A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
8 pág.
Exercícios - Migrações internas do Brasil - com gabarito

Pré-visualização | Página 1 de 2

Interbits – SuperPro® Web 
1. (Enem 2019) Tratava-se agora de construir um ritmo novo. Para tanto, era necessário convocar todas as forças vivas da Nação, todos os homens que, com vontade de trabalhar e confiança no futuro, pudessem erguer, num tempo novo, um novo Tempo. E, à grande convocação que conclamava o povo para a gigantesca tarefa, começaram a chegar de todos os cantos da imensa pátria os trabalhadores: os homens simples e quietos, com pés de raiz, rostos de couro e mãos de pedra, e no calcanho, em carro de boi, em lombo de burro, em paus-de-arara, por todas as formas possíveis e imagináveis, em sua mudez cheia de esperança, muitas vezes deixando para trás mulheres e filhos a aguardar suas promessas de melhores dias; foram chegando de tantos povoados, tantas cidades cujos nomes pareciam cantar saudades aos seus ouvidos, dentro dos antigos ritmos da imensa pátria... Terra de sol, Terra de luz… Brasil! Brasil! Brasília!
MORAES, V.; JOBIM, A. C. Brasília, sinfonia da alvorada. III – A chegada dos candangos. Disponível em: www.viniciusdemoraes.com.br. Acesso em: 14 ago. 2012 (adaptado).
No texto, a narrativa produzida sobre a construção de Brasília articula os elementos políticos e socioeconômicos indicados, respectivamente, em: 
a)Apelo simbólico e migração inter-regional.
b)Organização sindical e expansão do capital.
c)Segurança territorial e estabilidade financeira.
d)Consenso partidário e modernização rodoviária.
e)Perspectiva democrática e eficácia dos transportes.
2. (Espm 2019) O gráfico representa a evolução no Brasil da:
a)população masculina e feminina. 
b)taxas de natalidade e mortalidade. 
c)emigração e imigração. 
d)população rural e urbana. 
e)distribuição e concentração de renda. 
3. (Pucrj 2018) 
Com base nos dados fornecidos pelo Censo demográfico brasileiro de 1872 – o primeiro a ser realizado pelo então Estado imperial brasileiro – conclui-se que: 
a)a ocupação do território brasileiro seguia a lógica colonial portuguesa na América do Sul, com a concentração demográfica no interior e aumento da população ao Leste.
b)as principais cidades brasileiras, em números de população absoluta, na segunda metade do século XIX, eram o Rio de Janeiro, Salvador e Recife.
c)as cidades do sul do país tinham a melhor distribuição de população entre elas, por serem as mais desenvolvidas naquela época.
d)o sertão nordestino vivia uma efervescência demográfica frente ao sucesso do cultivo da cana de açúcar e da mineração.
e)o interior do país tinha uma boa distribuição demográfica, reflexo das políticas de imigração do 2º Reinado.
4. (Espm 2018) Observe o mapa a seguir:
No período indicado destaca-se a: 
a)forte migração para o sertão nordestino motivado por uma nova corrida do ouro. 
b)migração de nordestinos para São Paulo motivada pela expansão da soja. 
c)atração de migrantes sulistas para o sertão nordestino para atuar na fruticultura. 
d)forte migração de retorno de nordestinos. 
e)migração de vários pontos do país para a Amazônia motivada pela mineração. 
5. (Uel 2017) Os movimentos migratórios existentes no Brasil, a partir de 2001, mostram que dos habitantes do país não eram naturais do município de residência e cerca de deles não eram procedentes da Unidade Federativa em que moravam.
Considerando a realidade exposta, assinale a alternativa que apresenta, corretamente, motivos que estimularam fluxos migratórios nesse período. 
a)A ausência de ciclos econômicos e de investimentos produtivos, públicos ou privados.
b)A contínua e crescente desintegração dos espaços urbanos e rurais.
c)A migração pendular, que provoca um estado de crise permanente de repulsão da população.
d)A saída do campo para a cidade devido às precárias condições de trabalho lá existentes.
e)O desenvolvimento dos sistemas de transportes, energia e comunicações.
6. (Unicamp 2017) 
	Distribuição da população pelas regiões brasileiras (em porcentagem)
	Regiões / Anos
	1950
	1960
	1970
	1980
	1991
	2000
	2010
	Centro-Oeste
	
