A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
AV2_Análise de Investimento

Pré-visualização | Página 1 de 2

Associação Carioca de Ensino Superior 
Centro Universitário Carioca 
AVALIAÇÃO: AV1( ) AV2( x ) AV3( ) 
DISCIPLINA: Analise de Investimentos 
NOME: MATRÍCULA: 
UNIDADE: RC TURMA: 132 
NOTA: RUBRICA DO PROFESSOR: José Otavio 
INSTRUÇÕES 
1.Preencha o cabeçalho acima de forma legível. 
 
2 - Esta prova deverá ser desenvolvida e respondida, obrigatoriamente, a caneta azul ou preta, sob pena de não ser atribuída, ao 
estudante, a possibilidade de revisão e não serão consideradas respostas rasuradas. 
 
3 - Esta prova é individual e sem consulta. 
 
4 - As dúvidas sobre a prova deverão ser sanadas antes do seu início. 
 
5 - A prova é composta por questões objetivas e/ou discursivas, cujos valores são divulgados na folha de questões. 
 
6 - A duração da prova corresponderá até um tempo da aula, conforme determinado pelo docente. 
 
7 - Comece a responder às questões, somente ao ser dada a ordem para iniciar. Ao ser anunciado o término da prova, não escreva 
mais nada e entregue ao docente. 
 
8 - Em princípio, a prova não poderá ser interrompida e nenhum estudante poderá sair da sala durante a sua realização. Em caso de 
necessidade urgente de saída de um estudante que não concluiu a prova, por motivo de saúde ou de serviço, desde que 
autorizado pelo professor, a nota da prova corresponderá ao que foi realizado pelo aluno até o momento da saída da 
sala. 
 
9 - Durante a prova é proibido ter em seu poder qualquer tipo de material particular (celular, tablet, livros, papéis, bolsas, 
equipamentos eletrônicos e outros) que não estiver autorizado previamente p elo docente. O equipamento deverá ser 
desligado e guardado. Somente será permitido que na mesa/cadeira fique caneta, lápis e borracha. 
 
10 - O estudante que for surpreendido dando ou recebendo qualquer auxílio para execução da prova ou servindo -se de equipamentos 
eletrônicos, livros, apostilas, dicionários, notas ou qualquer outro material não autorizado, que tenha conservado 
incorretamente em seu poder terá grau 0 (zero) atribuído a sua prova, independente das sanções disciplinares que lhe 
vierem a ser impostas. Se necessário, será convidado a se retirar do local da prova. 
11 - Ao cometer qualquer ato de indisciplina, o estudante será advertido. Se reincidir, será convidado a se retirar do local da pr ova. 
 
 
12 - É obrigatória a assinatura do estudante na pauta de prova, sob pena de não ter corrigida sua prova, bem como a possibilidade de 
vista e revisão de prova. 
 
13 - Aluno que não está na pauta da turma não está autorizado a realizar a prova. 
 
14 - Na aplicação da prova, o aluno deverá permanecer na sala por, no mínimo, 30 minutos. Somente depois de decorridos trinta 
minutos de prova, o aluno será autorizado a entregar a prova e se retirar da sala. 
 
15 - Após a saída do primeiro aluno da sala de prova, não está autorizado o ingresso de aluno atrasado, na sala, para realização da 
prova. 
 
16 - A revisão de nota somente poderá ser solicitada pelo aluno em até 7 (sete) dias úteis, após a data de publicação das notas de 
cada avaliação. 
http://www.unicarioca.br/index.php
QUESTÕES vale 2,0 
 
Desenvolva os cálculos. 
 
1) O método mais comum de determinação do capital próprio é o CAPM (Capital Asset Pricing Model). 
Esse modelo foi desenvolvido para explicar o comportamento dos preços de títulos e fornecer um 
mecanismo que possibilita aos investidores avaliar o impacto do investimento proposto num titulo 
sobre o risco e o retorno da carteira como um todo. Em linhas gerais, o CAPM, ou coeficiente de custo 
do capital próprio, resulta da soma da taxa de retorno dos títulos sem risco e da taxa de risco 
sistemático da empresa (beta), multiplicada pela taxa de prêmio relativa ao risco de mercado. O β (beta) 
representa o risco da empresa. Assim A empresa “Alegria nos Estudos Ltda” obteve lucro operacional no 
último ano e deseja investir esse lucro em um novo negócio. Desenvolva os cálculos para a taxa mínima 
de retorno exigida pelo investidor, considerando a fórmula do CAPM. para : 
β = 1,80. 
Taxa Livre de Risco: Rƒ (Remuneração de um ativo livre de risco) = 15% 
Retorno esperado pelo investimento (Rm) = 20% 
Ks = Rf + β x (Rm – Rf) 
Ks = 0,15 + 1,80 x (0,20 – 0,15) = 0,24 x 100 = 24% 
 
