A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Crime doloso

Pré-visualização | Página 1 de 1

DIREITO PENAL
ASSUNTO: CRIME DOLOSO
@reviseidireito
1
Veja o seguinte exemplo de dolo DIRETO:
Imagine o seguinte exemplo de dolo EVENTUAL:
- "A" mora num sítio, onde costuma treinar tiro
ao alvo com sua arma de fogo, ciente de que
as balas possuem longo alcance e podem vir a
atingir pessoas que costumam fazer trilha na
região. 
O DOLO é o elemento subjetivo do tipo, que
consistente na vontade, livre e consciente, de
praticar o crime - dolo direto.
CRIME DOLOSO
@reviseidireito
D
O
LO
 
VONTA
DE
CONS
CIÊNC
IA
Dolo ALTERNATIVO;
Dolo EVENTUAL.
1.
2.
No dolo ALTERNATIVO, o agente se satisfaz,
igualmente, com qualquer resultado.
No dolo ALTERNATIVO, o agente sempreNo dolo ALTERNATIVO, o agente sempre
responde pelo resultado mais grave.responde pelo resultado mais grave.
No dolo EVENTUAL, o agente não quer o
resultado, mas assume o risco de produzi-lo.
Em outras palavras, o agente possui a
consciência de que sua conduta pode gerar um
resultado criminoso, mas assume o risco de
sua ocorrência.
Imagine o seguinte exemplo de dolo
ALTERNATIVO:
- "A" dispara contra "B" com a intenção de
matar ou ferir, aceitando qualquer dos
resultados. 
Esse dolo DIRETO é formado pela vontade de
lesar um bem jurídico e a consciência de que
sua conduta pode lesar um bem jurídico.
No exemplo dado, "A" pode não possuir a
vontade de ferir alguém, mas assume o risco
de produzir o resultado ao insistir em treinar tiro
ao alvo. 
Caso alguém seja atingido, vindo a falecer, "A"
responderá por homicídio doloso, na
modalidade DOLO EVENTUAL.
- "A" possui a vontade de matar "B" e,
conscientemente, esfaqueia "B".
Mas também há o dolo INDIRETO. Essa
modalidade de dolo subdivide-se em:
3
Gostou do material? Me siga no
Instagram! Você irá encontrar resumos,
dicas e muito mais!
Ah! Não se esqueça de:
CURTIR
 COMENTAR
 COMPARTILHAR 
SALVAR
21 @reviseidireito