	
	
	
	
	
	
	Norte
	
	
	
	
	
	
	
	Sul
	
	
	
	
	
	
	
	Nordeste
	
	
	
	
	
	
	
	Sudeste
	
	
	
	
	
	
	
	
Fonte: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE.
Os sucessivos Censos Demográficos do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) buscam conhecer a distribuição da população pelo território brasileiro, conhecimento relevante para os mais diversos tipos de planejamento.
Considerando os dados da tabela acima, assinale a alternativa correta.
a)As regiões Norte e Centro-Oeste foram as únicas com acréscimos contínuos na participação regional desde 1950, fenômeno associado aos fluxos migratórios nacionais incentivados por políticas governamentais de ocupação do território.
b)A região Nordeste foi a única que apresentou redução contínua de participação regional, fenômeno associado às grandes secas do sertão, responsáveis pela migração da população para as outras regiões do país ao longo de todo o século XX.
c)A região Sudeste tem maior participação regional na população do país, apresentando redução a partir de 1991, fenômeno associado ao decréscimo, em números absolutos, de sua população pela elevada queda da taxa de fecundidade. 
d)A região Sul apresentou acréscimo de participação regional até 1991, ocorrendo queda nas décadas seguintes, fenômeno associado ao regresso dos filhos de imigrantes europeus em busca de trabalho nos países de origem de seus pais.
7. (Fuvest 2016) Observe os mapas.
Dentre as seguintes alternativas, a única que apresenta aprincipal causa para o correspondente fluxo migratório é:
a)I: procura por postos de trabalho formais no setorprimário.
b)II: necessidade de mão de obra rural, devido ao avançodo cultivo do arroz.
c)III: necessidade de mão de obra no cultivo da soja no Cearáe emPernambuco.
d)IV: procura por postos de trabalho no setor aeroespacial.
e)V: migração de retorno.
8. (Ufg 2007) Observe a tabela a seguir.
O censo demográfico de 1980 apresentou uma importante alteração na distribuição da população rural e urbana, resultante da migração ocorrida no período de 1960 a 1980. Mediante a análise e interpretação da tabela, identifique em que região brasileira essa alteração foi maior e explique por que esse fato ocorreu na região identificada. 
Gabarito: 
Resposta da questão 1:
[A]
A alternativa correta é [A], porque o texto insere arquétipos nacionalistas – como “grande convocação”, “gigantesca tarefa” – como apelo simbólico narrando a migração inter-regional, particularmente de nordestinos para o Planalto Central. As alternativas seguintes são incorretas porque suas citações não remetem à interpretação do texto.
Resposta da questão 2:
[D]
Os gráficos representam a evolução da população rural e urbana do Brasil entre 1940 e 2010. A população urbana aumentou de 31% para 84% refletindo o processo de urbanização causado pela industrialização, expansão do setor terciário (comércio, serviços e bancos) e êxodo rural (associado à pobreza rural, concentração fundiária e insuficiência de reforma agrária). 
Resposta da questão 3:
[B]
A alternativa [B] está correta porque Rio de Janeiro, Salvador e Recife são as cidades que apresentam maior população. As alternativas incorretas são: [A], porque a concentração demográfica se dá no litoral; [C], porque a melhor distribuição da população se dá no sudeste e nordeste, áreas mais desenvolvidas no período mencionado; [D], porque a mineração ocorria no sudeste e parte do centro-oeste; [E], porque o interior do país era pouco povoado.
Resposta da questão 4:
[D]
Entre 2000 e 2010, observa-se um importante fluxo da região Sudeste para a região Nordeste em decorrência de investimentos no território nordestino (descentralização industrial, turismo, infraestrutura, agricultura irrigada e geração de empregos) e também do crescimento da migração de retorno, ou seja, nordestinos retornando para a sua região. Esta dinâmica reflete o maior crescimento econômico e baixo desemprego durante o período. 
Resposta da questão 5:
[E]
Os dados