A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
14 pág.
Resumo - Metodologia Científica

Pré-visualização | Página 1 de 3

Metodologia Científica
Aula 1
Metodologia científica é o estudo dos métodos de conhecer, de buscar o conhecimento. É uma forma de pensar para se chegar à natureza de um determinado problema, seja para explicá-lo ou estudá-lo.
A metodologia científica está dentro de duas grandes áreas... e essas duas áreas se completam.
Epistemologia
Vem de episteme = termo grego que designa ciência; logia/logos = estudo.
Também conhecida como filosofia da ciência, a área se ocupa da fundamentação da ciência.
“A ciência sem a epistemologia – na medida em que tal seja imaginável – é primitiva e confusa” 						- Albert Einstein
Metodologia Científica Aplicada
Está destinada à pesquisa e à elaboração de trabalhos acadêmicos e científicos.
O que significa conhecer?
Significa incorporar um conceito novo, ou original, sobre um fato ou fenômeno qualquer.
Qual o valor do conhecimento para a vida humana?
É o resultado das experiências que acumulamos em nossa vida cotidiana.
O conhecimento pode ser obtido de diversos modos, através do método científico, das hipóteses, das leis e teorias científicas, bem como por meio da pesquisa científica e da elaboração de trabalhos acadêmicos.
Há muitas maneiras de estudar a realidade...
No mundo acadêmico os modos de conhecer são classificados em:
· senso comum ou conhecimento empírico;
· conhecimento científico;
· conhecimento filosófico;
· conhecimento teológico ou discurso religioso.
Senso Comum
Aquilo que assimilamos por tradição. Ideias que nos ajudam a interpretar a vida e a julgar certas situações. 
Na verdade, estamos mergulhados no senso comum, que geralmente se apresenta como um saber ingênuo, fragmentado e por vezes conservador.
O senso comum pode ser caracterizado em:
Espontâneo: primário, simples e elementar. Nasce da tentativa do homem resolver seus problemas no dia a dia.
Ametódico: porque não possui um método, ou seja, um procedimento, uma técnica.
Empírico: se baseia na experiência cotidiana comum.
Ingênuo ou acrítico: não é crítico, não se coloca como problema e não se questiona enquanto saber.
Subjetivo: é relativo ao sujeito do conhecimento. É formado por juízos pessoais a respeito das coisas, ocorrendo o envolvimento emocional e valorativo de quem observa.
Conhecimento Científico
Ciência é um saber racional e objetivo, que se atém aos fatos podendo transcendê-los. A ciência depende da investigação metódica o que torna analítica e requer exatidão e clareza na busca e aplicação de leis, podendo se usar de predições úteis, porém verificáveis. 
Quais as características do conhecimento científico?
Saber racional que obedece a regras, leis, princípios e se contrapõe ao saber ilusório, às emoções e às crenças;
Saber lógico e sistemático porque as ideias formam uma ordem coerente;
Saber verificável e metódico, pois é passível de exame para ter sua pretensão confirmada ou não. Para tanto, segue uma técnica, um procedimento.
Conhecimento Filosófico
Radical: originada do latim radix, radicis significa raiz e, no sentido figurado, “fundamento”,”base”.
A filosofia é considerada radical porque busca explicitar os conceitos que estão na base do pensar e do agir. Investiga as raízes, os princípios que orientam nossa existência.
Rigorosa: o conhecimento filosófico pode ser rigoroso, pois o filósofo deve dispor de um método a fim de proceder com rigor na investigação.
São vários métodos para proceder a investigação e desenvolver um pensamento rigoroso, fundamentado, coerente e expresso numa linguagem também rigorosa. Os conceitos devem ser claramente definidos.
Saber de conjunto: ter como característica o saber em conjunto. Significa que a filosofia é globalizante porque ao examinar, observa os diversos aspectos de um problema e por visar o todo, ela se torna interdisciplinar.
Conhecimento Teológico
Passa necessariamente por representações abstratas que influenciam as ações no mundo da vida, bem como conferem sentido às angústias e inquietações da consciência. Neste ponto não só representa uma explicação sobre a origem de todas as coisas como desvela o modo de determinada cultura entender e interpretar a sua própria existência.
