A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
147 pág.
Seu Cerebro na Pornografia Porn - Gary Wilson

Pré-visualização | Página 1 de 46

Pornografia na Internet e a ciência 
emergente do vício 
Seu cérebro na pornografia 
Pornografia na Internet e a ciência emergente do vício 
Gary Wilson 
 
 
 
 
Seu cérebro na pornografia 
Direitos autorais Gary Wilson, 2014 
Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta 
publicação pode ser reproduzida ou transmitida, sob qualquer forma 
ou por qualquer meio, sem permissão. 
Design da capa de Kieran McCann. 
Os direitos morais do autor foram afirmados. 
 
As informações contidas neste texto não pretendem nem 
estão implícitas como substitutas de aconselhamento médico 
profissional. É fornecido apenas para fins educacionais. Sempre 
procure o conselho de seu médico ou outro profissional de saúde 
qualificado antes de iniciar qualquer novo tratamento ou descontinuar 
um tratamento existente. Converse com seu médico sobre qualquer 
dúvida que possa tem sobre uma condição médica. Nada contido neste 
texto se destina a ser usado para fins médicos diagnóstico ou 
tratamento. 
 
Publicação da Commonwealth 
commonwealth-publishing.com 
Conteúdo 
Prefácio: Neurociência, Internet e Boa Vida pelo Professor Anthony Jack 
Introdução 
Capítulo 1: Com o que estamos lidando? 
Capítulo 2: Querendo correr Amok 
Capítulo 3: Recuperando o Controle 
Reflexões finais 
Esta é uma tradução independente do livro de Gary Wilson, “Your Brain 
On Porn”. Feita apartir do Google Tradutor. *Algumas palavra foram 
trocadas ou adicionadas para dar sentido a alguma frase. Att. 
@franciscoeduardo. 
Nós somos o que repetidamente fazemos. Aristóteles 
SUMÁRIO 
1 Introdução............................................................................................12
 Com o que estamos lidando? ................................................................ 18
Um elefante no quarto ............................................................................ 22
A outra experiência pornô ...................................................................... 25
Sintomas comuns .................................................................................... 28
Interferindo na vida, perdendo o controle .............................................. 30
Incapacidade de orgasmo durante o sexo............................................... 31
Ereções não confiáveis durante encontros sexuais ................................ 32
Ejaculação precoce desacostumada ....................................................... 35
Gostos alarmantes de fetiche pornô ....................................................... 37
Perda de atração por parceiros reais ....................................................... 42
Efeitos na libido, romance ...................................................................... 43
Ansiedade social, auto-estima ................................................................ 45
Incapacidade de concentração ................................................................ 47
Depressão, baixa energia, desânimo ...................................................... 48
2 Entendendo o problema para destruí-lo .................................................. 50
Novidade, Novidade, Mais Novidade .................................................... 53
Estímulo Sobrenormal ............................................................................ 55
Adaptação indesejada: condicionamento sexual e dependência ............ 58
Condicionamento Sexual ....................................................................... 59
Vício ....................................................................................................... 63
Estamos realmente falando sobre o vício aqui? ..................................... 65
Substituindo a satisfação normal ............................................................ 73
Como o cérebro nos mantém compulsivos ............................................ 73
Isolando causa e efeito ........................................................................... 75
Mais sobre Disfunções sexuais induzidas por pornografia.................... 77
Alguns usuários de pornografia são diagnosticados incorretamente? ... 79
3 Recuperando o controle ........................................................................... 84
Sugestões recomendadas ........................................................................ 87
Desafios de reinicialização ..................................................................... 98
Perguntas frequentes ............................................................................ 122
Reflexões finais ........................................................................................ 126
Compreender a ciência da desinformação ........................................... 127
Educação - mas que tipo? ..................................................................... 131
Leitura adicional e referencias ................................................................. 135
 
 
Your Brain On Porn, Gary Wilson 
PREFÁCIO: Neurociência, a Internet e a boa vida 
Professor Anthony Jack 
 
A mente humana é moldada pela interseção de duas forças poderosas: 
biologia e cultura. As mudanças culturais, em particular as inovações 
tecnológicas, alteram profundamente o modo como pensamos. No entanto, essas 
alterações não ocorrem em uma folha em branco. O cérebro é um órgão flexível 
e altamente plástico. Mas também é um acidente de evolução, com inúmeras 
restrições. A palavra escrita, por exemplo, transformou nossa capacidade de 
entender o mundo, acelerando muito as mudanças na tecnologia e 
fundamentalmente mudando a consciência humana. Porém, diferentemente da 
linguagem verbal, a leitura e a escrita não surgem espontaneamente da 
sociabilidade humana. A alfabetização surge de forma confiável como o produto 
de instituições sociais bem organizadas dedicadas à educação. 
A alfabetização requer treinamento que altera a fiação básica do 
cérebro. É preciso um trabalho sério para organizar os neurônios em um sistema 
especializado altamente eficiente que vincula o processamento visual ao verbal, 
sistema de linguagem e saídas manuais do motor. A atenção sustentada e guiada 
altera a estrutura do cérebro e dota-o de novos poderes. A grande promessa do 
campo da neurociência humana que avança rapidamente é que ela pode nos 
ajudar a entender como contextos culturais interagem com o cérebro para criar a 
mente - como comportamentos e maneiras de pensar se inscreve dentro de nossos 
crânios. Isso nos dá uma nova maneira de colocar a consciência humana à luz da 
compreensão científica. A neurociência oferece orientação que pode nos ajudar 
a cumprir nosso potencial e evitar armadilhas ao longo do caminho. 
Mas não devemos nos iludir de que essa ciência emergente fornecerá 
correções rápidas e fáceis – correções como tomar uma pílula, fazer uma cirurgia 
ou aprovar leis que restringem severamente o que os outros podem fazer. A 
melhor maneira de treinar nossos cérebros plásticos para trabalhar efetivamente 
em seu contexto cultural é através educação, investigação e contemplação, um 
processo que demanda muito tempo e paciência. A ampla disponibilidade de 
computadores de alta potência, juntamente com a Internet de alta velocidade e 
conectividade, inaugurou uma era de mudança tecnológica cuja capacidade de 
moldar consciência do ser humano é comparável à invenção da prensa de 
impressão (impressora). A internet está agora em todo lugar. 
 
 
Your Brain On Porn, Gary Wilson 
Isto não está apenas nos prédios de escritórios dos países mais 
desenvolvidos, mas também, através de smartphones, nas mãos de indivíduos de 
todas as idades em todos os lugares. As informações estão fluindo pelo mundo 
em quantidade, velocidade e com a falta de barreiras que representam uma 
mudança radical do passado. Esta revolução altera não apenas as informações às 
quais temos acesso, mas a própria natureza de como fazemos perguntas e o 
processo que usamos para