A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
38 pág.
AgEpidMod2

Pré-visualização | Página 3 de 11

sempre pode aprender com o 
outro, e essa é a principal vantagem da colaboração. 
Independentemente da sua posição hierárquica na empresa, 
respeitar os colegas, evitar fazer julgamentos e reconhecer erros 
devem fazer parte da sua conduta ética.
Privacidade: No ambiente de trabalho, você deseja ter seu espaço 
respeitado, não é mesmo? Por isso, respeitar a privacidade de 
colegas também deve fazer parte da sua postura profissional, 
evitando mexer em documentos, gavetas e materiais sem a 
permissão do dono.
Na saúde, ela pode ser compreendida como o conjunto de regras e 
preceitos morais de um indivíduo. E isso deve ser aplicado à 
avaliação de méritos, riscos e preocupações sociais das atividades 
de promoção do bem-estar dos pacientes enquanto leva em 
consideração a moral vigente em um determinado tempo e local.
QUAL É A NECESSIDADE DA ÉTICA NA SAÚDE?
Nos tempos atuais, conhecer e aplicar a ética na saúde é 
fundamental, uma vez que a humanização nos mais variados 
campos é amplamente debatida e estimulada na sociedade. 
É fundamental, portanto, respeitar as necessidades individuais e 
conquistar a confiança de forma natural e gradual. Isso fica mais 
fácil quando se esclarecem os procedimentos, se debatem as 
dúvidas e se transmite segurança com um linguajar compreensível 
e adequado para quem não é especialista na área.
8
Em geral é baseado na legislação vigente do país, na Declaração dos 
Direitos Humanos, nas Leis Trabalhistas e outras. Assim existem:
Códigos de Ética Profissionais - códigos em que estão especificados os 
direitos e deveres, o que é vetado eticamente naquele exercício 
profissional e as possíveis punições no caso de desobediência ao 
código. Ex.: código de ética do contador, código de ética do 
assistente social, etc. Os códigos mais conhecidos no Brasil são os 
de medicina, enfermagem, psicologia e o da OAB (Ordem dos 
Advogados do Brasil). Cada um deles especifica o papel dessas 
profissões na sociedade e a importância do respeito a dignidade 
humana no exercício de cada um desses trabalhos tão importantes.
Principais Objetivos de um Código de Ética
• Especificar os princípios de uma certa instituição e/ou 
profissão diante da sociedade;
• Documentar os direitos e deveres do profissional;
• Dar os limites das relações que o profissional deve ter com 
colegas e clientes/pacientes;
• Explicar a importância de manter o sigilo profissional (essencial 
em muitos casos);
• Defender o respeito aos direitos humanos nas pesquisas 
científicas e na relação cotidiana;
• Delimitar e especificar o uso de publicidade em cada área;
• Falar sobre a remuneração e os direitos trabalhistas.
O QUE É A ÉTICA NA SAÚDE?
A ética aplicada à saúde é muito importante para qualquer 
profissional que atue nesse segmento. 
De uma maneira mais abrangente, esse tema diz respeito aos 
princípios que motivam e orientam o comportamento humano a 
respeito de normas e valores de uma realidade social.
Na saúde, ela pode ser compreendida como o conjunto de regras e 
preceitos morais de um indivíduo. E isso deve ser aplicado à 
avaliação de méritos, riscos e preocupações sociais das atividades 
de promoção do bem-estar dos pacientes enquanto leva em 
consideração a moral vigente em um determinado tempo e local.
QUAL É A NECESSIDADE DA ÉTICA NA SAÚDE?
Nos tempos atuais, conhecer e aplicar a ética na saúde é 
fundamental, uma vez que a humanização nos mais variados 
campos é amplamente debatida e estimulada na sociedade. 
É fundamental, portanto, respeitar as necessidades individuais e 
conquistar a confiança de forma natural e gradual. Isso fica mais 
fácil quando se esclarecem os procedimentos, se debatem as 
dúvidas e se transmite segurança com um linguajar compreensível 
e adequado para quem não é especialista na área.
9
Na saúde, ela pode ser compreendida como o conjunto de regras e 
preceitos morais de um indivíduo. E isso deve ser aplicado à 
avaliação de méritos, riscos e preocupações sociais das atividades 
