A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Primeiro Reinado

Pré-visualização | Página 1 de 1

Primeir� Reinad�
● Início: Independência do Brasil, Término:
D. Pedro 1 abdica o trono.
● Marcado por disputas entre a elite agrária e
o imperador, além de conflitos regionais no
Nordeste e na Cisplatina.
Características do 1a Reinado:
● Período de formação do estado Brasileiro.
● Monarquia constitucional; cujo chefe de
Estado era D.Pedro 1.
● Produtos exportados; açúcar, tabaco e
algodão.
● Intenso comércio de pessoas escravizadas.
● Início de busca de uma identidade própria.
Política do 1a Reinado:
● Constituição da Mandioca 1823: D.Pedro
não gostou pois limitava os poderes dele.
● Constituição de 1824:
1. Monarquia hereditária;
2. 4 poderes: moderador (exclusivo do
imperador), executivo, legislativo e
judiciário.
3. Conselho de estado: ajudava o
imperador.
Confederação do Equador:
● PE, AL, PI, SE, RN, CE e PA, se reúnem e
formam a Conferência em 1824.
● Declara guerra ao império. O objetivo era
alcançar a autonomia, se separando do
Brasil, mas as províncias não conseguem
fazê-lo devido à derrota militar.
Guerra da Cisplatina:
● Disputa pela província da Cisplatina entre o
império do Brasil e as províncias unidas do
Rio da Prata.
● Criação do estado independente, o
Uruguai.
● Aumentou os gastos financeiros e muitos
mortos
O fim do 1a Império:
● As guerras e crises aumentaram o
descontentamento da população e das
elites com o governo.
● D. João VI falece em Portugal e D. Pedro
assume o trono (D. Pedro IV), D. Miguel
não aceita a atitude e inicia uma disputa
entre irmãos.
● D. Pedro renuncia ao trono em favor de
seu filho, Pedro de Alcântara.
1. Em seguida, ele parte para Europa a
fim de lutar contra seu irmão e
restaurar o trono para sua filha,
Maria da Glória, ele consegue.
2. No Brasil, como D. Pedro II tem
apenas 5 anos e inicia o período
regencial.
Noite das Garrafadas:
● 13 a 15 de Março de 1831.
● Os Portugueses que não apoiavam a
separação de Brasil e Portugal, se
enfrentaram nas ruas do RJ.
● Assustado com a violência, D. Pedro
montou um ministério somente com
brasileiros, "Ministério dos Marqueses”,
mas não foi suficiente.
● Suspeita de que o assassinato do
Jornalista critico do governo, Libero Badaró
teria sido mandado pelo imperador
aumentou a revolta.