A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
87 pág.
docsity-127-questoes-resolvidas-de-concursos-contabilidade-geral

Pré-visualização | Página 23 de 24

como perda de capital (resultado não 
operacional). Caso se venda com lucro o benefício obtido com o Ativo, o ganho será registrado 
como ganho de capital. 
116 - Uma empresa comercial que adote o sistema de inventário periódico poderá apurar o custo das 
mercadorias vendidas com base na equação CMV = EF + compras - EI. 
Comentários: Errado. A fórmula correta é CMV = EI + C – EF 
117 - Do lucro líquido de R$ 100.000,00 de uma sociedade por ações recém constituída com um 
capital social de R$ 1.000.000,00, devem ser destinados R$ 5.000,00 obrigatoriamente para reserva 
legal, antes de qualquer outra destinação. 
Comentários: Certo. De acordo com a lei 6404/76, 5% do lucro líquido serão destinados, antes 
de qualquer outra destinação, à formação da Reserva Legal. 
118 - Uma empresa que apresente um lucro líquido em determinado exercício social deverá 
evidenciar, obrigatoriamente, lucro acumulados em seu patrimônio líquido. 
Comentários: Errado. O Lucro Líquido é o lucro apurado no exercício corrente. É o resultado 
da chamada conta ARE (Apuração do Resultado). O Lucro Acumulado é conta patrimonial e 
representa o lucro ou prejuízo do exercício anterior. 
119 - Considerando-se uma disposição estatutária com previsão de distribuição de 25% do lucro 
líquido ajustado, uma companhia que apresente lucro líquido de R$ 500.000,00, reserva legal de R$ 
10.000,00 e reserva de lucros a realizar de R$ 22.500,00, estará distribuindo um dividendo de R$ 
100.000,00.
Comentários: Errado. A base de cálculo do dividendo é calculada subtraindo-se do lucro 
líquido o valor a ser destinado a formação da reserva legal (neste caso). A questão não deixa 
claro se o valor de R$ 10.000 foi o valor destinado à formação da reserva legal ou se este é o 
valor da reserva já existente. De qualquer maneira a afirmativa está errada. No primeiro caso, 
a base de cálculo é de 490.000 (500.000 – 10.000). Logo, o dividendo a ser distribuído seria de 
490.000 x 25% = 122.500. No segundo caso a base de cálculo seria 500.000. Logo o valor a ser 
distribuído é de 500.000 x 25% = 125.000. A reserva de lucros a realizar não compõe a base de 
cálculo do dividendo. 
Demonstração das origens e aplicações de recursos (DOAR) do exercício encerrado em 31/12/2001. 
Itens
Valores em R$ mil 
Lucro líquido do exercício 120.350 
Despesas de depreciação e amortização 85.000 
Despesas de variação cambial de passivo exigível a longo prazo 22.300 
Receita de variação cambial de realização a longo prazo 3.200 
Aumento do passivo exigível a longo prazo 82.500 
Aumento do ativo realizável a longo prazo 12.000 
81
Emissão de novas ações com ágio 35.000 
Dividendos declarados 40.000 
Aquisição de ações permanentes (investimento) 35.000 
Aquisição de ativo imobilizado 235.000 
Compra de ações próprias para tesouraria 3.000 
Com relação à análise das demonstrações contábeis acima, julgue os itens de 120 a 123. 
Antes de respondermos as questões, vamos calcular o total das origens e das aplicações de recursos. 
Origens Aplicações
Lucro Líquido................................120.350 Aumento do ARLP ...................12.000 
(+) Depreciação/Amortização..... 85.000 Dividendos Declarados..............40.000 
(+) Variação Cambial Passivo LP...22.300 Ágio na Emissão de Ações .......35.000 
(-) Variação Cambial Ativo LP......(3.200) Aquisição de Imobilizado ........235.000 
Aumento do PELP .........................82.500 Compra Ações em Tesouraria.. 3.000 
Aquisição de Ações Permanentes...35.000 
Total das Origens .......................341.950 Total das Aplicações ................325.000
120 - O total das origens da DOAR é superior a R$ 340 milhões. 
