A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
Questões de Direito Constitucional

Pré-visualização | Página 1 de 2

Termos Constitucionais 
 
Desconstitucionalização: quando uma nova constituição revoga a constituição anterior 
e transforma parte dela ou ela toda em lei infraconstitucional. Não é admitida no Brasil. Para 
ser adotada dever ser EXPRESSO. 
 
Inconstitucionalidade Superveniente: quando uma lei antes da constituição é 
inconstitucional. No Brasil não existe Constituição Superveniente, ou é a Constitucional ou 
Inconstitucional a lei, mas se lei ou artigo anteriores da CF não forem constitucional, diz que 
tal artigo não foi recepcionado ou revogação. 
 
Recepção: normas anteriores a constituição, com elas compatíveis, são recepcionadas 
na nova ordem jurídica. Necessário compatibilidade material, não é necessário compatibilidade 
formal. 
 
Poder Constituinte Difuso: é o mecanismo INFORMAL de mudança, ou seja, o texto 
permanecer intacto, mas a leitura sofre nova interpretação. 
 
Direito de Secessão: possibilidade das unidades federativas se tornarem Estados 
soberanos e independentes, tendo suas respectivas autonomias, para formar centros 
independentes de poder. Ou seja, se tornar uma nação. Não é admitido no Brasil 
 
Questões 
 
1º Questão 
Ano: 2017 Banca: Instituto Excelência Órgão: SAAE de Barra Bonita - SP Prova: 
Instituto Excelência - 2017 - SAAE de Barra Bonita - SP - Procurador Jurídico 
Segundo Lenza (2012) a Desconstitucionalização trata-se: 
Assinale a alternativa CORRETA 
a) Trata-se do fenômeno pelo qual as normas da constituição anterior desde que 
compatíveis com a nova ordem, permanecem em vigor, mas com status de lei 
infraconstitucional. 
b) Trata-se de uma nova constituição que possibilita de sobrevivência de certos 
dispositivos da constituição que perde a validade, mas não o caráter de sua norma. 
c) Trata-se de uma nova norma ou ainda por uma visão jurídica passa a predominar a 
sociedade, ou seja, a constituição muda sem que suas palavras sofre modificações. 
d) Nenhuma das alternativas. 
 
2º Questão 
Ano: 2008 Banca: FCC Órgão: MPE-PE Prova: FCC - 2008 - MPE-PE - Promotor 
de Justiça 
Tendo em vista os efeitos da Constituição nova sobre a Constituição anterior, 
conclui-se que 
a) a recepção tem a característica de fenômeno expresso, que para ocorrer depende de 
disposição expressa na nova Constituição, mas em alguns casos é tácito. 
b) foi adotada a desconstitucionalização na vigente Constituição Federal, porém de forma 
genérica e de certos dispositivos da Constituição anterior. 
c) as normas integrantes do direito anterior, ainda que incompatíveis com a nova 
Constituição podem ingressar no novo ordenamento constitucional. 
d) as leis pré-constitucionais que estiverem em vigor no momento da promulgação da nova 
Constituição serão sempre recepcionadas. 
e) o fenômeno jurídico da repristinação, dentre outras situações, só ocorre se houver 
disposição expressa na nova Constituição, visto não haver repristinação tácita. 
 
3º Questão 
FCC - Consultor Legislativo (CL DF)/Constituição e Justiça/2018 
Considere, hipoteticamente, que em determinado Estado nacional seja 
promulgada nova Constituição, na qual estejam contempladas as seguintes disposições: 
 
 I. Permanecem válidos e consideram-se vigentes, com o caráter de lei ordinária, os 
dispositivos da Constituição anterior que não contrariem esta Constituição. 
 II. As leis ordinárias promulgadas anteriormente à entrada em vigor desta Constituição 
mantêm-se válidas e em vigor naquilo em que não sejam contrárias a esta Constituição. 
 
 As disposições em questão referem-se, respectivamente, aos fenômenos da 
a) recepção de normas constitucionais e desconstitucionalização. 
b) desconstitucionalização e recepção. 
c) repristinação e recepção. 
d) desconstitucionalização e repristinação. 
e) recepção de normas constitucionais e repristinação. 
 
