A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
20 pág.
APOSTILA 1001 Questões Direito Eleitoral - CAPÍTULO 02

Pré-visualização | Página 1 de 9

1001 Questões Comentadas 
Direito Eleitoral
youtube.com/FabianoPereira
facebook.com/FabianoPereira
www.professorfabianopereira.com.br
*Fabiano Pereira é Analista Judiciário do Tribunal Regional Eleitoral de 
São Paulo, atualmente removido para o Tribunal Regional Eleitoral de 
Minas Gerais. Professor de Direito Administrativo e Direito Eleitoral nos 
principais cursos preparatórios do país. Autor de vários livros de Direito 
Administrativo e Direito Eleitoral. Coach com formação pela Sociedade 
Brasileira de Coaching. 
Fabiano Pereira
*
CAPÍTULO 02
APRESENTAÇÃO
 Ser aprovado em um concurso público não é tarefa fácil, principalmente quando 
realizado pelos órgãos da Justiça Eleitoral (Tribunal Superior Eleitoral ou Tribunais 
Regionais Eleitorais). Em virtude da boa remuneração e das excelentes condições de 
trabalho, esse ramo do Poder Judiciário da União tem atraído um número cada vez 
maior de candidatos, principalmente no período atual, em que a crise financeira limitou 
sobremaneira os concursos no âmbito do Poder Executivo Federal.
Para garantir a sua aprovação nos concurso para os cargos de Técnico ou Analista 
Judiciário, é essencial que você domine todo o conteúdo de Direito Eleitoral, disciplina 
que possui o maior peso na prova. 
A primeira grande dica para aumentar a sua produtividade é resolver o maior 
número possível de questões elaboradas pela respectiva banca examinadora. A 
segunda, ter certeza de que você assimilou todo o conteúdo abordado pelas questões.
 Essas dicas são extremamente valiosas, principalmente quando a Fundação 
Carlos Chagas é a empresa responsável pela organização do concurso público. Digo 
isso porque a banca tem o hábito de exigir em suas provas questões muito semelhantes, 
ou, por incrível que pareça, questões idênticas àquelas aplicadas em concursos 
anteriores.
 Desse modo, a técnica mais eficiente para aumentar o seu índice de acerto nas 
provas de Direito Eleitoral é fazer e refazer as questões aplicadas em provas anteriores, 
conferindo, sempre que necessário, os comentários apresentados neste livro.
 Lembre-se de que esse material possui 1001 questões de Direito Eleitoral 
comentadas, todas atualizadas em conformidade com as últimas reformas eleitorais, 
inclusive a promovida pela Lei 13.165/15. Assim, leia e releia o conteúdo deste livro 
várias vezes, pois é muito grande a probabilidade de você encontrar as mesmas 
questões nos concursos futuros.
 Este é o CAPÍTULO 2, que versa sobre o alistamento eleitoral e demais 
peculiaridades contidas na Resolução TSE nº 21.538/03.
 Conte comigo nessa bela jornada rumo à aprovação!
 Fabiano Pereira
 Ah, e para conhecer os nossos diversos cursos de Direito Eleitoral e Direito 
Administrativo, basta acessar o site www.professorfabianopereira.com.br 
A
P
R
E
S
E
N
T
A
Ç
Ã
O
ÍN
D
IC
E
1001 Questões Comentadas 
Direito Eleitoral
1. Composição, organização e competência dos órgãos 
 da Justiça Eleitoral. Ministério Público Eleitoral ..................................................................................................................... 05
2. Alistamento e domicílio eleitoral. Resolução TSE nº 21.538/2003 
 e demais dispositivos legais aplicáveis ao alistamento .....................................................................................................
3. Direitos Políticos constitucionais. Condições de elegibilidade 
 e inelegibilidade. Artigos 14 a 16 da Constituição Federal .............................................................................................
4. Partidos Políticos (Lei nº 9.096/1995): Organização e 
 funcionamento. Finanças e Contabilidade ............................................................................................................................. 
5. Propaganda Política: Propaganda eleitoral e partidária ................................................................................................... 
6. Prestação de contas nas campanhas eleitorais ....................................................................................................................
7. Prazos de desincompatibilização. Lei Complementar nº 64/1990 ...............................................................................
8. Lei das Eleições (Lei nº 9.504/1997): Disposições gerais. 
 Convenções partidárias e escolha de candidatos. Registro 
 de candidaturas. Condutas vedadas aos Agentes Públicos ............................................................................................ 
9. Das Eleições: Sistemas Eleitorais. Fiscalização. Seções Eleitorais. 
 Mesas Receptoras. Garantias Eleitorais. Apuração. Nulidade das Eleições. 
 Do sistema eletrônico de votação e da totalização dos votos. Lei nº 6.091/1974. Polícia Eleitoral ................ 
10. Diplomação ........................................................................................................................................................................................
11. Ações Eleitorais .................................................................................................................................................................................
 
12. Processo Judicial Eleitoral: Regras Gerais. 
 Crimes Eleitorais e o respectivo processo penal. Recursos Eleitorais ..........................................................................
13. Organização e provimento básico dos cargos eletivos 
 no Poder Executivo e no Poder Legislativo ............................................................................................................................
1001 Questões Comentadas - DIREITO ELEITORAL
www.professorfabianopereira.com.br 01
88. (FCC/TJAA – TRE RN/2011) O procedimento de 
revisão do eleitorado tem por finalidade a verificação 
de fraudes no alistamento de uma zona eleitoral ou 
município, resultando, quando provada a fraude em 
proporção comprometedora, no cancelamento de 
ofício das inscrições eleitorais irregulares. 
89. (FCC/TJAA TRE-AC/2010) Para concorrer às 
eleições o candidato deverá possuir domicílio eleitoral 
na respectiva circunscrição pelo prazo de, pelo menos, 
seis meses antes do pleito. 
90. (FCC/AJAA TRE-AM/2010) Deixar o eleitor de 
votar em três eleições consecutivas não é causa de 
cancelamento da inscrição. 
91. (FCC/AJAJ – TRE TO/2011) De acordo com a 
Resolução do TSE nº 21.538/2003, no título de eleitor, 
os dois últimos algarismos correspondem à unidade da 
federação de origem da inscrição. 
92. (FCC/AJAA TRE-PI/2009) O cancelamento e a 
exclusão de eleitores dependerão de requerimento de 
delegado de partido, não podendo ser promovidos ex 
officio. 
93. (FCC/TJAA TRE-MS/2007) Em relação ao 
processo de alistamento eleitoral, é correto afirmar que 
a apresentação de certificado de quitação do serviço 
militar é obrigatória para maiores de 18 anos, do sexo 
masculino. 
94. (FCC/AJAJ TRE AC/2011) A respeito do 
cancelamento e da exclusão de eleitores, pode-se 
afirmar que a decisão do juiz eleitoral é irrecorrível. 
95. (FCC/TJAA TRE-AC/2010) São eleitores 
regularmente inscritos: João, que é analfabeto; José, 
que está com os seus direitos políticos suspensos; 
Pedro, que perdeu seus direitos políticos; e Paulo, que 
deixou de votar nos últimos dois pleitos eleitorais 
consecutivos. Tendo conhecimento de tais fatos, o Juiz 
Eleitoral deverá mandar processar a exclusão para fins 
de cancelamento da inscrição somente de José e Pedro. 
96. (FCC/AJEM TRF 4ª Região/2007) Não podem 
alistar-se como eleitores os estrangeiros e, durante o 
período do serviço militar obrigatório, os conscritos. 
97. (FCC/TJAA TRE-AL/2010) O alistamento eleitoral 
e