 
2) O Sr Marcus aplicou no mercado de risco, comprando ano passado 500 ações da TBA por R$37,00 por ação. 
Recebeu um dividendo total de R$1500,00 durante o ano. Atualmente a ação está cotada a R$40,00. 
Considerando ainda que o Sr Marcos tem R$8.000 para investir na operação, podemos encontrar resultados dos 
investimentos para: 
I) a taxa dividendo;. 3,00 / 37,00 = 0,08108 x 100 = 8,11% 
II) o ganho total; e 40 x 500 + 1500 = 21.500,00 – 18.500,00 (investimento inicial) = 3.000,00 
III) o investimento der R$8.000, quanto ganharia de valor líquido. = 1.297,60 
Ganho de Capital = (40,00 – 37,00) / 37 = 0,8108 x 100 = 8,11% 
 = 8,11% + 8,11% = 16,22% ==> 8.000 x 1,1622 = 9.297,60 – 8.000,00 = 1.297,60 
 
 
 
 7) 3)Um investidor tem 4 fluxos de caixas com investimentos inicial na data zero. Desenvolva os cálculos 
co e comente quais projetos são mais rentáveis e não rentáveis nos fluxos apresentados abaixo. Para 
responder 
 é é necessário VPL e TIR. Considere a taxa de mercado de 25% ao ano. 
Pr Propostas 
 Investimentos (R$) Fluxos 
A -390.000 210.000 180.000 120.000 100.000 
 B -580.000 90.000 130.000 470.000 710.000 
 C -260.000 40.000 40.000 200.000 200.000 
 D -850.000 520.000 410.000 390.000 390.000 
Resposta: conforme a planilha abaixo, os projetos mais rentáveis são o Projeto B (com TIR de 32,08% 
e o Projeto D (com TIR de 37,84%) e também considerando que as taxas são maiores que a taxa de mercado, 
e os menos rentáveis são o Projeto A (com a TIR 24,27%) e o Projeto C (com a TIR 22,01) , considerando que 
a TIR foi menor que a taxa de mercado. 
 
 
25% 0 1 2 3 4 VPL TIR 
Projeto A - 390.000,00 
 
210.000,00 
 
180.000,00 
 
120.000,00 
 
100.000,00 -4.400,00 24,27% 
Projeto B - 580.000,00 
 
90.000,00 
 
130.000,00 
 
470.000,00 
 
710.000,00 
 
106,656,00 32,08% 
Projeto C - 260.000,00 
 
40.000,00 
 
40.000,00 
 
200.000,00 
 
200.000,00 
 -
18,080,00 22,01% 
Projeto D - 850.000,00 
 
520.000,00 
 
410.000,00 
 
390.000,00 
 
390.000,00 
 
187.824,00 37,84% 
 
 
4) Uma composição ideal entre capital de terceiros e capital próprio é aquela que leva a empresa ao menor 
 custo médio ponderado de capital , a qual pode ser tratada como estrutura ótima de capital. Para isto, a 
empresa deve planejar uma estrutura de capital que deseja atingir, cujas fontes são valorizadas a preços de 
mercado. A tabela 1 apresenta as fontes de capital de um projeto de uma fabrica, com respectivas 
participações e custos. 
TABELA 1 - Fontes de capital - R$ 
Fontes de capital Valores Participações (%) Custo (%) CMPC (%) 
Passivo circulante 
 Debêntures 100.000 13,33 14,06 1,87 
 Empréstimos 200.000 26,67 14,61 3,90 
Patrimônio Líquido 
 Ações ordinárias 300.000 40,00 18,50 7,40 
 Ações preferencias 150.000 20,00 16,50 3,30 
Total 750.000 100% 16,47 
Com base na tabela elabore os cálculos e aponte o custo médio ponderado de capital. 
Custo Médio Ponderado: 16,47% 
Compare com as taxas de retorno de 13%, 15% e 18%, aponte qual seria taxa que tornaria o projeto 
viável. 
Com base nos cálculos acima, somente é aceitável a Taxa de Retorno de 18%, pois é maior que o custo de 
capital. 
Para as outras taxas que deveria ser observado: viável ou