A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
Estudo Dirigido- Glândulas Anexas (Tubo Digestivo)

Pré-visualização | Página 1 de 2

Estudo Dirigido
Órgãos anexos do Trato Digestivo
Aluna: Michelle de Souza Ferreira
A- Glândulas salivares
1) Quais os órgãos anexos do trato digestivo?
R :Glândulas salivares, pâncreas , fígado e vesícula biliar.
2) Quais são as glândulas salivares?
R: As glândulas salivares maiores consistem em glândulas parótidas,submandiculares e sublinguais emparelhadas. As glândulas salivares menores estão localizadas na submucosa de diferentes partes da cavidade oral, elas incluem as glândulas linguais, labiais,bucais,molares e palatinas.
3) No que consiste o parênquima de um glândula salivar?
R: As glândulas salivares maiores são circundadas por uma cápsula de tecido conjuntivo moderadamente denso,onde a partir deste, septos dividem as porções secretoras da glândula em lobos e lóbulos. Os septos possuem os maiores vasos sanguíneos e ductos excretores. Tal tecido conjuntivo associado aos grupos de ácinos secretores fundem-se com o tecido conjuntivo frouxo circundante . A unidade secretora básica das glândulas salivares, o salivon, consiste no ácino, no ducto intercalar e no ducto excretor, sendo que no ácino possui presença de células serosas, mucosas ou ambas.
4) Diferencie as células serosas das células mucosas.
R: As células serosas são células secretoras de proteínas , que armazenam sua secreções nos grânulos de zimogênio,que localizam-se no citoplasma apical. Elas possuem um formato piramidal com uma superfície basal larga defrontando-se com a lâmina basal e uma pequena superfície apical em contato com a luz do ácino. Já as células mucosas são células secretoras de mucinas,sendo que esta sofrem alterações cíclicas. Durante parte do ciclo, o muco é sintetizado e armazenado dentro da célula através dos grânulos de mucinogênio.Após descarregado,ocorre a ressintetização. Quando já houve descarga da maior parte ou de todos os grânulos, a célula assemelha-se com uma serosa inativa. Entretanto, dá para diferenciar uma vez que a majoritariamente os grânulos localizam-se no citoplasma apical,e como o mucinogênio é perdido nos cortes incluídos em parafina e corados com H-E , a porção apical geralmente aparece vazia. Em preparação por congelamento rápido, as células são arredondadas ,núcleos redondos e na região central.
5) Que arranjo característico ocorre entre as células mucosas e serosas nas glândulas submandibulares e sublinguais?
R: As glândulas submandiculares são glândulas mistas grandes, possuindo alguns ácinos mucosos cobertos por meia luas serosas,geralmente encontrados entre os ácinos serosos predominantes. Já as glândulas sublinguais são as menores glândulas salivares, também são mistas,entretanto predominantemente secretam muco. Alguns desses ácinos mucosos exibem meia luas serosas, porém ácidos puramente serosos raramente são presentes.
6) O que são as células mioepiteliais, onde são encontradas e qual é a sua função?
R: Células mioepiteliais são células contráteis que abraçam a fase basal das células secretoras acinosas. Elas são instrumentos na mobilização dos produtos secretores na direção do ducto excretor.
7) Quais são os ductos existentes nas glândulas salivares?
R: Ducto intercalar, ducto estriado e ductos excretores.
8) Por que os ductos estriados recebem esse nome?
R: Pois apresentam estriações ,ou seja, invaginações da membrana plasmática basal das células colunares que formam o ducto.
9) Que tipo de células constituem a porção secretora da glândula parótida e que proteínas são adicionadas à secreção dessa glândula?
R: As unidades secretoras na parótida são serosas e circundam numerosos ductos intercalares longos e estreitos. Os ductos estriados são grandes e evidente. Sua porção secretora é puramente serosa,contendo grânulos de secreção ricos em proteínas e elevada atividade de amilase.
10) Que tipo de células constituem a porção secretora da glândula submandibular e que proteínas são adicionadas à secreção dessa glândula?