Aula 2: O Conhecimento
 O conhecimento científico se caracteriza como racional, sistemático e metódico.
O que é método científico?
Trata-se de um conjunto de procedimentos por intermédio dos quais se propõe problemas científicos e colocam-se à prova as hipóteses científicas.
Importância do Método
· Ajuda a compreender o processo de investigação;
· Possibilita a demonstração;
· Disciplina suas ações;
· Ajuda a perceber erros;
· Auxilia as decisões do cientista.
O método, então, é um plano de ação, em que a técnica utilizada é o modo ou a maneira de realizar a atividade pretendida, permitindo que o procedimento escolhido ocorra de maneira hábil e, se possível, perfeita.
O método científico pode se sustentar em dois procedimentos:
· Dedutivo
· Indutivo
A abordagem dedutiva depende da lógica e a indutiva depende da experiência empírica.
Dedutivo:
· Se todas as características forem verdadeiras, a conclusão será verdadeira.
· Toda a informação contida na conclusão já estava presente nas premissas.
Indutivo:
· Se todas as premissas forem verdadeiras, a conclusão será provável.
· A conclusão apresenta informação que não estava presente nas premissas.
Método Hipotético-dedutivo
Karl Popper criticou o método indutivo e lançou as bases do método chamado hipotético-dedutivo que consiste na construção de hipóteses, cujas predições devem se submeter ao critério da falseabilidade.
Popper dizia que qualquer enunciado que só tenha termos observacionais poderia dizer mais do que se pode ver.
Aula 3: Metodologia Aplicada à Pesquisa
 A pesquisa pode ser considerada um procedimento formal com método de pensamento reflexivo que requer um tratamento científico e se constitui no caminho para se conhecer a realidade ou para descobrir verdades parciais. Significa muito mais do que apenas procurar a verdade: é encontrar respostas para questões propostas, utilizando métodos científicos.
Podemos, assim, indicar três elementos que caracterizam a pesquisa:
· O levantamento de algum problema;
· A solução à qual se chega;
· Os meios escolhidos para chegar a essa solução, como os instrumentos científicos e os procedimentos adequados.
Pesquisa Científica
Tipo de pesquisa que objetiva contribuir para o desenvolvimento do conhecimento humano em todas as áreas, sendo sistematicamente planejada e executada segundo critérios rigorosos de processamento das informações.
Uma pesquisa será considerada científica, se for objeto de investigação planejada, desenvolvida e redigida conforme as normas metodológicas consagradas pela ciência.
Fazer pesquisa não é uma tarefa fácil, é preciso ter planejamento e considerar aspectos como classificação, abordagem, objetivo e procedimentos, pois estes delimitam a busca do que se pretende pesquisar.
A classificação da pesquisa está relacionada à sua natureza, ou seja, àquilo que compõe a essência da pesquisa:
Pesquisa pura: objetiva gerar novos conhecimentos úteis para o avanço da ciência sem aplicação prática prevista.
Envolve verdades e interesses universais. É motivada basicamente pela curiosidade intelectual do pesquisador.
Ex: a origem do universo.
Pesquisa aplicada: objetiva gerar conhecimentos para a aplicação prática, dirigidos à solução de problemas específicos. 
Envolve verdades e interesses locais.
Ex: a busca pela vacina contra a AIDS.
Quanto a abordagem, a pesquisa pode ser dividida em:
Qualitativa: reconstrói a realidade observada. Assim, considera a existência de uma relação dinâmica entre mundo real e o sujeito.
Quantitativa: utiliza métodos estatísticos e traduz em números opiniões e informações para classificá-los e organizá-los.
 
Quanto aos objetivos, a pesquisa pode ser:
Descritiva: tem como objetivo descrever as características de algum fenômeno observado, descobrir a frequência com que ocorre, sua relação e sua conexão com outros fenômenos.
Exploratória: consiste em recolher e registrar os fatos da realidade, com o objetivo de

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.