A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
16 pág.
2020-01 PROVA OFICIAL 01 - HISTÓRIA DO BRASIL CONTEMPORÂNEO

Pré-visualização | Página 1 de 7

CURSO: HISTÓRIA, GESTÃO PÚBLICA E DIREITO 
DISCIPLINA: HISTÓRIA DO BRASIL CONTEMPORÂNEO 
AVALIAÇÃO OFICIAL DO PRIMEIRO BIMESTRE 
 
Alexandre A. 
ORIENTAÇÕES GERAIS 
 
Prezados(as), 
A presente avaliação é composta por 03 questões discursivas e 08 questões objetivas. Sendo que as 
questões discursivas devem ser respondidas com pequenos textos no qual o aluno deverá observar o 
comando da questão e responder de forma satisfatória, incluindo o número de linhas mínimas solicitado 
em cada item. As questões objetivas deverão ser respondidas pelo aluno apenas assinalando qual é a 
opção correta. Lembrando que das quatro ou cinco alternativas possíveis, apenas uma é a marcação 
correta. Na hipótese de haver o estudante marcado duas ou mais, a questão será considerada anulada 
e o aluno não obterá pontos naquele item, mesmo que uma das marcações feitas seja a correta. 
O estudante deverá utilizar as folhas ao final da presente prova para deixar suas respostas discursivas 
e objetivas de cada questão. As marcações feitas no caderno não serão consideradas. Cada questão 
discursiva possui meia folha para resposta. Já as questões objetivas devem ser assinaladas na tabela 
correspondente. Atenção para colocar a resposta na linha certa e para escrever de forma legível. 
Cada questão discursiva vale 2,00 pontos. Sendo que 1,50 pontos se referem ao conteúdo 
apresentado pelo aluno em compatibilidade com a solicitação do enunciado. 0,25 pontos ao bom uso 
da norma culta da língua portuguesa e 0,25 pontos pela organização coerente de ideias na resposta. 
Cada questão objetiva vale 0,50 pontos, sendo que a marcação correta concede a nota máxima e a 
marcação incorreta zera a nota daquele item para o aluno. Mas não acarreta em nota negativa. (uma 
errada anula uma certa) 
A Avaliação Oficial do Primeiro Bimestre abarca o conteúdo das aulas 01 a 05. Desde a Revolução de 
1930 até o fim do Governo Castelo Branco em 1967. 
Na folha de respostas existe espaço para o estudante inserir o nome. Lembrar de escrever o nome 
completo e de forma legível para evitar erros no lançamento da notas. 
 
 
Boa prova a todos(as)! 
 
CURSO: HISTÓRIA, GESTÃO PÚBLICA E DIREITO 
DISCIPLINA: HISTÓRIA DO BRASIL CONTEMPORÂNEO 
AVALIAÇÃO OFICIAL DO PRIMEIRO BIMESTRE 
 
