A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
17 pág.
AO2_ Meio Ambiente, Sociedade e Cidadania

Pré-visualização | Página 2 de 4

histórico”. A afirmativa II é verdadeira; 
o Neolítico é um período mais mal explicado do que outros 
momentos, visto que há um interesse maior de ensinar as origens 
do homem ou mesmo as civilizações da antiguidade. A afirmativa 
III é verdadeira; a ideia mais difundida atualmente é a de que 
houve vários pontos de partida mais ou menos simultâneos, 
sendo citados os três alimentos mencionados.
https://brasil.elpais.com/brasil/2018/04/20/ciencia/1524219983_369281.html
11/06/2020 AO2: Meio Ambiente, Sociedade e Cidadania
https://famonline.instructure.com/courses/1736/quizzes/12501 6/17
 I, apenas. 
 II e III, apenas. 
 III, apenas. 
 I e II, apenas. 
0,6 / 0,6 ptsPergunta 4
Leia o texto a seguir:
Há momentos em que um conceito que parecia velho, em desuso, e
até superado se impõe [...] é o caso do castigado termo
patrimonialismo, utilizado pela primeira vez pelo sociólogo alemão Max
Weber (1864-1920) ainda em finais do século 19. Derivado da palavra
patrimônio, que evoca o sentido de propriedade privada, o termo
sugere a importância do lugar patrimonial, do espaço individual, que se
destaca diante das causas públicas e comuns. Mas as teses de Weber
não se limitam ao uso particular do conceito. Nas mãos desse teórico,
o termo ganha um sentido mais amplo, remetendo a uma forma de
poder em que as fronteiras entre as esferas públicas e privadas se
tornam tão nebulosas, que acabam por se confundir. Patrimonialismo
passou a designar, então, a utilização de interesses pessoais, e
destituídos de ética ou moral, por meio de mecanismos públicos. Mas,
atenção, não vale o seu contrário: o uso de bens privados em prol da
vontade pública. Nesse caso, a ordem dos fatores altera, e muito, o
produto.
(Fonte: https://www.nexojornal.com.br/colunistas/2017/Da-cor-da-cordialidade-
sobre-fi%C3%A9is-e-infi%C3%A9is
(https://www.nexojornal.com.br/colunistas/2017/Da-cor-da-cordialidade-sobre-
fi%C3%A9is-e-infi%C3%A9is) . Acesso em: 15 jun. 2019).
Considerando as informações apresentadas, avalie as asserções a
seguir e a relação proposta entre elas.
 
I. O conceito de patrimonialismo confunde as dimensões públicas e
privadas, tornando seu significado confuso e nebuloso, o que se
justifica ser um termo em desuso.
https://www.nexojornal.com.br/colunistas/2017/Da-cor-da-cordialidade-sobre-fi%C3%A9is-e-infi%C3%A9is
11/06/2020 AO2: Meio Ambiente, Sociedade e Cidadania
https://famonline.instructure.com/courses/1736/quizzes/12501 7/17
 
PORQUE
 
II. O patrimonialismo pode ser entendido sob dois aspectos: no âmbito
particular, referindo-se à valorização da propriedade individual, e no
âmbito público, referindo-se a uma forma de organização de poder.
 
A respeito dessas asserções, assinale a opção correta.
 As asserções I e II são falsas. 
 
As asserções I e II são verdadeiras, mas a asserção II não é uma
justificativa correta da asserção I.
 A asserção I é verdadeira, e a asserção II é falsa. 
 A asserção I é falsa, e a asserção II é verdadeira. 
Alternativa está correta. A asserção I é falsa, e a asserção II é
verdadeira. A asserção I é falsa, pois o termo “parecia velho, em
desuso”, mas não está; além disso, o conceito não faz confusão
entre as dimensões citadas, ele é justamente a definição de uma
forma de poder que mistura as esferas pública e privada,
tornando suas fronteiras nebulosas. A asserção II é verdadeira,
pois o texto aponta que o termo, derivado de patrimônio, evoca o
sentido de propriedade privada, mas a sociologia forneceu um
sentido mais amplo, remetendo a uma forma de poder.
 
