A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
216 pág.
Abelhas nativas sem ferrão - Jerônimo Vilas-Boas

Pré-visualização | Página 1 de 36

M
an
ua
l T
ec
no
ló
gi
co
3
Jerônimo Villas-Bôas
2ª Edição
Abelhas
Nativas Sem Ferrão
Aproveitamento Integral dos 
Produtos das
Manual de aproveitamento 
integral dos produtos das 
abelhas nativas sem ferrão
Jerônimo Villas-Bôas
2ª Edição 
Autor:
Jerônimo Villas-Bôas
Comissão Editorial:
Fábio Vaz e Rodrigo Noleto
Revisão Técnica:
Rodrigo A. Noleto e Renato Araujo
Fotografia:
Jerônimo Villas-Bôas. Colaboraram com fotografias: Carlos Alfredo Lopes de Carvalho (pgs. 131 e 132), 
Cristiano Menezes (pgs. 20, 21, 22 e 65), Fernando Oliveira (pg. 78), Giorgio Venturieri (pg. 120), Luiza 
Guasti (pg. 23), Sérgio Coimbra (pg. 16).
Agradecimentos: Carlos Alfredo Lopes de Carvalho, Celso Feitosa Martins, Cristiano Menezes, Denise 
Alves, Fernando Oliveira, Giorgio Venturieri, Instituto Atá, Instituto Peabiru, Instituto Socioambiental, 
Luiza Guasti, Maria Isabel Berto, Marina Kahn, Mayta Leal, Murilo Drummond, Neide Rigo, Rick Duarte, 
Slow Food Brasil, Slow Food México, Tiago Barros dos Santos, Sandra Kitawa Lima, Sergio Coimbra, 
Wilma Spinosa.
Projeto gráfico: Masanori Ohashy [Idade da Pedra Produções Gráficas Ltda]
Diagramação: Lena Guarda [Idade da Pedra Produções Gráficas Ltda]
Equipe ISPN
Adriana Giovana Silva, Antônio Pedro da Silva Neto, Aurilene de Araújo, Carlos Eduardo Rodrigues, 
Carolina Gomes, Donald Sawyer, Erinaldo da Silva, Fabiana de Castro, Fabio Vaz Ribeiro de Almeida, 
Félix Ferraz, Fernando Penna Sebastião, Francisca Miliano, Francisco Cândido, Francisco do Nascimento 
Silva Júnior, Guilherme Eidt, Hélio Henrique Santos Filho, Isabel Figueiredo, Isabella Braga, João Guil-
herme Nunes Cruz, José Marques Neto, José Sousa de Andrade, Juliana Napolitano, Lanna Sousa, 
Liliane de Souza, Lirian Monteiro, Luciano Fernando da Silva, Luis Alberto Ferreira, Márcia Braga, Maria 
Arméle Dornelas, Maria Geane Pimentel da Silva, Maria Suely Cardoso, Paulo Rogério Borges, Polyanna 
Campelo, Renato Araujo, Rodrigo Noleto, Ruthiane Pereira, Silvana Bastos, Silvia Teixeira da Silva, Wer-
lon Fontes.
Esta publicação é uma realização do Instituto Sociedade, População e Natureza - ISPN com apoio fi-
nanceiro do Fundo Amazônia. Este documento é de responsabilidade dos seus autores e não reflete a 
posição dos doadores.
Villas-Bôas, Jerônimo 
Manual Tecnológico de Aproveitamento Integral dos Produtos das Abelhas Nativas Sem Ferrão. Brasília 
– DF. Instituto Sociedade, População e Natureza (ISPN). 2a edição. Brasil, 2018.
212 p.; il. - (Série Manual Tecnológico)
ISBN: 978-85-63288-08-0 
1.Mel 2. Abelhas sem ferrão. 3. Meliponicultura 4. Tecnologia Social. 5. Cadeia Produtiva.
Sumário
5 Apresentação
7 Prefácio
13 O universo das abelhas e das colônias
13 Uma visão mais ampla
14 O uso sustentável
17 Classificação e distribuição
19 Biologia
39 Criação de abelhas nativas sem 
ferrão
39 As perspectivas da meliponicultura
48 Regularização de meliponários
53 A escolha das espécies
56 Aquisição de colônias
65 Modelos de colmeias
75 Meliponários
78 Captura ou transferência de colônias
81 Divisão de colônias
90 Monitoramento de colônias
103 Inimigos naturais
108 Processamento integral dos produtos 
das abelhas nativas sem ferrão
109 Legislação aplicada
110 Os estabelecimentos de coleta e beneficiamento
115 Considerações sobre boas práticas de 
manipulação
 
