A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
10 pág.
Sociologia do Trabalho

Pré-visualização | Página 1 de 3

Questão 1/10 - Sociologia do Trabalho
Considere a seguinte citação:
“Certamente, todas as sociedades são compelidas a entrar em um ‘metabolismo com a natureza’, através do ‘trabalho’, e a organizar e estabilizar este metabolismo de forma tal que seu produto garanta a sobrevivência física de seus membros”.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível. OFF, Claus. Trabalho: A categoria-chave da Sociologia? RBCS, São Paulo n.10, v. 4, p. 6-20, jun. 1989. p. 6.
Considerando essas informações e conforme os conteúdos do livro-base Introdução à Sociologia do Trabalho sobre a importância da categoria trabalho para o pensamento sociológico, é correto afirmar que:
Nota: 10.0
	
	A
	O trabalho é uma categoria de apoio utilizada pelos sociólogos com o único intuito de compreender as relações de classes.
	
	B
	O trabalho é uma categoria central do pensamento sociológico por permitir a compreensão das relações sociais e de produção.
Você acertou!
O trabalho é uma das categorias centrais do pensamento sociológico por permitir a compreensão das relações sociais e das relações de produção. Sua centralidade é anterior ao próprio surgimento da Sociologia, pois permite compreender e classificar um conjunto complexo de relações sociais. O trabalho se entrelaça com outras esferas da vida social, articulando público e privado, dimensão social e realização profissional (livro-base, p. 39,40).
	
	C
	A categoria trabalho confere à Sociologia um status marcadamente e exclusivamente marxista por se restringir à análise das forças produtivas.
	
	D
	A categoria trabalho é utilizada pelos sociólogos para auxiliar financeiramente as famílias de pessoas que trabalham nos setores públicos.
	
	E
	O trabalho é uma categoria sociológica que perdeu seu poder de síntese com a emergência de categorias ligadas ao neoliberalismo, como a globalização. 
Questão 2/10 - Sociologia do Trabalho
Considere a seguinte informação: 
“É possível dizer que a Sociologia é uma espécie de fruto muito peculiar desse mundo. No que ela tem de original e criativa, bem como de insólita e estranha, em todas as suas características; como forma de pensamento é um singular produto e ingrediente desse mundo”.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: ANNI, Octavio. A Sociologia e o mundo moderno. Tempo Social, São Paulo, v. 1, n. 1, jun., p. 7-27, 1989, p. 8. <http://www.revistas.usp.br/ts/article/view/83315/86342>. Acesso em 15 mai. 2018. 
De acordo com as informações do fragmento de texto acima e conforme os conteúdos do livro-base Introdução à sociologia do Trabalho sobre os eventos importantes que transformaram a vida em sociedade, levando mais tarde ao surgimento da Sociologia, relacione corretamente os seguintes eventos aos acontecimentos a eles relacionados. 
1. Reforma Protestante
2. Grandes navegações
3. Revolução Científica
4. Absolutismo
5. Renascimento 
( ) A ética do trabalho passa a ser valorizada, ao passo que o ócio passa a ser considerado um pecado.
( ) As artes e o pensamento filosófico saem do monopólio da religião, elementos da vida cotidiana passam a ser valorizados.
( ) Possibilitou o aumento da circulação de riquezas a partir da intensificação do comércio.
( ) Ocorre a ascensão do empirismo e culmina o Iluminismo, movimento que defendia a utilização da razão para compreender a sociedade e o universo.
( ) não apenas fundamenta a ideia de Estados Nacionais como concentra o poder nas mãos do soberano. É quando ocorre a expansão do território promovido pelas navegações.
Nota: 10.0
	
