A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
Anatomia  do Cíngulo do membro superior e Ombro

Pré-visualização | Página 1 de 3

Cíngulo do MS e MS 
Trata-se de uma cintura, que envolve a 
escápula, úmero, clavícula e arcos costais. 
 
Clavícula 
O corpo da clavícula faz uma curva dupla no 
plano horizontal. A extremidade esternal é alargada e 
triangular no local de articulação com o manúbrio do 
esterno na ​articulação esternoclavicular (EC), já a 
extremidade acromial é plana no local de articulação 
com o acrômio da escápula na articulação 
acromioclavicular (AC) . 
Os dois terços mediais do 
corpo da clavícula são 
convexos anteriormente, 
enquanto o terço lateral é 
achatado e côncavo 
anteriormente - essa 
curvatura aumenta a 
resiliência da clavícula. 
As funções da clavícula 
são de: 
● Atuar como suporte rígido e móvel, 
suspendendo a escápula e o membro, 
mantendo-os afastados do tronco, a fim de que 
o membro tenha máxima liberdade de 
movimento. 
● Formar um dos limites ósseos do canal 
cervicoaxilar (passagem entre o pescoço e o 
braço), protegendo o feixe neurovascular que 
supre o membro superior. 
● Transmitir choques do MS para o esqueleto 
axial 
A clavícula é um osso esponjoso com um 
revestimento de osso compacto. A face da clavícula 
abaixo da pele e dos músculos é lisa, já parte inferior 
da clavícula é áspera, pois é unida à 1º costela, perto 
de sua extremidade esternal, por ligamentos fortes que 
suspendem a escápula por sua extremidade acromial. 
Além disso, esse osso apresenta o ​tubérculo 
conoide​, perto da extremidade acromial da clavícula, 
o qual é o local de fixação do ​ligamento conoide 
(parte medial do ligamento coracoclavicular); bem 
como também tem a ​linha trapezóidea​, a qual se fixa o 
ligamento trapezóide (parte lateral do ligamento 
coracoclavicular). 
O ​sulco do músculo subclávio (terço medial) é 
o local de fixação do músculo subclávio. Em posição 
mais medial está a impressão do ligamento 
costoclavicular​, uma área oval, rugosa e geralmente 
deprimida à qual está fixado o ligamento que une a 
costela I à clavícula, limitando a elevação do ombro. 
 
Escápula 
É um osso plano triangular, que fica acima das 
2ª e 7ª costelas. A face posterior é dividida por uma 
crista óssea que se projeta, a ​espinha da escápula​, 
criando uma ​fossa supraespinhal (menor) e uma ​fossa 
infraespinhal (maior). A face anterior é na maior parte 
côncava, formando uma ​fossa subescapular​. Essas 
fossas ósseas servem de fixação para diversos 
músculos. 
A espinha da escápula é contínua lateralmente 
com o ​acrômio plano e expandido, o qual se articula 
com a extremidade acromial da clavícula. Essa 
espinha apresenta um tubérculo deltoide​, que é uma 
proeminência que indica o ponto medial de fixação do 
músculo deltoide. A espinha e o acrômio atuam como 
alavancas para os músculos neles fixados, sobretudo o 
trapézio. 
Na região superolateral da escápula, 
apresenta-se a ​cavidade glenoidal (fossa oval, côncava 
e rasa), que articula com a cabeça do úmero. O 
processo coracoide é uma estrutura semelhante a um 
bico que se projeta acima da cavidade glenoidal 
(parece um dedo curvado apontando para o ombro), 
esse processo é o local de fixação inferior do 
ligamento coracoclavicular​, que faz sustentação 
passiva do membro. 
A escápula tem margens: 
● Medial (segue paralelamente ao processos 
espinhosos - pode ser chamada de margem 
vertebral) 
● Lateral (segue em direção superolateral na 
direção da axila - margem axilar) 
● Superior (marcada perto da junção de seus 
dois terços médios com o terço lateral pela 
incisura da escápula​, que está localizada no 
ponto onde a margem superior se une à base 
do processo coracoide) 
Também apresenta ângulos superior, lateral e 
inferior​. O ângulo lateral apresenta a ​cabeça da 
escápula​, onde está contida a cavidade glenoidal; 
entre a cabeça e o corpo da escápula há o ​colo da 
escápula​. 
A escápula tem movimentação sobre a parede 
torácica na ​articulação escapulotorácica​, servido 
como base para a movimentação do MS. 
 
