A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
19 pág.
Homem e Sociedade

Pré-visualização | Página 1 de 3

Homem e
Sociedade
Homem e Sociedade
O debate interminável dentro da antropologia, sobre se cultura é “subjetiva” ou
“objetiva”, é concebido de forma totalmente errônea. Uma vez que o
comportamento humano é visto como ação simbólica, o problema se a cultura é
uma conduta padronizada ou um estado da mente ou mesmo as duas coisas
juntas, de alguma forma perde o sentido. O que se deve perguntar a respeito de
um gesto como um abraço ou dois beijos, é:
Resposta
Selecionada:
b. 
Qual é a importância desse gesto e o que está sendo
transmitido por ele.
Respostas: a. 
Se a cultura aceita esse tipo de gesto.
b. 
Qual é a importância desse gesto e o que está sendo
transmitido por ele.
c. 
Se várias culturas adotaram o mesmo gesto para dizer
a mesma coisa.
d. 
Se os gestos devem ser objetivos ou subjetivos.
e. 
Se a cultura existe de fato ou é apenas uma
convenção.
. Resposta: B
Comentário: toda ação cultural, de alguma forma, é uma extensão
das narrativas de uma determinada cultura. Os gestos transmitem
ideias no contexto de uma cultura e sua importância deve ser
estudada.
Pergunta 2
.
A cultura é pública porque o significado é público. O que isso quer dizer?
Resposta
Selecionada:
c. 
Isso significa que todo mundo da mesma cultura sabe o
significado das coisas.
Respostas: a. 
Isso significa que qualquer coisa de um país faz parte
da cultura.
b. 
Isso significa que a cultura só acontece em espaço
público.
c. 
Isso significa que todo mundo da mesma cultura sabe o
significado das coisas.
d. 
Isso significa que qualquer cultura é do público.
e. 
Isso significa que só o público, mas não o privado, faz
parte da cultura.
. Resposta: C
Comentário: quem participa de uma cultura, sabe o
significado das coisas daquela cultura. Mas atenção, nas
culturas há subculturas, como a culinária de determinadas
regiões. Nem sempre as pessoas conhecem o sabor de
temperos como o tucupi da região norte, ou do bolo de fubá.
Pergunta 3
.
A cultura de uma sociedade consiste no que quer que seja que alguém
tenha de saber ou acreditar a fim de agir de uma forma aceita pelos seus
membros, como:
Resposta
Selecionada:
d. 
Aprender a escrever a língua daquela sociedade.
Respostas: a. 
Discutir com todo mundo.
b. 
Falar sem erros de gramática.
c. 
Acreditar em Deus.
d. 
Aprender a escrever a língua daquela sociedade.
e. 
Saber jogar futebol.
. Resposta: D
Comentário: mesmo que em determinadas sociedades, a
maioria das pessoas acredite em Deus, ou tenha jogado
futebol na infância, isso não é suficiente para alguém ser
considerado brasileiro, por exemplo. Mesmo falar uma língua
sem erros de gramática não é fundamental, pois a maioria
das pessoas comete erros gramaticais ao falar. Mas aprender
a escrever a língua de uma sociedade é o primeiro passo para
se aprender a cultura de uma sociedade.
Pergunta 4
.
Dizemos que algumas pessoas são transparentes para nós. Mas sabemos
que um ser humano pode ser um enigma completo para outro ser
humano. Aprendemos isso quando chegamos a um país estranho, com
tradições inteiramente estranhas e, mesmo que se tenha um bom
domínio do idioma do país, nós não compreendemos o povo, porque:
Resposta
Selecionada:
d. 
Só podemos entender os outros quando
compreendemos a cultura deles.
Respostas: a. 
Não aprendemos a nos sentir como um deles.
b. 
Só conseguimos entender os outros a partir na nossa
cultura.
c. 
Sempre somos estrangeiros fora de nossa cidade.
d. 
Só podemos entender os outros quando
compreendemos a cultura deles.
e. 
Mesmo com o bom domínio da língua, não entendemos
todas as palavras ditas.
. Resposta: D
Comentário: podemos falar mal a língua de outro país,
podemos até mesmo falar bem a língua de um país, como
português no Brasil. Mas se não entendemos a cultura de um
país ou mesmo de uma região, não sabemos quais são seus
hábitos. Então nos assustamos quando vemos que a mesma
raiz pode ser chamada de nomes diferentes, como aipim,
mandioca e macaxeira. Ou então, quando em algumas
regiões é normal andar sem camisa e, em outras, é ofensivo.