	A
	4 – 3 – 1 – 5 – 2
	
	B
	2 – 5 – 4 – 3 – 1
	
	C
	5 – 1 – 2 – 3 – 4
	
	D
	1 – 5 – 2 – 3 – 4
Você acertou!
A sequência correta é 1 – 5 – 2 – 3 – 4. Segundo o livro-base, alguns eventos foram determinantes para a produção da sociedade capitalista; para seus modos de produção. Essa peculiaridade se transformaria no objeto de estudo da Sociologia. Dentre esses eventos, estão: (1) A Reforma Protestante que passa a valorizar o trabalho como um esforço a ser compensado neste mundo com a obtenção de riqueza. É fundada uma ética moral do trabalho. (2) As grandes navegações abrem o mundo não apenas para novas culturas, mas para novos produtos. O comércio ultramarino é consolidado, permitindo o aumento da circulação de riquezas nas metrópoles. (3) A Revolução Científica, também conhecida como Iluminismo, caracterizada pela ascensão da razão sobre o pensamento teológico; a busca pelo empirismo ou pela verdade científica também é um ponto de destaque. “A Revolução Científica culminou no Iluminismo, movimento de cunho filosófico e cultural que defendia a utilização da razão para compreender a sociedade e o universo e, no empirismo, doutrina que defende a primazia do experimento científico (e que, posteriormente, possibilitou a Revolução Industrial)” (livro-base, p. 24). (4) O Absolutismo não apenas fundamenta a ideia de Estados Nacionais como concentra o poder nas mãos do soberano. Nesse momento, ocorre a expansão do território promovido pelas navegações. É o início da “Era dos Impérios”. (5) O Renascimento valoriza também o cotidiano, a arte greco-romana, a centralidade do homem (livro-base, p. 23,24).
	
	E
	1 – 4 – 5 – 3 – 2
Questão 3/10 - Sociologia do Trabalho
Atente para o seguinte fragmento de texto: 
“A ciência é [...] o conjunto de descrições, interpretações, teorias, leis, modelos etc., visando ao conhecimento de uma parcela da realidade [...]; mais do que uma instituição, é uma atividade. Podemos mesmo dizer que a ‘ciência’ é um conceito abstrato. O que se conhece concretamente [...] são os cientistas e o resultado de seus trabalhos”.
Após esta avaliação, FRANCELIN, Marivalde Moacir. Ciência, senso comum e revoluções científicas: Ressonâncias e paradoxos. Ciência e Informação, Brasília, v. 33, n. 3, p. 26-34, dez. 2004. p. 27. <http://www.scielo.br/pdf/ci/v33n3/a04v33n3.pdf>. Acesso em 13  maio 2018.
Conforme os conteúdos do livro-base Introdução à Sociologia do Trabalho, são atribuições básicas de uma ciência possuir:
Nota: 10.0
	
	A
	Uma opinião sobre a realidade.
	
	B
	Um método e um objeto de estudo.
Você acertou!
A alternativa correta é a letra B, pois, o método é uma maneira científica de estudar a realidade por meio de um conjunto de procedimentos padronizados. Já, o objeto de estudo é o alvo do estudo científico, que, no caso da Sociologia, é a sociedade (livro-base, p, 22).
	
	C
	Ideias mais ou menos articuladas.
	
	D
	Ideias preconcebidas da realidade.
	
	E
	Ferramentas subjetivas de interpretação.
Questão 4/10 - Sociologia do Trabalho
Leia a citação a seguir:
“Galileu não considerou a autonomia da ciência em sua generalidade. Sua meta era conseguir que a investigação científica fosse livre da interferência específica da Igreja católica [...]. Mais especificamente, Galileu visava que as disciplinas científicas matemáticas se autonomizassem do controle da teologia escolástica [...], pretendia conquistar para os cientistas o direito de investigar [...] com liberdade de interpretação”.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: MARICONDA, Pablo; LACEY, Hugh. A águia e os estorninhos: Galileu e a autonomia da ciência. Tempo social, São Paulo, v. 13, n. 1, p. 49-65,  maio  2001. p. 51. <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-20702001000100005&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em 21 maio 2018. 
Considerando o excerto de texto acima e conforme os conteúdos do livro-base Introdução à Sociologia do Trabalho sobre a Revolução Científica, é correto afirmar que um de seus conceitos marcantes é:
Nota: 10.0
	
	A
	O criacionismo
	
	B
	O positivismo
	
	C
	O geocentrismo
	
	D
	O teocentrismo
	
	E
	O heliocentrismo
Você acertou!
A resposta é a letra E. Uma das marcas da Revolução Científica é a observação dos fenômenos de forma objetiva. Foi nesse ínterim que, ao observar o movimento dos corpos celestes, foi possível postular que era a terra que girava ao redor do sol (heliocentrismo), e não o contrário (geocentrismo). A

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.