A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
15 pág.
Neuroendocrinologia

Pré-visualização | Página 1 de 1

Neuroendocrinologia - Fisiologia
Northon Evangelho ATM 2024/01
Anatomia do Eixo Hipotálamo - Hipófise
Hipófise está na base do crânio e repousa sobra a sela túrcica (Osso esfenoide).
Relações: Dura máter
 Diafragma da sela
 Processos clinoides anteriores e posteriores
 Quiasma óptico
 Hipotálamo 
 Eminência mediana
 Pedúnculo Hipofisário
 Artérias hipofisárias superior, média e inferior
GUYTON, 2011
GARDNER; SHOBACK, 2013 
Suprimento Sanguíneo 
Adenohipófise é o tecido mais vascularizado do corpo
Ramos da Artéria carótida interna irrigam a hipófise:
Artéria hipofisária superior: Adenohipófise; comunica hipotálamo por meio do sistema porta hipotalâmico hipofisário.
É por esses sistema que chega os hormônios do hipotálamo para hipófise (atráves do pendúnculo hipofisário).
Artéria hipofisária média e inferior: Neurohipófise 
Os hormônios chegam à circulação sistêmica pela veia jugular interna.
OBS: Não há vasos conectando o hipotálamo com a neurohipófise.
OBS 2: Importância clínica: Por ser uma glândula muito vascularizada, a adenohipófise é muito suscetível a processos isquêmicos. Logo, em casos de hemorragias a glândula pode sofrer necrose e não mais funcionar. Como consequência, tem – se o quadro clínico de panhipopituitarismo. 
GARDNER; SHOBACK, 2013 
Eixo Hipotálamo-Hipófise
Hipotálamo secreta hormônios liberadores ou inibidores para estimular adenohipófise:
CRF, TRH, GnRH GHRH, PIH (Dopamina)
Adenohipófise secreta 6 hormônios: ACTH, TSH, FSH e LH, GH, PRL
Adenohipófise se origina da Bolsa de Rathke na 20 semana gestacional e migra para hipófise
O lobo intermediário é um resquício da Bolsa de Rathke com neurohipófise
Neurohipófise é formada por continuação de axônios de neurônios cujos corpos celulares estão no hipotálamo
Tem origem neural por evaginação do hipotálamo ventral e 3 ventrículo.
São os neurônios magnocelulares que estão nos núcleos supraópticos e paraventriculares.
Secreta 2 hormônios: ADH e Ocitocina
Eixo Hipotálamo-Hipófise Anterior
Hipotálamo secreta TRH. Estimula Hipófise a liberar TSH. TSH estimula glândula tireoide.
Hipotálamo secreta CRH. Estimula Hipófise a liberar ACTH. ACTH estimula glândulas adrenais
Hipotálamo secreta GnRH. Estimula Hipófise a liberar FSH e LH. Esses 2 hormônios estimulam as gônadas
Hipotálamo secreta GHRH. Estimula Hipófise a liberar GH. GH tem ação sistêmica, ou seja, age em praticamente todos os tecidos do corpo.
Hipotálamo secreta dopamina. INIBE Hipófise a liberar prolactina. 
Eixo Hipotálamo Hipófise Posterior
Hipotálamo produz ADH. ADH é armazenado na neurohipófise. Função de reabsorção de água nos ductos coletores
Hipotálamo produz ocitocina. Ocitocina é armazenada na neurohipófise. Função de ejetar leite das glândulas mamárias.
Eixo Hipotálamo-Hipófise
Disponível em: <https://www.google.com/url?sa=i&url=http%3A%2F%2Feaulas.usp.br%2Fp1620513190998000ortal%2Fvideo%3FidItem%3D2209&psig=AOvVaw0n2z0dEj6yc_4jA6gLeXb2&ust=&source=images&cd=vfe&ved=0CA0QjhxqFwoTCLjgvJzQuPACFQAAAAAdAAAAABAD>. Acesso em maio 2021
ARQ: Núcleos Arqueados
Núcleo Supraóptico
Núcleo Paraventricular
Repare aqui que a neurohipófise é um prolongamento do hipotálamo
Hipotálamo se comunica com a adenohipófise com sistema porta-hipofisário
GARDNER; SHOBACK, 2013 
Correlação Clínica
Tumores Hipofisários
Podem ser microadenomas ou macroadenomas
Prolactinoma
Acromegalia
Doença de Cushing
Hipopituitarismo
Compressão da Haste Hipofisária: Diminuição de todos os hormônios da adenohipófise e aumento da prolactina. 
Panhipopituitarismo: Deficiência de todos os hormônios da hipófise anterior e neurohipófise
Diabetes Insipidus
Não há secreção de ADH. 
Tumor Hipofisário
Disponível em: <https://www.google.com/url?sa=i&url=https%3A%2F%2Fmedical-dictionary.thefreedictionary.com%2Facromegaly&psig=AOvVaw2HI451CUB7xBgEyd2f-PPI&ust=1620513528826000&source=images&cd=vfe&ved=0CA0QjhxqFwoTCMi4nr7RuPACFQAAAAAdAAAAABAD>. Acesso em maio 2021.
Disponível em: <https://www.google.com/url?sa=i&url=https%3A%2F%2Fmedium.com%2F%40n00273b&psig=AOvVaw1AlZh-vw970HS1xwMtaTF9&ust=1620513587547000&source=images&cd=vfe&ved=0CA0QjhxqFwoTCICYqtzRuPACFQAAAAAdAAAAABAU>. Acesso em maio 2021.
Acromegalia (Excesso de GH)
Síndrome de Cushing (Hipercortisolismo)
Referências
GARDNER, D.; SHOBACK, D. Endocrinologia Básica e Clínica de Greenspan. 9° ed. San Francisco: editora AMGH, 2013.
GUYTON, A. Tratado de Fisiologia Médica. 12ª edição. Missipi: Elsevier, 2011.