A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
32 pág.
ortografia

Pré-visualização | Página 1 de 5

1
2
SUMÁRIO
1. EMPREGO DE ALGUMAS LETRAS.....................................3
1.1 Letra S ...........................................................................4
1.1 Letra SS ..........................................................................4
1.1 Letra Z............................................................................5
2. EMPREGO DE ALGUMAS EXPRESSÕES ............................6
2.1 POR QUE x POR QUÊ ........................................................7
2.2 PORQUE x PORQUÊ ..........................................................7
2.3 AFIM x A FIM (DE) ..............................................................7
2.4 ONDE x DONDE x AONDE ...................................................8
2.5 ACERCA DE x A CERCA DE x HÁ CERCA DE ............................8
2.6 DE ENCONTRO A x AO ENCONTRO DE ...................................8
2.7 A PRINCÍPIO x EM PRINCÍPIO ...............................................8
2.8 HÁ x A ............................................................................9
2.9 MAS x MAIS .....................................................................9
3. EMPREGO DO HÍFEN NA PREFIXAÇÃO............................10
4. QUESTÕES DE REVISÃO................................................13
5. GABARITO...................................................................21
6. QUESTÕES DE REVISÃO COMENTADAS.........................22
3
1. EMPREGO
DE ALGUMAS
LETRAS
4
1.1 Letra S
a) Nos substantivos que designam origem, título honorífico e feminino.
Ex: chinês, japonês, baronesa, duquesa, sacerdotisa, poetisa.
b) Nos sufixos ASE, ESE, ISI e OSE.
Ex: fase, ascese, eletrólise, apoteose.
c) Nos sufixos OSO e OSA.
Ex: formoso, formosa, gostoso, gostosa.
d) Nas palavras derivadas daquelas que possuem D, RT ou RG no seu radical.
Ex: iludir – ilusão, defender – defesa; divertir – diversão, inverter – inversão;
imergir – imersão, submergir – submersão.
e) No prefixo TRANS e nos seus derivados.
Ex: transatlântico, trasladar (ou transladar).
f) Após os ditongos.
Ex: maisena, Sousa, coisa.
g) Nas formas verbais derivadas dos verbos QUERER e PÔR.
Ex: quis, quisera, pusera, compusera.
1.2 Letra SS
a) Nas palavras derivadas daquelas que possuem as expressões CED, GRED, PRIM, 
MIT, MET e CUT no radical.
Ex: suceder – sucessão, regredir – regressão, comprimir – compressão, demitir – 
demissão, intrometer – intromissão, discutir – discussão
b) Prefixo terminado em vogal + palavra começada por S.
Ex: pre + sentir = pressentir (o “s” foi duplicdo para preservar a pronúncia 
5
1.3. Letra Z
a) Nas terminações EZ e EZA, formando substantivos abstratos derivados de adjetivos.
Ex: insensato – insensatez, nu – nudez; claro – clareza, belo – beleza.
b) Nas terminações IZAR, formando infinitivos verbais.
Ex: sintonia – sintonizar, real – realizar, visual – visualizar
Atenção!
Se a palavra possuir S em sua parte final, o infinitivo verbal também levará S: análise – 
analisar, paralisia – paralisar.
Cuidado!
Hipnose – hipnotizar; síntese – sintetizar; batismo – batizar; catequese – catequizar; 
ênfase – enfatizar. (Lembre-se da sigla de um famoso banco, só que com E no final: 
HSBCE).
c) Como consoante de ligação
Ex: pé + udo = pezudo; guri + ada = gurizada.
6
2. EMPREGO
DE ALGUMAS
EXPRESSÕES
7
2.1 POR QUE x POR QUÊ
a) Por que você não veio? (advérbio interrogativo de causa, usado no início da oração, 
equivale-se a por qual motivo, o “que” é átono).
b) Quero saber por que você não veio. (a única diferença é que a frase interrogativa é 
indireta).
c) Você não veio por quê? (agora a expressão aparece no final da frase, e o “que” é 
tônico).
d) Quero saber o motivo por que você não veio. (preposição + pronome relativo, usado 
no início da oração, equivale-se a pelo qual).
2.2 PORQUE x PORQUÊ
a) Não vim porque estava cansado. (conjunção subordinativa adverbial, indica 
circunstância de causa).
b) Fique quieto, porque você está incomodando. (conjunção coordenativa explicativa).
c) Quero saber o porquê da sua falta. (vem precedido de artigo, é substantivo, equivale-
se a motivo, razão, causa).
2.3 AFIM x A FIM (DE)
a) Temos ideias afins. (adjetivo, refere-se a um substantivo, varia em número para com 
ele concordar).
b) Estudou muito, a fim de tirar o primeiro lugar. (locução prepositiva, denota finalidade, 
objetivo, intenção).
