A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Protocolo Vacinal dos Cães

Pré-visualização|Página 1 de 1

Protocolo Vacinal dos Cães

HTML image 0

POLIVALENTE:

Recomendada para filhotes de 45 dias de vida (6 a 8 semanas).

Protege contra: Cinomose, Hepatite infecciosa canina, Adenovírus canino tipo 2, Coronavirus canino, Parainfluenza canina, Parvovírus canino e Leptospirose


Mais 2 doses de reforço devem ser dadas com intervalo de 21 dias (3 semanas)

1ª dose com 45 dias de vida do animal (6-8 semanas)
2ª dose com 66 dias de vida do animal (11 semanas)
3ª dose com 87 dias de vida do animal (14 semanas)


Ao final do protocolo vacinal da Polivalente, é recomendado que o tutor faça as vacinas da Giárdia, Tosse dos Canis, Raiva e dependendo da região, a vacina contra a Leishmaniose também é indicada.

GIÁRDIA:

Recomendada ao final do protocolo vacina da Polivalente.

Protege contra:
Giárdia lamblia


A Giárdia causa a síndrome da má-absorção/ má-digestão, levando à desidratação, diarréia, perda de peso, dor abdominal e flatulência. Além disso, são sinais clínicos comuns da Giardíase a perda de apetite, vômitos e letargia

TOSSE DOS CANIS:

Protege contra:
Traqueobronquite Infecciosa dos cães (“Tosse dos Canis”) causada pela bactéria Bordetella bronchiseptica.


ANTI RÁBICA

Após 1 ano, deve ser feito reforço de todas as vacinas.

Animais com mais de um ano, que ainda não tenham feito a polivalente não precisam passar pelas doses de reforço, apenas uma dose anual.