A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Flashcard - Operacoes com Mercadoria

Pré-visualização | Página 1 de 1

– –
 
Flashcard: Operações 
com Mercadoria 
Em uma empresa operações com mercadorias, é o 
NÚCLEO principal, necessário um bom sistema de 
apuração de resultados bem como controle físico. 
Para apurar se dando lucro ou prejuízo. 
RESULTADO COM MERCADORIAS (RCM) 
RCM = V – CMV 
 
V: Vendas do período 
CMV: Custo das Mercadorias Vendidas 
O RCM é o Resultado com Mercadorias, ou Resultado 
Operacional Bruta ou Resultado Bruto. 
Quando: 
(+) Lucro Operacional Bruto (ou Lucro Bruto) 
(-) Prejuízo Operacional Bruto (ou Prejuízo Bruto) 
Resultado Líquido é obtido RCM – outras despesas. 
VENDAS 
Representa o total faturado contra o cliente, quer a vista 
ou a prazo, porém, a esse valor pode ocorrer 
“deduções”, como: impostos e taxas sobre vendas 
(ICMS, PIS s/ Faturamento, Cofins s/ Faturamento), 
devoluções de vendas, descontos (abatimentos) 
incondicionais sobre vendas. 
Vendas tem sempre o significado “Vendas – deduções 
de vendas”. 
ESTOQUE: são ativos mantidos para venda no curso 
normal dos negócios da empresa, ou seja, são ativos 
relacionados com a atividade operacional da 
empresa, são adquiridos ou produzidos com o objetivo 
de serem comercializados. 
Reconhecimento do Estoque no Balanço Patrimonial 
Se for provável que benefícios econômicos futuros 
associados ao ativo irão fluir para a entidade e se o 
custo for mensurável confiavelmente. 
CMV 
Valor atribuído as mercadorias negociadas pelo 
comerciante, é o valor de custo, que será confrontado 
com o valor de venda (receita). 
𝐶𝑀𝑉 = 𝐸𝐼 + 𝐶 − 𝐸𝐹 
Custo das Mercadorias Vendidas = Estoque Inicial + 
Compras – Estoque Final. 
Resuminho: 
CMV: quanto custou a entrada 
EI: o que eu já tinha 
Compras: compras que fiz durante o período (anuladas, 
descontos, abatimentos, etc) 
Estoque final: mercadorias que não foram vendidas. 
Os estoque devem ser mensurados pelo valor de Custo 
de Aquisição ou pelo valor realizável líquido. 
CUSTO DE AQUISIÇÃO | Preço de Compra 
(+) Impostos não recuperáveis 
(+) Custo de Transporte 
(+) Seguro 
(+) Manuseio 
(-) Descontos comerciais 
(-) Abatimento 
 
VALOR REALIZÁVEL LÍQUIDO 
Preço de venda estimado no curso normal dos 
negócios deduzido custos estimados para a sua 
conclusão e dos gastos necessários para se concretizar 
a venda. 
Subprodutos de custo irrelevante = valor realizável 
líquido. Exemplo: adubo, indícios de perda e redução 
para valor realizável, produto danificado, obsoleto, 
redução preço de venda, > custo estimado para venda. 
Preço de Venda 
(+) custos estimados de conclusão 
(-) Gastos para vender 
(-) Impostos sobre vendas 
(=) Valor realizável líquido 
Observação: 
Se nunca vendêssemos, o Estoque Final = Estoque 
inicial (isso não ocorre), há uma sucessão de compras 
x vendas. 
Obtenção do ESTOQUE FINAL, é feita por formas de 
controle dos estoques, conhecidos como “inventário 
periódico” e “inventário permanente”.