 
Úmero 
A extremidade proximal do úmero tem cabeça, 
colo cirúrgico, colo atômico, tubérculo maior e o 
tubérculo menor: 
● Cabeça do úmero​: estrutura esférica e articula-se 
com a cavidade glenoidal 
● Colo anatômico​: sulco que circunscreve a cabeça e a 
separa dos tubérculos maior e menor (linha de 
fixação da cápsula do ombro) 
● Colo cirúrgico: é a parte estreita distal à cabeça e aos 
tubérculos 
● Tubérculo maior​: está na margem lateral do úmero 
● Tubérculo menor​: projeta-se anteriormente ao osso 
● Sulco intertubercular (ou sulco occipital): separa os 
tubérculos e protege a passagem do ​tendão delgado 
da cabeça longa do músculo bíceps braquial 
O corpo do úmero tem dois pontos de 
referência proeminentes: 
● Tuberosidade para o músculo deltóide​: encontrada 
lateralmente, onde se fixa o músculo deltoide 
● Sulco do nervo radial oblíquo​: posteriormente, no 
qual seguem o nervo radial e a artéria braquial 
profunda 
 
Fisiologia do ombro 
A organização do ombro permite 3 graus de 
liberdade no movimento: eixo transversal, eixo 
ântero-posterior e eixo vertical. 
● Flexão​ (180º): levantar o braço para frente 
● Extensão​ (45-50º): levantar o braço para trás 
● Adução​: 
○ Flexão (30º): levar o braço na direção medial 
do corpo pela parte anterior 
○ Extensão (limitado): levar o braço para a parte 
medial das costas do corpo 
● Abdução (180º): abertura e elevação do braço 
para a região lateral 
○ Fase 1 (0-60º): não é utilizado o deslizamento 
da escápula para o movimento, apenas a 
articulação glenoumeral 
○ Fase 2 (60-120º): fase de utilização da 
articulação escapulotorácica 
○ Fase 3 (120-180º): fase de utilização da art. 
glenoumeral, escapulotorácica e inclinação do 
tronco do lado oposto 
● Rotação do braço sobre o seu eixo longitudinal: 
○ Rotação medial ​(100 a 110º): aquecimento de 
manguito interno 
○ Rotação lateral​: aquecimento de manguito 
externa 
● Movimento da escápula no plano horizontal 
○ Retropulsão do ombro​: jogar a escápula para 
trás 
○ Antepulsão do ombro​: jogar a escápula para 
frente (mostrar o trapézio) 
● Flexão-extensão horizontal: movimentos com 
início do braço em 90º de abdução 
○ Flexão horizontal (135º): “matar um mosquito 
a sua frente” 
○ Extensão horizontal (30-40º): jogar os braços 
para trás 
 
A combinação dos movimentos permite o 
movimento de circundução do ombro. 
 
OBS! ​Os músculos que formam os estabilizadores 
dinâmicos da articulação glenoumeral são os 
músculos do ​manguito rotador​; sendo eles o 
supraespinhal​, ​infraespinhal​, ​redondo menor e 
subescapular​. 
 
 
 
 
 
Articulação do cíngulo do MS 
As 5 articulações presentes no ombro são 
resumidas na imagem acima. São presentes 3 
articulações verdadeiras e 2 articulações por planos de 
deslizamento muscular: 
● Verdadeiras: 
○ Glenoumeral 
○ Acromioclavicular 
○ Esternoclavicular 
● Por deslizamento: 
○ Escapulotorácica 
○ Subacromial​ (ou subdeltóidea) 
 
Glenoumeral 
A cabeça do úmero apresenta uma angulação 
de 135º, com uma angulação de 45º relacionada ao 
corpo do úmero. Essa articulação apresenta uma 
cápsula articular fibrosa. 
Essa articulação apresenta um aparelho 
ligamentar, formado pelo 
ligamento glenoumeral (ou 
coracoumeral), que, por sua vez, 
apresenta parte ​superior, média e 
inferior (forma um Z). Entre as