As asserções I e II são verdadeiras, e a asserção II é uma justificativa
correta da asserção I.
0,6 / 0,6 ptsPergunta 5
Leia o texto a seguir:
11/06/2020 AO2: Meio Ambiente, Sociedade e Cidadania
https://famonline.instructure.com/courses/1736/quizzes/12501 8/17
A história da humanidade é marcada por períodos de intensas
transformações sociais. Chamamos de “Revolução” quando estas
transformações alteram de maneira profunda a estrutura política,
econômica ou social do período em que ela ocorre.
(Fonte: BURSZTYN, M. A.; BURSZTYN, M. Fundamentos de política e gestão
ambiental. Rio de Janeiro: Garamond, 2012).
Com isso, como é identificada a revolução que transformou a maneira
de entender e explicar os fenômenos naturais?
 Revolução Agrícola. 
 Revolução Americana. 
 Revolução Neolítica. 
 Revolução Industrial. 
 Revolução Científica. 
Alternativa está correta, pois a Revolução Científica é marcada 
pelo desenvolvimento de um método padronizado de estudar os 
fenômenos naturais, a partir da observação e da experimentação: 
o método científico. Esse método possibilitou enorme 
desenvolvimento tecnológico e influenciou diversas áreas de 
conhecimento e de organização das sociedades.
0,6 / 0,6 ptsPergunta 6
Leia o texto a seguir:
 
Morar pertinho de um parque, com pássaros, lagos e flores, e ter onde
recarregar as energias em meio ao concreto é qualidade de vida para
quem está nas metrópoles. Ao respirar fundo o ar mais puro das áreas
arborizadas, além de aliviar o estresse da rotina moderna, o indivíduo
afasta a possibilidade até mesmo de desenvolver doenças como
depressão e ansiedade.
No Brasil, ao menos seis grandes cidades estão entre as mais
11/06/2020 AO2: Meio Ambiente, Sociedade e Cidadania
https://famonline.instructure.com/courses/1736/quizzes/12501 9/17
arborizadas e todas elas contam com espaços verdes em suas áreas
urbanas que cumprem esse papel: parques como o Farroupilha, em
Porto Alegre, Flamboyant, em Goiânia, Serra do Curral, em Belo
Horizonte, Lagoa do Taquaral, em Campinas, Jardim Botânico, em
Curitiba, e o Ibirapuera, em São Paulo.
A importância dos parques nessas estruturas urbanas é vital. Os
parques funcionam como pulmões para a comunidade. “Pode-se dizer
que são uma espécie de ar condicionado dentro das cidades. Uma
metrópole de concreto, totalmente asfaltada, com muito cimento, não
consegue reter a umidade e essas áreas ajudam a regular o clima”,
explica Ângela Kuczach, diretora executiva da ONG Rede Nacional
Pró Unidades de Conservação. "As árvores fornecem oxigênio, mas
não é só isso, tem a questão do bem-estar. É comprovado que estar
em meio à natureza diminui o estresse e melhora a qualidade de vida",
diz Ângela. Os parques garantem o equilíbrio climático e uma boa
qualidade do ar.
(Fonte: https://www.sbau.org.br/ (https://www.sbau.org.br/) . Acesso em: 20 jun.
2019).
Considerando as informações apresentadas, avalie as asserções a
seguir e a relação proposta entre elas.
 
I. As áreas verdes dos grandes centros urbanos contribuem para a
saúde mental de seus habitantes, reduzindo a propensão a doenças
como ansiedade e depressão.
PORQUE
II. As árvores fornecem oxigênio e contribuem na regulação do
equilíbrio climático, mantendo a umidade do ar em áreas altamente
asfaltadas.
A respeito dessas asserções, assinale a opção correta.
 
As asserções I e II são verdadeiras, mas a asserção II não é uma
justificativa correta da asserção I.
https://www.sbau.org.br/
11/06/2020 AO2: Meio Ambiente, Sociedade e Cidadania
https://famonline.instructure.com/courses/1736/quizzes/12501 10/17
Alternativa está correta. As asserções I e II são verdadeiras, mas 
a asserção II não é uma justificativa correta da I. A asserção I é 
verdadeira, pois o ar mais puro das áreas arborizadas alivia e 
reduz o estresse, afasta possibilidades de desenvolver doenças 
como depressão e ansiedade, e melhora a qualidade de vida. A 
asserção II é verdadeira, as áreas verdes são comparadas a uma 
espécie de ar condicionado dentro das cidades, ajudando a 
regular o clima e a manter a umidade que o asfalto e o cimento 
não conseguem manter. Entretanto, a asserção II não é uma 
justificativa correta da I, visto que a melhoria na saúde mental, de 
acordo com o texto, está mais relacionada ao “estar no meio da 
natureza” e “morar pertinho de um parque, com pássaros, lagos e 
flores” do que aos benefícios de regulação climática.
 A asserção I é falsa, e a asserção II é verdadeira.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.