Sistema de custos para pequenas e médias empresas.
14 pág.

Sistema de custos para pequenas e médias empresas.

Pré-visualização4 páginas
CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS 
DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS 
 
 
 
FERRAMENTA GERENCIAL DO SISTEMA DE INFORMAÇÃO DE CUSTOS E 
SUA RELAÇÃO COM O DESCONHECIMENTO DAS MPE\u2019s: UM ESTUDO 
DESCRITIVO IMERSO NA APLICABILIDADE DO MECANISMO 
 
 
 
 Autores: 
Andreza Araújo 
 Athos Soares 
 Jayane de Macêdo 
 
 
 
 
 
Campina Grande (PB) 
Novembro - 2019 
 
 
 
 
3 
 
Resumo: 
 
Estudos realizados demonstram que as pequenas e médias empresas (MPE\u2019s) 
apresentam resistência quanto a adoção de um sistema de custos para 
gerenciamento da tomada de decisão, o que serviu de base para objetivo principal 
deste artigo que é apresentar a veracidade \u200bno que concerne a não adoção desse 
sistema. Para coletar os dados foi realizada uma pesquisa bibliográfica, analisando 
periódicos do CBC, \u200blivros referentes ao conteúdo e as pesquisas estatísticas 
disponibilizadas pelo Sebrae. Segundo os resultados obtidos, a decisão dos 
gestores para adoção do sistema de custos nas MPE\u2019s é influenciada pelo 
desconhecimento ou falta de instrução com relação a elaboração de estratégias 
gerenciais desenvolvidas por uma Contabilidade de Custos. Portanto foi 
desenvolvida uma reflexão que contempla o surgimento e divulgação de ferramentas 
instrutivas dedicadas para esse grupo. 
 
Palavras-chave: Custos; MPE\u2019s; Desconhecimento 
 
 
 1.Introdução: 
 
A datar a década de 90, iniciou-se o processo de globalização no Brasil. Com 
isso o acesso a informação tornou-se cada vez mais requisitado dentro das 
organizações. Sendo assim, as MPE\u2019s também configuram entidades que devem 
possuir e disseminar informações para seus usuários internos e externos, ganhando 
destaque ao apresentarem-se em massa. Como também, as pequenas e médias 
empresas se desenvolveram dando origem ao que viria a corresponder cerca de 
27% do PIB nacional, como observado pelo SEBRAE. 
Em consequência a esse avanço as pequenas e médias empresas ganham 
destaque no mercado. Porém, com o crescimento das organizações as empresas se 
deparam com a figura do sistema de informação de custos, que surge para auxiliar 
4 
a tomada de decisões dentro dessas entidades. \u200bSegundo a NBC T 16.11, a 
implantação do sistema de informação de custos tem os seguintes objetivos: 
mensurar, registrar e evidenciar os custos dos produtos e serviços; apoiar a 
avaliação de resultados e desempenhos; apoiar a tomada de decisão; reduzir custos 
e melhorar a qualidade do gasto; dar suporte nas funções de planejamento e 
orçamento, fornecendo dados que permitam projeções mais aderentes à realidade 
(CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, 2011). 
Neste sentido, observa-se o surgimento de mudanças no gerenciamento das 
empresas para garantir sua competitividade. Como afirma Hora e Romeiro " As 
pequenas empresas necessitam rever seus métodos administrativos, abrangendo 
estrutura, pessoas e tecnologia empregada. A mudança organizacional é fator 
fundamental para mantê-la competitiva e atuante em um mercado altamente 
instável, tendo-se a cautela de levar em consideração particularidades que a tornam 
diferentes da grande corporação". 
Melo e Prieto (2013) argumentam que a contabilidade nas MPES não tem a 
necessidade de ser tão complexa, uma vez que seus processos são mais 
simplificados em relação às grandes empresas, entretanto enfatiza a Contabilidade 
de Custos como indispensável para estas organizações. 
Diante dos estudos pesquisados e dados encontrados, foi analisado o fato de 
que algumas empresas possuem dificuldades em se estabelecer no mercado. De 
acordo com o SEBRAE, algumas empresas abrem falência, em média, menos de 
dois anos após sua abertura. Observa-se que alguns dos fatores que impulsionam 
ao fechamento dessas empresas são: a falta de informações sobre o sistema de 
custos, os recursos limitados e a resistência no que se diz respeito à introdução de 
novas necessidades. Portanto, diante dos obstáculos apresentados pelas MPE's na 
implementação do sistema de custos, o presente artigo têm o objetivo de justificar a 
relação entre a adoção do sistema de custos para gerenciamento organizacional e 
quais são os fatores que influenciam os gestores a possuírem certa resistência para 
a implementação desse sistema, como também, a variável conhecimento que dá 
origem a essa resistência. 
Com base nisso, faz-se necessário um estudo abrangendo algumas 
características e definições básicas que contextualizam a abordagem. 
5 
 
 2.Referencial teórico 
 
2.1 Informação: Definição e características 
No momento atual, a informação é considerada relevante e eficaz no auxílio 
e desempenho da gestão nas organizações. Nesse sentido, como um condicionador 
de informações, o sistema de informação de custos também é um precursor de 
benefícios com relação a eficiência de suas informações para fins gerenciais. 
Conforme Stair e Reynolds (2011), as informações representam o fato no 
mundo real. Se organizarmos os dados de maneira que eles ganhem significados, 
obtemos a informação. Ainda na perspectiva de Stair e Reynolds (2011), 
\u201cinformação é um conjunto de fatos organizados de maneira significativa que 
possuem valor adicional, além do valor dos fatos individuais\u201d. 
A sapiência combinada a um sistema de informação é capaz de possibilitar o 
auxílio em tomada de decisões que podem ser benéficas em nas áreas que 
envolvem custos ou demais setores como: gerenciamento ou controle de dados. Em 
conformidade com \u200bStair e Reynolds (2011), as informações representam o fato no 
mundo real. Se organizarmos os dados de maneira que eles ganhem significados, 
obtemos a informação. Mais claramente, \u201cinformação é um conjunto de fatos 
organizados de maneira significativa que possuem valor adicional, além do valor dos 
fatos individuais\u201d. No entanto, este sistema é considerado como um empecilho ou 
obstáculo para os donos de pequenas e média empresas , pois muitas vezes os 
gestores não detém a instrução necessário acerca do conhecimento dos benefícios 
da implantação do sistema de informação dentro de seus negócios. 
Sendo assim informação é o recurso mais precioso de uma organização e 
saber interpretá-la é essencial para alcançar as metas estipuladas, logo, uma 
informação tida como não útil pode comprometer todo o processo, criando a 
possibilidade de gerar processos defeituosos e, com isso, produtos ou serviços de 
qualidade duvidosa. 
De acordo com Lima Filho(1970): 
6 
O sistema de informações pode ser conceituado como um dos componentes da estrutura 
organizacional, através do qual é processado, de forma 
ordenada, o fluxo de comunicações internas e externas 
da empresa. O sistema de informações, por definição, 
constitui também um sistema pelo qual são obtidos 
dados para as operações de controle e planejamento da 
empresa. Em síntese, o sistema de informações gera 
dados de forma esquematizada e ordenada, os quais 
fornecem subsídios para o processo de tomada de 
decisões. \u200bO objetivo central do sistema de informações