Pergunta 5
.
Existem roubos que são justificáveis, como roubar para comer?
Resposta
Selecionada:
d. 
Depende da interpretação da justiça de uma
civilização.
Respostas: a. 
Depende do tamanho da fome.
b. 
Roubar é sempre errado.
c. 
Deixar alguém com fome é imoral, portanto, o roubo é
justificável.
d. 
Depende da interpretação da justiça de uma
civilização.
e. 
Não existem roubos justificáveis.
. Resposta: D
Comentário: as trocas criam a necessidade de uma
regulamentação que chamamos de justiça. A justiça cria uma
hierarquia de valores, determinando o que é justo e o que não
é. A essa hierarquia de valores damos o nome de moral.
Então, cada civilização acaba por determinar o que é justo e
o que é moral.
Pergunta 6
.
Nossa herança genética determina algumas das habilidades que
permitem que nós tenhamos sucesso com algumas especializações.
Dessa especializações, todas são decorrentes da genética ou são
aprendidas?
Resposta
Selecionada
:
d. 
A genética determina a aptidão do organismo, mas é a
cultura que explora as possibilidades do fazer.
Respostas: a. 
Aquelas que são decorrentes da genética não precisam
ser aprendidas.
b. 
Só poucas coisas podem ser aprendidas por todos,
apesar de alguns fazerem mais facilmente.
c. 
Tudo pode ser aprendido e o esforço para tornar alguém
excelente em alguma coisa só depende de cada um.
d. 
A genética determina a aptidão do organismo, mas é a
cultura que explora as possibilidades do fazer.
e. 
Todo povo tem em sua genética sua determinação
cultural.
. Resposta: D
Comentário: a genética determina a capacidade de nosso
organismo em fazer determinadas coisas de forma mais fácil
do que outras. Mas as especializações do fazer são culturais.
A cultura é que determina o que é um prato bem feito ou a
forma correta de dirigir automóveis.
Pergunta 7
.
O casamento é chamado de uma instituição cultural, mas o casamento é
uma troca ou uma união?
Resposta
Selecionada:
c. 
O casamento é uma troca simbólica.
Respostas: a. 
O casamento é apenas um sacramento religioso.
b. 
O casamento é apenas uma instituição civil.
c. 
O casamento é uma troca simbólica.
d. 
O casamento é uma coisa ultrapassada.
e. 
O casamento é uma união, e não uma troca.
. Resposta: C
Comentário: as trocas não são apenas materiais. Existem
também trocas simbólicas. Uma troca simbólica é justamente
o casamento dos filhos de duas famílias.
A cerimônia não pretende determinar a posse dos filhos, mas
principalmente os acordos entre as duas famílias. Essa troca
simbólica do casamento é que acabou determinando a
importância da virgindade da mulher.
Pergunta 8
.
O objetivo da antropologia é aumentar o entendimento do universo do
discurso humano. Mas esse não é seu único objetivo, pois também o
avanço moral e a descoberta da ordem natural no comportamento
humano são outros objetivos, e a antropologia não é a única disciplina a
estudá-los. No entanto, esse é um objetivo ao qual o conceito de cultura
se adapta bem. O que isso significa?
Resposta
Selecionada
:
d. 
Por isso que estudar antropologicamente uma cultura
aumenta o entendimento sobre o que é humano.
Respostas: a. 
Isso quer dizer que só entendemos as culturas como
parte da antropologia.
b. 
Isso quer dizer que a cultura sempre pressupõe um
avanço moral.
c. 
A adaptação cultural diz respeito à evolução das
espécies.
d. 
Por isso que estudar antropologicamente uma cultura
aumenta o entendimento sobre o que é humano.
e. 
Por isso que a antropologia não pode ser estudada
sozinha sem o auxílio de outros conhecimentos.
. Resposta: D
Comentário: a antropologia estuda todas as formas de
expressão de uma cultura. O relacionamento de uma cultura,
principalmente de uma cultura primitiva, diz respeito às
formas de adaptação do ser humano ao ambiente. Assim,
estudamos como o ser humano se adapta aos mais diversos
aspectos geográficos do planeta, superando com habilidades
as dificuldades encontradas.
Pergunta 9
.
O valor moral é natural ou simbólico?
Resposta
Selecionada: