A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
Estrongiloidiase e ancilostomiase - nematelminto 2

Pré-visualização | Página 2 de 2

não gerar ulceras 
Pulmoes: dependendo da carga parasitária pode causar edemas, hemorragias, ulcerações e chegar ao 
intestino 
Intestino: dilaceram as mucosas, liquefazem os tecidos e digerem esse material, causando inflamação, 
ulcerações hemorragias, e fibrose do tecido 
→ Há diferenças entre as larvar dos ancilostomideos e estrogiloides: 
Vestíbulo bucal: ancy é longo e no strongy é curto 
Primor genital: ancy é pouco visível e no strongy é bem visível 
 
→ Temos machos e femeas de vida parasitária que se acasalam no intestino delgado produzindo ovos 
eliminando no ambiente, que se tornam larvados, eclodem e libera a larva rabdtoide que evolui para larva 
filariode que penetra na pele faz o ciclo pulmonar e depois vai para o intestino delgado gerando vermes 
adultos femeas e machos. 
OBS: Lembrar que medem milímetros, portanto são visíveis 
PERDA DE SANGUE COMPARANDO NECARTOR AMERICANUS E ANCYLOSTOMA 
Necartor americanos: pode consuir ate 0,04 ml de sangue 
Acylostoma: 0,30 ml de sangue 
 
 
 
 
Sim principal A outra é sim tbm mas não é a principal 
CICLO BIOLÓGICO 
Individuo parasitado estará parasitado por machos e femeas 
que vão se acasalar, as femeas produzem ovos, e esses ovos são 
eliminados junto com as fezes no ambiente. Encontrando um 
ambiente com condições favoráveis esses ovos embrionam-se, 
tornam-se larvados, eliminam as larvas rabdtóides que evoluem 
para filarioides que penetrama atraves da pele e fazem o ciclo 
de loss – intestino delgado - evolui para macho e femea adulto 
Ou serão deglutidas e penetram na mucosa oroesofagiana e 
farão o ciclo de Loss – intestino delgado – evolui para macho e 
femea adulto 
FORMAS DE TRANSMISSÃO: dependendo da espécie: 
Acylostomo duodenales: mais comum pela ingestão da larva junto com alimentos contaminados, epenetrando 
na mucosa esofagiana e fazendo o ciclo de Loss; pela pele é menos efetivo (mas pode acontecer) 
Necartor americanus: mais efetivo a penetração da larva pela pele, mas pode tbm ocorrer a ingestão das larvas 
filarioides. 
COMO NÓS COMO MEDICOS CONSEGUIMOS 
MEDIR A INTESNSIDADE DA INFECÇÃO? 
Solicitamos para o laboratório exame quantitativo para 
ancylostomideo – contadas por ovos por grama de fezes 
 
PROVA: 
 Como medir a intensidade da infecção por Ancilostomíase? Exame qualitativo (presença ou não dos ovos nas 
fezes) e quantitativo (quantidade de ovos por grama de fezes).