A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
Cartilhas

Pré-visualização | Página 1 de 1

Trabalho psicomotricidade-
Cartilhas 
Leticia Granzotto, 201802136576
Zalem Mauricio, 201804125628
1
Rescém-nascido	
*Fase de descobrir o mundo*
Incapaz de encarar a gravidade 
Postura fisiológica em flexão (posição intrauterina) 
Incapaz de sentar sozinho. 
Incapaz de ficar em pé sozinho, normalmente fica na ponta dos pés, reflexo de marcha 
Reflexo de fuga à asfixia: nariz e boca desobstruídos. 
Cabeça balança com perda de sua posição.
2
Bebê de 1 a 3 meses
*Inicio das adaptações neurofisiológicas ao ambiente*
Levantar e girar a cabeça é uma habilidade básica muito importante, pois é o primeiro movimento contra a gravidade. 
Rola lateralmente, brinca com as mãos e pés explorando e estimulando seu próprio corpo. 
Sentado aumenta estabilidade da cabeça e alinhamento do tronco.
Elevação de tronco com apoio no antebraço, depois nas mãos.
Incapaz de ficar em pé
3
Bebê de 3 a 6 meses
 
*Descobrindo o mundo, objetos e simetrias*
Estender as mãos para alcançar um objeto.
Avanço na força contra gravidade e deslocamento.
Virar e rolar sozinho. 
Interage com o mundo em sua volta.
Procura com o olhar ao ouvir uma voz.
Senta com apoio.
4
Bebê de 6 a 9 meses
*Descobrimento e adaptações para movimentação no espaço*
Já movimenta-se explorando o ambiente. 
Sentam sem apoio e usam braços para se equilibrar. 
Passar objetos alternando as mãos.
Imitar gestos e sons.
Puxar-se para levantar (vencendo força da gravidade)
Apoia nas mãos e joelhos e consegue levantar ambos. 
5
Bebê de 9 a 12 meses
*Iniciação do padrão adulto- verticalização*
Independente: ficar em pé sem apoio
Andar pela casa explorando tudo.
Atenção quando chama pelo nome.
Dar inicio nas primeiras palavrinhas. 
Segurar objetos com o polegar
Movimenta-se segurando na mobília.
 
.MsftOfcThm_Accent6_Fill {
 fill:#33CCCC; 
}
 
 
.MsftOfcThm_Accent6_Fill {
 fill:#33CCCC; 
}
 
 
.MsftOfcThm_Accent6_Fill {
 fill:#33CCCC; 
}