A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
Modelo Biopsicossocial

Pré-visualização | Página 1 de 1

Anos 70 
Idade contemporânea
MODELO
BIOPSICOSOCIAL
Modelo Biopsicosocial
-Necessidade de reintegração da dimensão psicossocial às práticas de saúde.
- Contraposição ao modelo biomédico, com a contribuição de diversas áreas do
conhecimento.
- Atenção tanto para o desempenho clínica quanto para as habilidades de comunicação, com
destaque para a humanização no atendimento dentro do modelo de atenção à saúde.
-Necessidade de ver a medicina como prática social e reconhecer as determinantes da
saúde. 
Características:
MODELO
BIOPSICOSSOCIAL
-Necessidade de cuidar das pessoas e não
"curar doentes".
-Investimento na Estratégia de Saúde da
Família.
-Incorporação de novos significados à
figura 
do sujeito e a intersubjetividade nas ações
preventivas e curativas.
-Retomada da articulação da saúde- ho
mem-comunidade, buscando entender a 
complexidade do mundo social.
É tida pelo Ministério da Saúde e gestores estaduais e
municipais como estratégia de expansão, qualificação e
consolidação da atenção básica.
 
Favorece uma reorientação do processo de trabalho com
maior potencial de aprofundar os princípios, diretrizes e
fundamentos da atenção básica, de ampliar a
resolutividade e impacto na situação de saúde das pessoas e
coletividades. 
Visa à reorganização da atenção básica no País, 
de acordo com os preceitos do SUS.
E
S
T
R
A
T
É
G
IA
 D
E
 S
A
Ú
D
E
 D
A
F
A
M
ÍL
IA
Propiciar uma importante relação custo-efetividade.
MODELO
BIOPSICOSSOCIAL
- Saúde como processo contínuo-
resgate da herança cultural de
muitas tradições espirituais e
baseada na concepção sistêmica da
vida.
-Busca do equilíbrio dinâmico,
reconhecendo as forças curativas
inerentes a todo o organismo.
-Conjunto de sistemas formando
uma Estrutura de rede organizada.
-Retorna o Estado de equilíbrio:
homem-homem, homem-natureza, 
homem-espiritual.
MODELO BIOPSICOSSOCIAL NA CULTURA POP
No filme Patch Adams, os atendimentos são sempre voltados para as particularidades de
cada paciente. O médico prática a escuta e integra os pacientes na formação de seu
tratamento adequado.
A OMS em 1948 define a saúde como
 um estado completo de bem-estar
físico, mental e social e não apenas 
a ausência
 de doença ou enfermidade.
Este conceito, divulgado na carta dos princípios de 7 de Abril
 de 1948 (desde então o Dia Mundial da Saúde), 
implica o reconhecimento
 do direito à saúde e da obrigação do Estado 
na promoção e proteção da saúde.
Conceito de Saúde:
Constituição Federal de 1988:
Artigo 196: " A saúde é direito de
todos e dever do Estado, garantido
mediante políticas sociais e
econômicas que visem à redução
do risco de doença e de outros
agravos e ao acesso universal e
igualitário às ações e serviços para
a promoção, proteção e
recuperação".
Este é o princípio que norteia o
Sistema Único de Saúde(SUS).
CONDIÇÕES E
RECURSOS
FUNDAMENTAIS
PARA A SAÚDE
PAZ- HABITAÇÃO-
EDUCAÇÃO
ALIMENTAÇÃO- RENDA-
ECOSSISTEMA ESTÁVEL.
RECURSOS SUSTENTÁVEIS-
JUSTIÇA SOCIAL- EQUIDADE