R: Sua porção secretora contém tanto células serosas quanto células mucosas. As serosas são responsáveis por uma fraca atividade de amilase, as células que constituem as semi luas secretam a enzima lisozima,cujo paple principal é hidrolizar as paredes de certas bactérias. As acinosas e células dos ductos intercalares em glândulas salivares maiores também secretam lactoferrina.
11) Que tipo de célula predomina na glândula sublingual?
R: As células mucosas.
12) Onde são encontradas as glândulas salivares menores e de que tipo elas normalmente são?
R: Estão distribuídas em toda mucosa oral e submucosa. Normalmente são células mucosas, exceto as glânulas serosas na parte posterior da língua.
B- Pâncreas
1) Com relação ao tipo de secreção, como pode ser classificado o pâncreas?
R: O pâncreas é uma glândula mista exócrina e endócrina, que produz enzimas digestivas e hormônios. A porção exócrina do pâncreas é uma glândula acinosa composta.
2) Onde são produzidos os hormônios do pâncreas?
R: Nos grupamentos de células epiteliais endócrinas, as ilhotas pancreáticas chamadas e ilhotas de Langerhans.
3) Compare a porção exócrina do pâncreas à glândula parótida.
R: As unidades secretoras são acinosas compostas assim como a glândula parótida,entretanto,divergem em alguns aspectos. No pâncreas não há ductos estriados , e possuem as ilhotas pancreáticas.
4) Quais são produtos de secreção do pâncreas exócrino?
R: O componente exócrino sintetiza e secreta enzimas no duodeno que são essenciais para a digestão no intestino. Entre elas, são as endopeptidases proteolíticas ( tripsinogênio, quimiotripsinogênio) e as exopeptidases proteolíticas ( pró carboxipeptidase, pró aminopeptidase). As enzimas amilolíticas ( α amilase ) , lípases e enzimas nucleotídicas.
5) De que forma é controlada a secreção do pâncreas exócrino?
R: É controlada tanto pela ação de hormônios ( secretina e adcistoquinina) quanto pelo sistema nervoso parassimpático, cujo estímulo também aumenta a secreção do pâncreas. 
C- Fígado
1) Qual a relação existente entre o fígado e os nutrientes absorvidos no intestino?
R: Todos os nutrientes que o intestino absorve, chegam ao fígado pela veia porta hepática. Exceto os lipídeos mais complexos, cujo papel de transportá-los é realizada pela artéria hepática.
2) O que é um lóbulo hepático e de maneira ele é constituído?
R: Os lóbulos hepáticos consistem em placas anastomosantes de hepatócitos , formando estruturas poliédricas.
3) O que são os espaços porta e qual o conteúdo deles?
R: Localizam-se nos cantos dos lóbulos, sendo regiões do tecido conjuntivo ,apresentando em seu conteúdo, ductos biliares, vasos linfáticos, nervos e vasos sanguíneos.
4) De que maneira os hepatócitos estão dispostos no lóbulo hepático e qual sua relação com os capilares sinusóides?
R: Eles formam placas celulares, e no espaço entre estas, contêm capilares, os sinusóides capilares.
5) O que separa as células endoteliais dos sinusóides dos hepatócitos? Como ocorre a troca de macromoléculas entre eles?
R: As células endoteliais dos sinusóides são separadas através de uma lâmina basal descontínua e por um espaço perissinusoidal ( espaço de Disse) , possuindo microvilos dos hepatócitos. Pela parede endotelial, fluidos provenientes do sangue percorrem rapidamente, ficando muito próximo com os hepatócitos,sendo assim, ocorre uma troca fácil entre eles.
6) Além das células endoteliais, que outras células são encontradas nos sinusóides hepáticos e qual é sua função?
R: Células de Kupffer, que são derivadas dos monócitos,cujas funções incluem degradar final d algumas hemácias danificadas ou senis que alcançam o fígado proveniente do baço,destruir bactérias,secreção de proteínas relacionadas ao processos imunológicos.
7) O que são as células de Ito e quais são as suas funções?
R: As células estreladas hepáticas ou também chamadas de células de Ito, encontram-se no espaço perissinusoidal, armazenam vitamina A entretanto em condições patológicas, se diferenciam em miofibroblastos e sintetizam colágeno. 
8) Qual a fonte de suprimento sanguíneo do fígado?
R: