, assim se 
faz o lote atingir o peso corporal recomendado, e mantendo uma 
uniformidade de 80%, se caso o animal apresente o peso ideal pode se 
começar a fazer o programa de luz para se iniciar o postura. 
Quando o animal entra em postura ele ainda esta crescendo, sendo assim 
um momento muito critico, sendo necessário fazer uma transição suave de 
uma fase para outra, onde ocorre uma mudança fisiológica e nutrional na 
ave, tendo seu pico de postura com 21 semanas. 
Sendo a poedeiras leves, as 
poedeiras brancas. 
sendo que aqui usa-se uma analise 
igual os de frango de corte, assim 
quando mais racoes chega mais 
próximo do ideal, assim deve se 
fazer uma analise dessas, durante a faze de antes da produção, sendo que na fase pre postura deve se analisar a 
nutrição da ave para a fase de transição, como adotar o cálcio na alimentação dessas, para melhor produção da casca do 
ovo, um exemplo e o calcário calcitico, sendo importante utilizar tanto o fino quanto o grosso, sendo o grosso ideal pois 
ela vai liberando ao pouco esse calcário, servindo de aporte de cálcio na fase de escuro. 
Já na fase de postura pode ocorrer a mudança de racao quando a ave atinge determinados pesos corporais. 
Sendo no rostagno os nutrientes são adequados as 
exigências por dia, assim são valores absolutos 
Sendo importante transferir em valores relativos 
1 passo: estabelecer um teor energético para a 
racao 
2 passo: estimar o consumo de racao, sendo que 
essa vai consumir para atingir as exigências 
nutricionais e de energia. 
As poedeiras comerciais tem um crescimento 
muito mais baixo do que dos frangos de corte. 
Sendo importante estabelecer a exigência por 
dia, pois você pode dessa maneira calcular o 
percentual de nutrientes conforme o consumo 
que você esta observandos 
Fornecimento de racao: à vontade=ad libitum 
Se caso a ave fez debicagem pode ocorrer 
dessa diminuir seu consumo assim as medidas 
das rações se alteram, sendo assim importante oferecer racao com uma densidade mais alta, devido seu baixo consumo. 
E uma eventual onda de calor durante a vida da ave, estresse do calor leva a diminuição do consumo de racao, 
comparando sempre os resultados obtidos naquela idade, se ajustando a racao sempre que necessário. 
essa uma hora de luz de madrugada faz com que ave 
se alimente, e melhore sua nutrição, sendo feito 
principalmente em casos de estresse por calor, 
devido durante esse tempo o ambiente não estar 
tao quente por ser noite, assim uma melhor 
alimentação desse animal. 
 
Programa de alimentação de suínos 
Do nascimento ao abate 
Mamando  nascimento a 21/28 dias 
Aqui o trato digestório do leitão esta adaptado ao leite, mas se deve começar a dar racao para começar a adaptação, 
sendo na desmama ter que usar a racao e a agua como nutrientes. Além de ter um fator de estresse devido a separação 
da mae, e ao se juntarem com outros leitões, e preparar assim seu estomago para a desmama abranda o estresse que 
esse animal irar ter. 
Meta: 6,5kg com 21 dias ou 8,5kg com 28 dias 
6 dia: começa a dar racao em um comedouro separado do da mae, uma racao de alta digestibilidade e palatabilidade, 
para atrair o leitão e começar a ingerir, sendo que o suíno gosta do gosto doce, assim usa-se açúcar cristal para atrair 
esses animais, e alta digestibilidade para ajuda na adaptação do trato digestórios, pode se incooportar aditivos como pre 
bióticos e probióticos, enzimas, lactase, dentre outras 
Também funciona muito bem o uso da papinha, uma racao úmida que sofre hidratação. 
Creche  22/29 a 63/70 dias 
Um momento muito estressante, pelo menos na primeira semana se oferece a racao vinda da maternidade. 
Ainda se oferece racao de alta palatabilidade e digestibilidade so que em uma quantidade menor 
Meta: 26 kg com 63 dias ou 31kg com 70 dias 
Crescimento  64/71 dias ate 50/60kg 
A racao já pode ser a base de milho e farelo de soja, sem a incorporação de nenhum ingrediente especial 
Explorar a alta taxa de crescimento desta fase 
Meta: 50kg com 95 dias ou