Comentários: Certo. O total das origens, de acordo com o cálculo acima é de 341.950 
121 - Essa DOAR evidencia uma variação de capital circulante líquido negativa, o que pode levar a 
uma situação de capital circulante líquido negativo no balanço. 
Comentários: Errado. O capital circulante líquido (CCL) é positivo pois o total das origens é 
maior que o total das aplicações. 
122 - A variação negativa do capital circulante líquido levaria a uma redução no índice de liquidez 
corrente, caso, no início do período, estivesse acima de um, independentemente de haver aumento ou 
redução no índice de liquidez geral. 
Comentários: Certo. A afirmativa é correta considerando-se que ela não tem nenhuma relação 
com a questão dada (de acordo com os dados, a variação do capital circulante líquido é 
positiva). Caso haja uma variação negativa do CCL, temos que o total das origens é menor que 
o total das aplicações o que significa que o Ativo Circulante é menor que o Passivo Circulante. 
Logo o índice de liquidez corrente (AC/PC) é menor que 1 (um). Com relação ao índice de 
liquidez geral (AC + ARLP/ PC + PELP) nada podemos afirmar já que não temos dados sobre 
o longo prazo.
123 - Aceitando-se o patrimônio líquido dessa empresa como igual a R$ 1 bilhão em 31/12/2001, a 
rentabilidade do capital próprio teria ficado abaixo de 12%. 
Comentários: Errado. rentabilidade do capital próprio = Lucro líquido/Patrimônio Líquido 
Logo 120.350/1bilhão = 0,012035%. 
82
 Prova TC Paraná/2003 
124. Determinada companhia aberta apresenta, a seguir todas as suas contas patrimoniais, exceto as 
pertencentes ao patrimônio líquido, com seus respectivos saldos em 31 de dezembro de 2001: 
Contas Valores em R$ 
Disponibilidades 120.000 
Contas a Pagar 385.000 
Contas a Receber 525.000 
Estoques 265.200 
Tributos a Pagar 125.300 
Provisãoes para Contingências 75.600 
Despesas do período seguinte 2.500 
Receitas de Exercícios Futuros 3.750 
Dividendos a Pagar 12.500 
Empréstimos a Pagar 125.300 
Aplicações Financeiras 35.600 
Investimentos 13.750 
Imobilizado 375.250 
Depreciação Acumulada 126.750 
Diferido 12.678 
Amortização Acumulada 3.790 
Pessoal e Encargos a Pagar 36.890 
Com base nesses valores, conclui-se que o patrimônio líquido: 
a) é menor que R$ 300.000 
b) está situado entre R$ 300.000 e R$ 400.000 
c) está situado entre R$ 400.000 e 450.000 
d) é maior que R$ 500.000 
e) está situado entre R$ 450.000 e R$ 500.000 
Comentários
 ATIVO PASSIVO 
Disponibilidades 120.000 Contas a Pagar 385.000 
Contas a Receber 525.000 Títulos a Pagar 125.300 
Estoques 265.200 Provisão para Contingências 75.600 
Despesa do Período Seguinte 2.500 Receita de Exercícios Futuros 3.750 
Aplicações Financeiras 35.600 Dividendos a Pagar 12.500 
Investimentos 13.750 Empréstimos a Pagar 125.300 
Imobilizado 375.250 Pessoal e Encargos a Pagar 36.890 
Depreciação Acumulada (126.750) 
Diferido 12.678 
Amortização Acumulada (3.790) 
 Total 1.219.438 Total 764.310 
83
Aplicando-se a fórmula A = P + PL: 
1.219.438 = 764.310 + PL PL = 455.098 
Resposta: E 
125. Todas as contas de resultado da Companhia Comercial Profissional, em 31 de dezembro de 
2001, estão apresentadas a seguir: 
Contas de Resultado Devedores Credores 
Receita Bruta de Vendas 1.875.000 
Tributos sobre as Vendas 393.750 
Custo da Mercadoria Vendida 750.000 
Despesas