A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
MODELO EMBARGOS DE DECLARAÇÃO CÍVEL

Pré-visualização | Página 1 de 1

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA __ª VARA 
CÍVEL DA COMARCA DE ___. 
 
 
 
Autos nº: xxxxxx 
 
ANDRÉ, devidamente qualificado nos autos em epígrafe da AÇÃO DE 
INDENIZAÇÃO POR DANOS MORAIS, que move em face de MARISA, por 
intermédio de seu procurador infra-assinado, vem, perante Vossa Excelência, com fulcro 
no artigo 1.022, II do Código de Processo Civil, opor os presentes EMBARGOS DE 
DECLARAÇÃO, à respeitável sentença proferida às fls. 100/110, consubstanciados nas 
razões a seguir aduzidas: 
 
DA TEMPESTIVIDADE 
O presente embargo encontra-se tempestivo, haja vista que, respeitou o prazo fatal de 
oposição de 5 (dias) úteis. Findando na data de __/__/__. 
 
DA SÍNTESE PROCESSUAL E DA DECISÃO EMBARGADA 
O embargante promoveu AÇÃO DE INDENIZAÇÃO POR DANOS MORAIS, cujo 
objeto foi obter da parte embargada a quantia de R$ 10.000,00 (dez mil reais), com juros, 
correção monetária, além das verbas da sucumbência. 
Em que pese a procedência da ação, entende o Embargante, permissa vênia, que a 
sentença prolatada deixou de analisar alguns pontos importantes do pedido constantes na 
peça inicial, conforme consta na sentença ora embargada: 
“Ante o exposto, julgo procedente o pedido para condenar a ré Marisa a indenizar o 
autor André, em virtude do dano moral sofrido, em valor que arbitro em R$ 10.000,00. 
Publique-se e Intime-se. Ao arquivo, com o trânsito em julgado”. 
Verifica-se que na decisão ora embargada houve omissão deste Juízo quanto a incidência 
de correção monetária e juros monetários, e em nada se manifestou sobre o arbitramento 
dos honorários de sucumbência. 
Deste modo, não restou alternativa a embargante se não, a oposição dos presentes 
embargos de declaração. 
 
DA OMISSÃO 
Conforme visto, a sentença foi omissa em relação os juros moratórios e a correção 
monetária incidentes sobre o valor da causa. Ocorre que, há entendimento sedimentado 
nos tribunais a respeito do tema, que garante o acolhimento dos presentes embargos: 
EMBARGOS DE DECLARAÇÃO – JUROS DE MORA E 
CORREÇÃO MONETÁRIA – PARTE DISPOSITIVA – 
OMISSÃO – EMBARGOS ACOLHIDOS, COM EFEITOS 
INFRINGENTES. Promove-se o acolhimento dos embargos, 
ainda que em parte, se constatada omissão, obscuridade ou 
contradição, para que seja devidamente sanado o vício apontado. 
(TJ – MG – ED: 10024132515198002 MG, Relator: Peixoto 
Henriques, Data de Julgamento: 06/11/2018, Data de Publicação: 
13/11/2018). 
 
Data vênia Excelência, imprescindível ressaltar o fato de que, a r. sentença em nada se 
manifestou sobre o arbitramento dos honorários de sucumbência. 
Conforme preconiza o artigo 85, do Código de Processo Civil, o advogado do vencedor 
tem direito de receber do vencido os devidos honorários sucumbenciais: 
Art. 85. A sentença condenará o vencido a pagar honorários ao advogado do vencedor. 
Assim, se os honorários possuem a função de remunerar serviços, nada mais justo e 
adequado do que condenar a parte vencida ao devido pagamento. Ademais, a pretensão 
do Embargante possui amparo na jurisprudência pátria, conforme o procedente abaixo 
colacionado: 
EMBARGOS DE DECLARAÇÃO EM APELAÇÃO CÍVEL. 
OMISSÃO. HONORÁRIOS DE SUCUMBÊNCIA. 
Verificada a omissão quanto à condenação dos honorários de 
sucumbência, devem-se acolher os embargos para 
complementar o acórdão. Tendo o acórdão julgado improcedente 
os embargos à execução, o caso é de inversão da sucumbência. 
Assim, percebendo que não ficou consignada a condenação dos 
honorários de sucumbência, impõe-se arbitrá-los no patamar de 
5% (cinco) sobre o valor da causa. EMBARGOS DE 
DECLARAÇÃO ACOLHIDOS. 
(TJ-RJ – APL: 01454342720148190001, Relator: Des(a). LUIZ 
HENRIQUE OLIVEIRA MARQUES, Data de Julgamento: 
02/03/2020, DÉCIMA PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL). 
 
Desta forma, resta nítida a omissão da r. Sentença embargada, cujos pontos são de sumo 
relevância para o ora Embargante, de forma a lhe causar prejuízos. 
 
PEDIDOS 
Ante o exposto, requer que sejam conhecidos e providos os presentes Embargos de 
Declaração, a fim de: 
I- Verificando-se a omissão consistente das matérias acima mencionadas, impõe-se que seja 
a mesma declarada por Vossa Excelência, para fim de pronunciar-se sobre a correção 
monetária e incidência de juros moratórios sobre o valor da indenização, bem como; 
 
II- Sanar a omissão apontada na sentença embargada para fixar os honorários de 
sucumbência devidos pelo Embargado 
 
Requer ainda, que a embargada seja intimada para no prazo de 5 (cinco) dias úteis, para 
que possa oferecer contrarrazões se assim desejar, nos termos do artigo 1023, §2º do CPC. 
 
 
Nestes Termos, 
Pede Deferimento 
 
 
Local, Data 
 
 
ADVOGADO 
 OAB-Nº