Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
ROTEIRO E STORYBOARD - ATIVIDADE A2 - UAM

Pré-visualização | Página 1 de 2

Usuário
	
	Curso
	GRA0518 ROTEIRO E STORYBOARD GR3004202 - 202020.ead-11262.01 
	Teste
	ATIVIDADE 2 (A2) 
	Iniciado
	09/11/20 12:56 
	Enviado
	18/11/20 19:40 
	Status
	Completada 
	Resultado da tentativa
	6 em 10 pontos   
	Tempo decorrido
	222 horas, 44 minutos 
	Resultados exibidos
	Respostas enviadas, Respostas corretas, Comentários 
· Pergunta 1 
0 em 1 pontos
	
	
	
	Leia o excerto a seguir. 
“O roteiro é uma arte de criação coletiva, que depende de atores, produtores, diretor e outros profissionais. Sendo, portanto, a semente de um processo de imaginação”. 
  
COMPARATO, Doc. Da Criação ao roteiro (recurso eletrônico): teoria e prática. Doc Comparato. 5. ed. São Paulo: Summus, 2018, p. 21. 
De acordo com o texto do autor, podemos entender que o roteiro possui características no que diz respeito à metodologia de criação. A partir dessa referência, analise as afirmativas a seguir e assinale (V) para a(s) verdadeira(s) e (F) para a(s) falsa(s). 
  
I. (  ) Por ser fonte de um processo de imaginação, o roteiro se torna uma arte de criação coletiva. 
II. (  ) Diretor, atores, produtores e todos os profissionais que participam de processo da obra audiovisual fazem parte de uma criação coletiva. 
III. (  ) A imaginação coletiva é o início do processo de criação do roteiro. 
IV. (  ) O processo de criação é complexo e exige imaginação de todos os envolvidos. 
  
A partir das associações apresentadas, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta. 
	
	
	
	
		Resposta Selecionada: 
	
F, V, V, V. 
	Resposta Correta: 
	
V, V, F ,F. 
	Feedback da resposta: 
	Sua resposta está incorreta. A alternativa está incorreta, pois a sequência não está correta. A afirmativa I é verdadeira, pois segundo o autor a natureza coletiva do processo de criação cinematográfico tem como semente a imaginação e criatividade dos envolvidos. A afirmativa II é verdadeira, pois todos os profissionais envolvidos têm uma parcela de contribuição no processo criativo. A afirmativa III é falsa porque o início do processo criativo não se dá pelo todo, mas sim por sua contribuição ao longo do processo criativo. A alternativa IV é falsa, pois não corrompe o pensamento do autor. 
	
	
	
· Pergunta 2 
1 em 1 pontos
	
	
	
	O roteirista Lewis Herman criou, a partir de sua experiência, o que denomina de Quadro de Ideias. Por meio desse quadro, procura identificar e organizar as várias origens e linhas de pensamento que dão origem ao início de trajetória na produção de um roteiro. 
Assinale a alternativa correta no que se refere ao Quadro de Ideias. 
	
	
	
	
		Resposta Selecionada: 
	
Ideia lida é a ideia que vem pronta em um fato publicado em jornal, revista ou nas redes sociais. Pode ser um caso de amor, assassinato, tragédia, enfim uma história que se adeque a um roteiro. 
	Resposta Correta: 
	
Ideia lida é a ideia que vem pronta em um fato publicado em jornal, revista ou nas redes sociais. Pode ser um caso de amor, assassinato, tragédia, enfim uma história que se adeque a um roteiro. 
	Feedback da resposta: 
	Resposta correta. A alternativa está correta. A Ideia lida é retirada de um fato verídico publicado na mídia. 
	
	
	
· Pergunta 3 
1 em 1 pontos
	
	
	
	Leia o excerto a seguir: 
  
“A sinopse são ideias de nossa lavra, a defesa de nossas personagens, a expressão escrita da alma da história. Convém que seja um texto claro e fluido, que goze de uma boa redução. Mas seu estilo deve ser literalmente neutro, com a única intenção de descobrir o relato e sua capacidade de se converter em roteiro”. 
  
COMPARATO, D. Da Criação ao roteiro (recurso eletrônico): teoria e prática. 5. ed. São Paulo: Summus, 2018, p. 54. 
  
Diante do excerto, analise as asserções, a seguir, e a relação proposta entre elas. 
  