de promoção do bem-estar dos pacientes enquanto leva em 
consideração a moral vigente em um determinado tempo e local.
QUAL É A NECESSIDADE DA ÉTICA NA SAÚDE?
Nos tempos atuais, conhecer e aplicar a ética na saúde é 
fundamental, uma vez que a humanização nos mais variados 
campos é amplamente debatida e estimulada na sociedade. 
É fundamental, portanto, respeitar as necessidades individuais e 
conquistar a confiança de forma natural e gradual. Isso fica mais 
fácil quando se esclarecem os procedimentos, se debatem as 
dúvidas e se transmite segurança com um linguajar compreensível 
e adequado para quem não é especialista na área.
10
CONSTRUINDO UMA NOVA PRÁTICA NA ATENÇÃO À SAÚDE 
EDUCAÇÃO EM SAÚDE
Na construção de um novo modelo de atenção à saúde, é preciso 
que os profissionais da saúde construam também uma nova prática 
que enxergue o indivíduo como um ser humano integral, vivendo 
dentro de uma família, dentro da comunidade no contexto 
socioeconômico, cultural e ambiental. 
Essa nova prática requer uma compreensão do homem e sua família 
em função das realidades, dos fatores que interferem de maneira 
positiva e/ou negativa em suas vidas e, consequentemente, na 
saúde. 
Para que essa nova prática apresente resultados satisfatórios, é 
preciso que você, agente, assim como todos os outros profissionais 
assumam o compromisso com a promoção da saúde, a prevenção 
de agravos, o tratamento e a reabilitação não só da pessoa, mas de 
toda a coletividade. 
Conceito de Saúde
Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS, 2013) não define 
saúde apenas como a ausência de doença, mas como a situação de 
perfeito bem-estar, físico, mental e social. Direito social, inerente à 
condição de cidadania, que deve ser assegurado sem distinção de 
raça, de religião, ideologia política ou condição socioeconômico, a 
saúde é assim apresentada como um valor coletivo, um bem de 
todos.
Constitui um conjunto de saberes e práticas orientadas para a 
prevenção de doenças e promoção da saúde.
Na saúde, ela pode ser compreendida como o conjunto de regras e 
preceitos morais de um indivíduo. E isso deve ser aplicado à 
avaliação de méritos, riscos e preocupações sociais das atividades 
de promoção do bem-estar dos pacientes enquanto leva em 
consideração a moral vigente em um determinado tempo e local.
QUAL É A NECESSIDADE DA ÉTICA NA SAÚDE?
Nos tempos atuais, conhecer e aplicar a ética na saúde é 
fundamental, uma vez que a humanização nos mais variados 
campos é amplamente debatida e estimulada na sociedade. 
É fundamental, portanto, respeitar as necessidades individuais e 
conquistar a confiança de forma natural e gradual. Isso fica mais 
fácil quando se esclarecem os procedimentos, se debatem as 
dúvidas e se transmite segurança com um linguajar compreensível 
e adequado para quem não é especialista na área.
11
atrair o indivíduo a participar do processo de educação, seguido de 
formas práticas de aquisição e formação de hábitos em prol da 
assimilação, construção e reconstrução de experiências. Os 
mecanismos de orientação, didática e terapêutica também fazem 
parte de um enfoque entre os métodos de transmissão e veiculação 
de conhecimentos.
Segundo a OMS a educação em saúde é entendida como sendo 
uma combinação de ações e experiências de aprendizado 
planejado, com o intuito de habilitar as pessoas a obterem controle 
sobre fatores determinantes e comportamentos de saúde.
Na busca da saúde de forma integral, a educação tem tido um 
significado muito importante por colaborar na orientação de ações 
práticas, trazendo com isso resultados e melhorias na qualidade de 
vida e no fortalecimento do sujeito como um todo.
Toda e qualquer prática educativa deve possibilitar ao indivíduo o 
ato de conhecer ou reconhecer a aquisição de suas habilidades, a 
favor da tomada de decisões na busca por um melhor 
aperfeiçoamento. É perante este entendimento que a saúde e a 
educação em saúde devem orientar suas práticas, tendo um papel 
defensor e facilitador para com o grupo de atuação, os

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.