118 Coleta e beneficiamento de mel
144 Coleta e beneficiamento de pólen
149 Coleta e beneficiamento de cerume
156 Coleta e beneficiamento de própolis
160 Envase e rotulagem
165 Uma proposta de entreposto para 
beneficiamento dos produtos das 
abelhas nativas sem ferrão
167 Área de recepção da matéria-prima
168 Sala de extração
171 Armazenamento de matéria-prima
171 Área de processamento
174 Área de higienização e depósito de envases e 
utensílios
174 Área de depósito de embalagens
175 Estoque e expedição
175 Banheiro e vestiário
178 Alguns equipamentos e utensílios para o 
processamento dos produtos das abelhas sem 
ferrão
193 Anexo 1
196 Anexo 2
203 Referências Bibliográficas
209 Glossário
 
Apresentação 
Donald Sawyer, Rodrigo Noleto e Luis Carrazza
A primeira edição desse manual, lançada em 2012, foi elaborada com a cola-
boração de Jerônimo Villas-Bôas e sistematizou as formas de manejo, produção e 
comercialização de produtos das abelhas nativas realizadas pelas famílias de co-
munidades locais apoiadas pelo Programa de Pequenos Projetos Ecossociais (PPP-
-ECOS), cujo objetivo principal é a conservação por meio do uso sustentável da 
biodiversidade.
O ISPN entende que é necessário discutir e disseminar amplamente esse co-
nhecimento sistematizado para a sociedade em geral, garantindo a geração de de-
manda de mercado, por meio da apreciação dos produtos. Já para as comunidades 
locais, a meliponicultura é uma alternativa viável de geração de renda e de conser-
vação dos ecossistemas, enquanto os entes governamentais devem reconhecer a 
atividade e regulamentá-la conforme os interesses da sociedade brasileira.
O ISPN apoiou, ao longo dos últimos 23 anos, por meio do PPP-ECOS, 42 
iniciativas comunitárias de uso dos produtos das abelhas (sendo 31 com recursos 
do GEF e 11 do Fundo Amazônia). Realizou dois seminários para discutir a impor-
tância das abelhas nativas sem ferrão. O primeiro deles em 2010, uma Oficina de 
Intercâmbio Tecnológico de Meliponicultura entre Comunidades Produtivas, Pes-
quisadores e Organizações da Sociedade Civil, em Cuiabá – MT. Em 2014, já com 
recursos do Fundo Amazônia/BNDES, foi realizada em Brasília a oficina “Produção 
de Mel e Conservação Ambiental: Encontro de Criadores de Abelhas”. De modo 
complementar, o ISPN realiza incidência junto aos órgãos que regulam a legislação 
sanitária e ambiental para discutir a importância da regulamentação dos produtos 
das abelhas nativas sem ferrão.
A segunda edição desse manual demonstra os avanços alcançados nos últimos 
cinco anos, quando a legislação sanitária foi alterada, regulando agora o beneficia-
mento do mel de abelhas nativas sem ferrão e dos seus subprodutos. Além disso, 
na perspectiva dos produtores, o manual inclui novas formas de manejo realizadas 
por comunidades e proposta de entreposto para beneficiamento dos produtos e 
sub-produtos das abelhas. Por fim, este manual trás uma abordagem técnica, que 
considera os conhecimentos tradicionais sobre as diferentes formas de manejo e 
beneficiamento da produção, contribuição inestimável do pesquisador e meliponi-
cultor Jerônimo Villas-Bôas.
Abelha Tiúba (Melipona fasciculata) – Maranhão
Manual de aproveitamento integral dos produtos das abelhas nativas sem ferrão 7
Não sei quem chegou primeiro na minha vida, o autor ou a primeira edição 
do “Manual Tecnológico Mel de Abelhas sem Ferrão”. O fato é que não consigo 
dissociar criador e criatura. Jerônimo é um apaixonado pelas abelhas sem ferrão e 
quando é a paixão o elo de uma amizade, temos amigos de qualidade e assuntos 
para a eternidade. 
Nosso primeiro contato foi virtual, uma consultoria sobre como transportar 
três caixas de jataís que eu havia acabado de ganhar. Antes disso, meu conheci-
mento sobre estas pequenas abelhas não passava da imagem de alguns túneis ren-
dados de cera branca no pilar de madeira da varanda da casa dos meus pais. Ficava 
ali muito tempo observando aquelas criaturas aterrisando e decolando durante o 
dia e fechando a entrada ao anoitecer. Uma vez meu pai tirou o mel com seringa 
e eu consegui provar um pouco, mas era tido como um produto medicinal e não 
como um alimento. Ah, se todo remédio fosse bom como aquele néctar ácido e 
floral, pensei naquele momento. 
Depois de muito tempo sem ouvir falar destas abelhas, me vi cuidadora de 
três colônias sem saber muito sobre elas. Com o Jerônimo tive as primeiras lições 
mais técnicas sobre jataís e outras