I. Para que a sinopse se transforme em um bom roteiro deve ter um texto claro e conciso 
Porque 
II. Deve descrever objetivamente os pormenores da história com estilo neutro. 
  
A seguir, assinale a alternativa correta. 
	
	
	
	
		Resposta Selecionada: 
	
As asserções I e II são proposições verdadeiras e a II é uma justificativa correta da I. 
	Resposta Correta: 
	
As asserções I e II são proposições verdadeiras e a II é uma justificativa correta da I. 
	Feedback da resposta: 
	Resposta correta. As proposições I e II são verdadeiras e a II é uma justificativa correta da I porque deve conter detalhes da história que são vitais para o roteiro. 
	
	
	
· Pergunta 4 
1 em 1 pontos
	
	
	
	Leia o excerto a seguir. 
  
“Personagem e história vivem uma interação perpétua. Às vezes iniciamos uma sinopse deslumbrados por uma personagem e só depois procuramos a história. Outras vezes acontece exatamente o contrário. O importante é que o produto final resulte harmonioso com uma interação personagem-história indestrutível, como se de uma grande verdade se tratasse”. 
  
COMPARATO, D. Da Criação ao roteiro (recurso eletrônico): teoria e prática. 5. ed. São Paulo: Summus, 2018, p. 76. 
  
Analise as afirmativas, a seguir, e assinale (V) para a(s) verdadeira(s) e (F) para a(s) falsa(s). 
  
I. (  ) Personagem e história são indissociáveis, por isso devem estar entrelaçados de forma harmoniosa no processo de criação. 
II. (  )  O personagem é o principal elemento de um roteiro. 
III. (  )  Independente do que surge primeiro, personagem ou história, o importante é que se tenha uma obra equilibrada e crível. 
IV. (  ) Se um roteiro é um produto final com uma interação personagem-história equilibrada pode convencer o público com eficiência. 
  
A partir das afirmações feitas, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta. 
	
	
	
	
		Resposta Selecionada: 
	
V, V, V, V. 
	Resposta Correta: 
	
V, V, V, V. 
	Feedback da resposta: 
	Resposta correta. A alternativa correta é a letra “e”. A afirmativa I é verdadeira porque um roteiro estruturado exige uma perfeita interação entre história e personagem. A afirmativa II é verdadeira, pois em se tratando de narrativa clássica não há como contar uma história sem um personagem. A afirmativa III é verdadeira porque a ordem de criação no processo não é fundamental, mas sim sua interação. A alternativa IV é verdadeira porque se o roteiro for competente em sua interação tem mais chances de convencer o público. 
	
	
	
· Pergunta 5 
1 em 1 pontos
	
	
	
	Uma forte característica das sitcoms é parecerem um improviso do começo ao fim, não se sente o tempo passar. As pesquisas contam muito para a criação e produção de novos temas, por isso entender o que o público mais gosta é essencial. Todos os pontos são contabilizados incluindo estilo de comédia, comerciais, piadas, cronometragem, caracterização, iluminação, personagens, música, tema e cenários. 
A respeito das sitcoms, séries de comédia norte-americanas, podemos afirmar que: 
	
	
	
	
		Resposta Selecionada: 
	
em muitos casos, a história A é encenada durante todo o show e só se resolve na cena final. O enredo B é secundário. 
	Resposta Correta: 
	
em muitos casos, a história A é encenada durante todo o show e só se resolve na cena final. O enredo B é secundário. 
	Feedback da resposta: 
	Resposta correta. A alternativa está correta, pois a história A é onde está o protagonista e sustenta a estrutura principal, a história B é paralela, assim como outras possíveis (C, D etc.). 
	
	
	
· Pergunta 6 
1 em 1 pontos
	
	
	
	De acordo com a estrutura da Narrativa Clássica dividida em três atos e a análise dos Plot Points ou Pontos de Virada, podemos entender que o roteiro possui características no que diz respeito à sua formatação. 
  
  
 Figura 2.1 - Estrutura de Narrativa Clássica 
 Fonte: Elaborada pelo autor. 
  
A partir desse raciocínio e baseado no quadro da Figura e na Estrutura Dramática, analise as afirmativas, a seguir, e assinale (V) para a(s) verdadeira(s) e (F) para a(s) falsa(s). 
  
I. (   ) Os pontos de virada não são completamente essenciais para a estrutura dramática. 
II. (  ) Existem várias técnicas de como se contar uma história usando, por exemplo, a Jornada do Herói, mas a estrutura
Página12