8
2.4 ONDE x DONDE x AONDE
a) Onde você está? (usa-se onde com verbo estático que pede a preposição em, na 
língua portuguesa não existe a contração nonde, indicada por em + onde).
b) Donde você vem? (usa-se com verbo de movimento que peça, em razão sua regência, 
a preposição de, caso do verbo “vem”: “Donde” = de + onde).
c) Aonde você vai? (usa-se com verbo de movimento que exige, também por causa de 
sua regência, a preposição a, caso da forma verbal “vai”: “Aonde” = a + onde).
2.5 ACERCA DE x A CERCA DE x HÁ CERCA DE
a) Hoje falaremos acerca dos pronomes. (locução prepositiva – “dos” = de + os –, equivale-
se a sobre, a respeito de).
b) Os primeiros colonizadores surgiram há cerca de quinhentos anos. (refere-se a 
acontecimento passado).
c) Estamos a cerca de quatro meses da prova. (equivale-se a aproximadamente).
2.6 DE ENCONTRO A x AO ENCONTRO DE
a) O ônibus foi de encontro ao carro, causando a morte de duas pessoas. (indica posição 
contrária, colisão, confronto).
 A proposta da diretoria foi de encontro aos anseios dos funcionários.
b) O filho foi ao encontro do pai, abraçando-o. (sugere posição favorável, concordância).
2.7 A PRINCÍPIO x EM PRINCÍPIO
a) a princípio significa à primeira vista, inicialmente, primeiramente, de início.
Exemplo: A princípio, não era contra sua ideia; mas depois soube os detalhes e me 
decepcionei.
9
b) em princípio significa em tese, em teoria, teoricamente, em termos, de modo geral. 
Exemplo: Em princípio, a prova de Língua Portuguesa deverá ser fácil para você, que 
está estudando.
2.8 HÁ x A
a) Ele chegou da Europa há dois anos. (refere-se a tempo passado)
b) Ela voltará daqui a um ano. (refere-se a acontecimento futuro)
2.9 MAS x MAIS
a) Ela estudou muito, mas não foi aprovada. (conjunção coordenativa adversativa, pode 
ser substituída por porém)
b) Ela era a aluna mais simpática da turma. (advérbio de intensidade, refere-se a verbo, 
adjetivo e advérbio)
C) Menos ódio e mais amor. (pronome indefinido, refere-se a substantivo)
10
3. EMPREGO
DO HÍFEN NA
PREFIXAÇÃO
11
Prefixos Usa hífen Não usa hífen
Agro, ante, anti, arqui, 
auto, contra, extra, infra, 
intra, macro, mega, micro, 
maxi, mini, semi, sobre, 
supra, tele, ultra...
Quando a palavra 
seguinte começa com 
h ou com vogal igual à 
última do prefixo: 
auto- hipnose, anti-herói, 
anti-imperalista, 
auto -observação,
micro-ondas, mini-hotel.
a) Em todos os demais 
casos: autorretrato, 
autossustentável, autoanálise, 
autocontrole, antirracista, 
antissocial, antivírus, 
minidicionário, minissaia, 
minirreforma, ultrassom...
(perceba que as letras R
e S são duplicadas).
b) Quando se usam os 
prefixos des- e in-, caem o
h e o hífen: desumano, 
inabitável, desonra, inábil.
c) Também com os prefixos 
co- e re- caem o h e o hífen: 
coordenar, coerdeiro, coabitar, 
reabilitar, reeditar, reeleição.
Hiper, inter, super
Quando a palavra 
seguinte começa com h 
ou com r: super- homem, 
inter-regional.
Em todos os demais casos: 
hiperinflação, su persônico.
Sub, sob, ob, ab
Quando a palavra 
seguinte começa com b, 
h ou r: sub-base,
sub-reino, sub-humano.
Em todos os demais casos: 
subsecretário, subeditor.
Admite-se ainda subumano.
Vice, ex, sem, além, 
aquém, recém, pós, pré, 
pró
Sempre: vice-rei, vice-
presidente, além-mar, 
além-túmulo, aquém-mar, 
ex-aluno, ex-diretor, ex-
hospedeiro, ex-prefeito, 
ex- presidente, pós-
graduação, pré-história, 
pré-vestibular, pró-
-europeu, recém-casado, 
recém-nascido,
sem-terra.
Pan, circum, mal
Quando a palavra 
seguinte começa 
com h, m, n ou 
vogais: 
pan-americano,
circum-hospitalar
Em todos os demais 
casos: pansexual,