A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Resumo CTA Incidência Solar

Pré-visualização | Página 1 de 1

1 
Conforto Térmico Ambiental – professor: Gustavo Luna 
- Implantações e proteções solares corretamente pensadas 
proporcionam: 
• Redução da carga térmica; 
• Salubridade dos ambientes; 
• Eficiência energética; 
• Economia com materiais. 
- Passos para análise dos períodos de insolação das fachadas no 
verão e no inverno: 
1. Identificar a latitude do local; 
2. Identificar o azimute das fachadas; 
3. Inserir as informações na carta solar; 
4. Analisar as condicionantes climáticas. 
Ângulos de Sombreamento: Alfa 
 
• Entre um plano horizontal e um vertical, valores entre 0° a 
90°. 
→ Gerado por elementos horizontais (ex: marquises e 
brises); 
→ Medido no corte. 
 
Fonte: Livro “Eficiência Energética na Arquitetura” – Ilustrador: Luciano Dutra 
 
 
 
Ângulos de Sombreamento: Beta 
 
• Valores entre 0° e 360°; 
→ Gerado por elementos verticais (brises verticais, recuos 
e avanços de parede, etc); 
→ Medido em planta. 
 
Fonte: Livro “Eficiência Energética na Arquitetura” – Ilustrador: Luciano Dutra 
 
Ângulos de Sombreamento: Gama 
 
• Delimita a eficiência do sombreamento dos ângulos alfa e 
beta; 
→ Calculado por meio das vistas frontais e laterais dos 
elementos verticais e horizontais de sombramento. 
 
Gama para proteção horizontal (alfa): 
 
Fonte: Livro “Eficiência Energética na Arquitetura” – Ilustrador: Luciano Dutra 
 
2 
 
Fonte: Livro “Eficiência Energética na Arquitetura” – Ilustrador: Luciano Dutra 
Nesse caso, para proteger mais é necessário prolongar o gama, 
ou seja, aumentar o brise nas laterais. 
 
Gama para proteção vertical (beta): 
 
Fonte: Livro “Eficiência Energética na Arquitetura” – Ilustrador: Luciano Dutra 
 
Fonte: Livro “Eficiência Energética na Arquitetura” – Ilustrador: Luciano Dutra 
Esse tipo de proteção atua mais no começo da tarde e no início 
da manhã, ou seja, não é bom para proteger ao longo do meio do 
dia.