4º Questão 
Ano: 2012 Banca: CESPE / CEBRASPE Órgão: DPE-ES Prova: CESPE - 2012 - 
DPE-ES - Defensor Público 
Em relação ao sistema de controle de constitucionalidade brasileiro, julgue os itens que 
se seguem. 
Adotando-se a tese da inconstitucionalidade superveniente, como o fez o STF, 
admite-se ação direta de inconstitucionalidade em face de lei anterior à CF. 
a) Certo 
b) Errado 
 
5º Questão 
Ano: 2015 Banca: FCC Órgão: TJ-PI Prova: FCC - 2015 - TJ-PI - Juiz Substituto 
A teoria da inconstitucionalidade supõe, sempre e necessariamente, que a 
legislação, sobre cuja constitucionalidade se questiona, seja posterior à Constituição. 
https://www.qconcursos.com/questoes-de-concursos/bancas/cespe-cebraspe
https://www.qconcursos.com/questoes-de-concursos/institutos/dpe-es
https://www.qconcursos.com/questoes-de-concursos/provas/cespe-2012-dpe-es-defensor-publico
https://www.qconcursos.com/questoes-de-concursos/provas/cespe-2012-dpe-es-defensor-publico
Porque tudo estará em saber se o legislador ordinário agiu dentro de sua esfera de 
competência ou fora dela, se era competente ou incompetente para editar a lei que tenha 
editado (STF − ADI 2, Rel. Min. Paulo Brossard, DJ de 21/11/1997) 
Do trecho acima transcrito depreende-se a rejeição, por parte da jurisprudência 
do Supremo Tribunal Federal, da teoria da 
a) repristinação. 
b) inconstitucionalidade formal. 
c) recepção. 
d) desconstitucionalização. 
e) inconstitucionalidade superveniente. 
 
6º Questão 
Com. Exam. (MPE GO) - Promotor de Justiça (MPE GO)/2019/60º 
A dinâmica constitucional diz respeito aos efeitos das normas constitucionais no 
tempo. Sobre essa temática, assinale a alternativa correta: 
 
a) A incompatibilidade formal de uma norma, editada validamente sob a égide de 
Constituição anterior, com a nova ordem constitucional não obsta a recepção da norma 
por essa nova ordem. Entretanto, a norma editada de forma viciada, na vigência da 
Constituição anterior, ainda que materialmente compatível com a nova ordem, não é 
por esta recepcionada, diante da impossibilidade de uma "constitucionalidade 
superveniente". 
 
b) O Supremo Tribunal Federal admite o controle concentrado de constitucionalidade de 
leis editadas anteriormente à CF/88, formal e materialmente inconstitucionais em face 
da Constituição anterior, quando referidas leis sejam materialmente compatíveis com a 
nova ordem constitucional. 
 
c) Segundo o Supremo Tribunal Federal, a incompatibilidade material de normas editadas 
validamente sob a égide de Constituição anterior, com a nova ordem constitucional 
https://www.tecconcursos.com.br/concursos/promotor-de-justica-mpe-go-2019-60
conduz à inconstitucionalidade superveniente das normas incompatíveis com a nova 
ordem. 
 
d) A garantia do direito adquirido, do ato jurídico perfeito e da coisa julgada não se 
dirigem ao Constituinte originário, razão pela qual a nova Constituição, simplesmente 
por regulamentar de modo diverso determinada situação, independentemente de 
manifestação expressa do Poder Constituinte originário, aplica-se a ato praticado no 
passado, sob a égide da Constituição anterior, no que respeita aos efeitos já produzidos 
e aos que deveriam ocorrer na vigência da nova Constituição, ainda que o ato fosse 
compatível com a ordem anterior. 
 
7º Questão 
Ano: 2012 Banca: CETRO Órgão: TJ-RJ Prova: CETRO - 2012 - TJ-RJ - Titular 
de Serviços de Notas e de Registros - Critério Provimento 
A doutrina constitucional descreve uma maneira de exercício do poder 
constituinte que se dá de forma permanente e por mecanismos informais, o que ocorre, 
por exemplo, com a interpretação das normas constitucionais. Essa modalidade de poder 
constituinte pode ser chamada de 
a) Poder Constituinte Originário. 
b) Poder Constituinte Concentrado. 
c) Poder Constituinte Hermenêutico. 
d) Poder Constituinte Difuso. 
e) Poder Constituinte Integrador. 
 
8º Questão 
Sobre o Poder Constituinte, assinale a alternativa CORRETA. 
a) O poder constituinte originário confunde-se com a Assembleia Constituinte formada 
especialmente para elaborar uma nova Constituição.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.