A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Circuito CC e Regras de Kirchhoff

Pré-visualização|Página 1 de 3

Fem ε Tensão máxima possível que a bateria pode fornecer entre seus terminais
Bateria Real
Ela tem uma resistência ao fluxo de carga, que é chamada de Resistência Interna r, isso acontece
por ela ter um material
Em um circuito que há corrente a sua diferença de potencial não é igual à sua fem.
Bateria idealizada
Considera-se r = 0
A diferença de potencial nela é igual à sua fem
Fórmulas: ou
Através da formula notamos que a corrente nesse circuito simples depende da resistência
externa, resistência da carga, e da resistência interna
Quando R é muito maior que r, desconsideramos r
Podemos usar para substituir na formula da potência:
Corrente Igual em todos
Diferença de Potencial É dívida entre os resistores
Resistência Equivalente A soma de todas as resistências, é sempre maior que qualquer resistência
individual
Força Eletromotriz
A bateria é conhecida como uma fonte de força eletromotriz (fem). Ela define se o circuito é CC, pois é
uma fonte de fem constante e com isso gera uma corrente contínua
Características de uma Bateria
Associação de Resistores
Associação em Série

Corrente É dívida para cada resistor
Diferença de Potencial É igual para todos
Resistência Equivalente:
A resistência equivalente é sempre inferior a menor resistência no grupo
Caso uma corrente tenha que escolher entre o caminho de R = 0 e R = finito, ela escolheria o de R =
0, porem tal caminho não existe na realidade
Circuitos Residenciais estão sempre conectados em paralelo, pois caso um seja desligado o outro
pode ficar ligado
Associadas em Paralelo
Mais quente e brilhantes
Quando um filamento queima as outras funcionam
Associadas em série
Mais seguras e menos brilhosas
Caso um filamento de alguma queime todas as outras param de funcionar
Associadas em serie com circuito de jumper
Quando um filamento queima a isolação do jumper também queima e faz com que ele gere um
caminho para a corrente, assim as outras luzes permanecem funcionando
Em qualquer junção a soma das correntes deve ser igual a zero
Associação em Paralelo
Curiosidades
As luzes de natal podem ser feitas de 3 formas
Regras de Kirchhoff
Quando temos um circuito mais complexo é necessário utilizar dois princípios para fazer a analise:
Regra da Junção

Essa regra é uma formulação da carga elétrica.
Todas as cargas que entram em um determinado ponto deve sair dele, pois não pode haver o
acumulo de cargas em um ponto
Sinal da corrente
Positivo Entra na junção
Negativo Sai da junção
O número de vezes que se pode usar essa regra é igual a uma a menos que o número de junções no
circuito
A soma das diferenças potenciais por todos os elementos em torno de qualquer circuito fechado
deve ser zero.
Essa regra vem da Lei da conservação de Energia
Quando uma carga que saiu do ponto inicial retorna a ele, o sistema carga-circuito deve ter a mesma
energia total nos dois momentos
Sinais de Diferença de Potencial
Aumento
Quando uma fonte é do polo negativo para positivo (Direção do FEM)
Quando um resistor é atravessado no sentido oposto ao da corrente
Diminuição
Quando a fonte é do polo positivo para o negativo
Quando o resistor é atravessado no sentido da corrente
Regra das Malhas