Alexandre A. 
QUESTÃO 01 
Em 12 de setembro, uma convenção de 
delegados dos partidos dominantes de 17 estados, 
liderados por São Paulo, homologou as candidaturas de 
Júlio Prestes para a presidência e de Vital Soares, 
governador da Bahia, para a vice-presidência da 
República. Oito dias depois, a Aliança Liberal, em 
convenção realizada no Rio, aprovou a chapa Vargas-
João Pessoa e sua plataforma eleitoral, redigida pelo 
gaúcho Lindolfo Collor. O programa, segundo Boris 
Fausto, “refletia as aspirações das classes dominantes 
regionais não-associadas ao núcleo cafeeiro e tinha por 
objetivo sensibilizar a classe média”. Na parte econômica, 
“defendia a necessidade de se incentivar a produção 
nacional em geral e não apenas o café, combatia o 
esquema de valorização do café e por isso mesmo não 
discordava nesse ponto da política de Washington Luís”. 
Insinuava a necessidade de industrialização, mantendo, 
porém, velha distinção entre indústrias naturais e 
artificiais. Preconizava medidas de proteção aos 
trabalhadores, como a extensão do direito à 
aposentadoria, a aplicação da Lei de Férias e a 
regulamentação do trabalho do menor e da mulher. 
Verbete Getúlio Vargas. CPDOC FGV. Disponível em: 
http://www.fgv.br/cpdoc/acervo/dicionarios/verbete-biografico/getulio-
dornelles-vargas Acesso em 27 de janeiro de 2021. 
 Getúlio Vargas é um dos presidentes mais 
famosos do Brasil. Dentre seus feitos, podemos citar a 
Consolidação das Leis de Trabalho e sua postura diante 
do trabalhador brasileiro que diferia muito das atitudes 
tomadas pelos presidentes anteriores da república 
oligárquica. Se com Washington Luís, a questão 
trabalhista era caso de polícia, para Vargas era caso de 
política. Sua relação com o povo rendeu-lhe o título de 
pais dos pobres. Por outro lado, também é comum ouvir 
os dizeres que Getúlio era mãe dos ricos. 
 Explique a afirmativa anterior “Getúlio era pai dos 
pobres e mãe dos ricos”. Como essa frase representa, 
em certa medida, o presidente Vargas? Exemplifique 
citando atos de seu governo que corroborem sua 
explicação. Escreva no mínimo de 06 linhas. (Valor 2,00 
pontos) 
QUESTÃO 02 
Em 13 de março de 1961, Jânio anunciou os 
rumos de sua política econômica em discurso transmitido 
por cadeia de rádio e televisão. Anunciou também uma 
reforma cambial que atendeu aos interesses do setor 
exportador e dos credores internacionais, punindo 
fortemente os grupos nacionais que haviam contraído 
financiamento externo durante a vigência da taxa 
anterior. Apesar da melhoria obtida na situação 
orçamentária, a reforma cambial foi combatida pelos 
partidos de oposição. Entretanto, esse conjunto de 
medidas do governo Jânio foi muito bem recebido pelos 
credores estrangeiros e resultou em novos acordos 
financeiros. 
No dia 7 de julho de 1961, Jânio reuniu todo o 
seu ministério para estudar as reformas do imposto de 
renda e dos códigos penal, civil e de contabilidade. 
Enquanto desenvolvia uma política interna considerada 
conservadora e plenamente aceita pelos Estados Unidos, 
procurou afirmar no plano externo os princípios de uma 
política independente e aberta a relações com todos os 
países do mundo. Essa orientação provocou protestos de 
inúmeros setores e grupos que o apoiavam. 
Também levou adiante seu projeto de 
estabelecer relações com as nações do bloco socialista. 
Em maio, recebeu no palácio do Planalto a primeira 
missão comercial da República Popular da China enviada 
ao Brasil. O mesmo fato se repetiu em julho com a missão 
soviética de boa vontade, que pretendia incrementar o 
intercâmbio comercial e cultural entre o Brasil e a União 
Soviética. As primeiras providências para o reatamento 
diplomático entre os dois países começaram a ser 
tomadas em 25 de julho, mas o processo só seria 
concluído durante o governo Goulart. 
Jânio Quadros. CPDOC FGV. Disponível em: 
https://cpdoc.fgv.br/producao/dossies/Jango/biografias/janio_quadros 
Acesso em 28 de janeiro de 2021. 
 Jânio Quadros foi uma figura emblemática na 
história política do Brasil. Eleito com uma votação 
surpreendente, renunciou com menos de um ano de 
governo. Contudo, muitos historiadores defendem que, 
ao renunciar, na verdade, Jânio tentou aplicar um golpe 
branco que o permitiria assumir com maiores poderes. 
Explique o raciocínio por trás dessa atitude de Jânio e 
explique porque essa estratégia não deu certo. Escreva 
no mínimo de 06 linhas. (Valor 2,00 pontos) 
QUESTÃO 03 
Justiça proíbe comemorações dos 55 anos do golpe de 
1964 
http://www.fgv.br/cpdoc/acervo/dicionarios/verbete-biografico/getulio-dornelles-vargas
http://www.fgv.br/cpdoc/acervo/dicionarios/verbete-biografico/getulio-dornelles-vargas
https://cpdoc.fgv.br/producao/dossies/Jango/biografias/janio_quadros
CURSO: HISTÓRIA, GESTÃO PÚBLICA E DIREITO 
DISCIPLINA: HISTÓRIA DO BRASIL CONTEMPORÂNEO 
AVALIAÇÃO OFICIAL DO PRIMEIRO BIMESTRE 
 
Alexandre A. 
A juíza Ivani Silva da Luz, da 6ª Vara da Justiça 
Federal do Distrito Federal, proibiu nesta sexta-feira 
(29/3) que as Forças Armadas comemorem o aniversário 
de 55 anos do golpe de 1964 no próximo domingo (31/3). 
A magistrada atendeu a um pedido de liminar 
apresentado pela Defensoria Pública da União, que 
alegou risco de afronta à memória e à verdade, além do 
emprego irregular de recursos públicos nos eventos. 
"Defiro o pedido de tutela de urgência para determinar à 
União que se abstenha da ordem do dia alusiva ao 31 de 
março de 1964, prevista pelo ministro da Defesa e 
comandantes do Exército, Marinha e Aeronáutica", 
decidiu a magistrada. 
Segundo a magistrada, o ato administrativo impugnado,