A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
289 pág.
BUSINESS INTELLIGENCE COM POWER BI

Pré-visualização | Página 8 de 10

visual é muito interessante para comparar metas com
valores reais.
• Crie um Bullet Chart, colocando a Região no campo Category, o Consumo Energia
em Value e a Meta em Targets.
• Com esse visual, conseguimos ver o consumo por
região, qual a meta e se a mesma foi atingida ou não.
• As opções de cores são feitas no rolinho, opção
Targets: coloque a meta como vermelho. Assim,
quando o consumo estiver abaixo da meta, a barra
ficará em vermelho.
EXERCÍCIO CONSUMO ENERGIA
• Um outra indicador interessante quando se possui metas, é criar um % de
Realizado vs Meta.
• Crie uma nova medida para fazer esse cálculo:
• Configure essa medida como %.
• Insira um gráfico de barras e coloque essa nova medida como
Valor e no Eixo coloque Ano e Mês.
• Para que a cor altere quando o % for negativo, no rolinho, escolha
a opção “Controles Avançados” dentro de “Cores dos dados” e crie
a regra para alterar a cor.
• Nesse caso, será:
EXERCÍCIO CONSUMO ENERGIA
• Faça o Drill Down para navegar entre os níveis de ano e mês.
EXERCÍCIO CONSUMO ENERGIA
• Se achar necessário, crie também uma matriz com os dados.
EXERCÍCIO CONSUMO ENERGIA
• Se desejarmos, calcular o % de consumo de cada Região com base no montante
total de consumo (de todos os anos), precisamos criar uma medida onde esse valor
de consumo fique fixo, mesmo com filtros. Para isso, utilizaremos duas funções em
conjunto: a CALCULATE e a ALL.
• Precisamos criar uma medida, pois a medida Consumo Energia varia de acordo com
o contexto de filtro aplicado a ela. Diferente do Excel, no PBI não existe o conceito
de células e, portanto, sempre iremos trabalhar com colunas ou tabelas.
• Se colocamos ela numa tabela junto com a região, por exemplo, a medida “explode
para cada região”. Para conseguir extrair esse valor Total, sem que ele altere com
os filtros, é necessário criar uma medida para isso.
EXERCÍCIO CONSUMO ENERGIA
• Conforme já mencionamos, a função CALCULATE consegue alterar o contexto de
filtro. Ela necessita de uma expressão e algum tipo de filtro que se deseja aplicar.
= CALCULATE([Expressão];[Filtros])
• A expressão será a SOMA do Consumo. Nesse caso, já temos uma medida que faz
esse cálculo e podemos utilizá-la:
=CALCULATE ([Consumo Energia]; ……)
• O segundo argumento é o filtro que desejamos aplicar para realizar essa soma.
• Nesse caso, queremos o Consumo Total registrado na tabela, independente do
contexto de filtro ou segmentação de dados do relatório que a medida está
aplicada.
EXERCÍCIO CONSUMO ENERGIA
• Para isso, utilizaremos a função ALL, que retorna todas as linhas de uma tabela ou
todos os valores de uma coluna, independente dos contextos de filtro ou
segmentadores de dados aplicados no relatório.
= ALL([tabela] ou [coluna])
• Iremos passar como parâmetro para a função ALL, a tabela Consumo, já que
utilizaremos todos os dados dela. Nossa medida completa será:
Consumo Total = CALCULATE(Consumo[Consumo Energia];ALL(Consumo))
• Dessa forma, teremos um valor de consumo total e que não altera com nenhum
tipo de filtro.
EXERCÍCIO CONSUMO ENERGIA
• Para calcular o % que representa cada região nesse consumo total, utilizaremos a
função DIVIDE para realizar a divisão do consumo pelo consumo total.
• A função DIVIDE utiliza 3 parâmetros e tem a capacidade para tratar casos com
divisão por zero:
= DIVIDE (Numerador; Denominado;[Alternate Result])
• O Alternate Result é o valor que será apresentado, caso o resultado da divisão seja
por 0. Se fosse utilizado a divisão normal não teria como tratar esse caso.
• Nesse caso, utilizaremos a função BLANK() que retorna vazio.
• Sendo assim, a medida será:
%Total = DIVIDE(Consumo[Consumo Energia];Consumo[Consumo Total];BLANK())
• Na aba modelagem, basta formatar essa 
medida como percentual:
EXERCÍCIO CONSUMO ENERGIA
• O resultado será:
• Note que, mesmo com um filtro de um segmentador aplicado, o consumo total
não altera.
EXERCÍCIO CONSUMO ENERGIA
• Para que um totalizado seja alterado com alguma segmentação de dados (Anos, por
exemplo), podemos utilizar a função ALLSELECTED no lugar da ALL.
• Essa função retorna todas as linhas de uma tabela ou todos os valores de uma
coluna, independente do contexto de filtro, porém mantém os filtros SELECIONADOS
no relatório.
= ALLSELECTED ([tabela] ou [coluna])
• Sendo assim, a medida será:
EXERCÍCIO CONSUMO ENERGIA
• O resultado será:
• Note a diferença entre Consumo Energia, Consumo Total e Consumo Selecionado,
quando se aplica o filtro de Ano.
EXERCÍCIO CONSUMO ENERGIA
• A medida para calcular o Percentual com Seleção será:
• O resultado e diferenças entre a utilização do ALL e ALLSELECTED:
EXERCÍCIO CONSUMO ENERGIA
• Crie um gráfico de cascata por região e % Selecionado.
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
OBJETIVOS:
• Cálculos com data
CONHECIMENTOS:
• Cálculo de acumulado do ano e geral;
• Cálculo ano anterior e mês anterior;
• Cálculo de Taxa de crescimento;
• Funções DAX: TOTALYTD, FILTER, ALL, MAX, SAMEPERIODLASTYEAR, 
PREVIOUSMONTH, DIVIDE.
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
• Retorne a primeira página do relatório e copie os segmentadores de dado de Ano e
Mês (ctrl + c) e cole na segunda página (ctrl + v).
• Ao colar, aparecerá a seguinte mensagem:
• Se selecionar a opção SINCRONIZAR, os filtros serão sincronizados e quando um
filtro for selecionado em uma página será aplicado também na outra. Ex.: Ao
selecionar o ano de 2017 na página 1, na página 2 também irá filtrar por esse ano.
• Caso escolha a opção NÃO SINCRONIZAR, os filtros das páginas serão
independentes.
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
• Essa opção de Sincronizar ou Não os segmentadores de dados que são comuns nas
páginas do relatório, também pode ser configurada na guia Exibição.
• Selecione o segmentador para configurar se ele será sincronizado com as outras
páginas. Marque a opção de filtro do Fluxo 1 e 2 para sincronizar na duas páginas.
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
• Um outro cálculo utilizando datas é o para calcular o valor de um período no ano
anterior.
• Para isso será utilizada a função SAMEPERIODLASTYEAR. Com essa função,
conseguimos comparar uma período atual, com um período no ano anterior.
• Utilizaremos essa função combinada com a função CALCULATE, onde o saldo será a
expressão e a data será um filtro.
• Já para calcular o valor do mês anterior, utilizamos a função PREVIOUSMONTH:
• Para calcular a taxa de crescimento utilizaremos o valor atual (saldo) e o valor do ano
anterior.
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
• Um cálculo acumulado muito utilizado é o de Acumulado do Ano.
• Uma função que faz esse cálculo é a TOTALYTD.
• Essa função utiliza uma expressão e uma coluna de datas.
• A expressão será a medida Saldo já calculada e utilizaremos a coluna de Data da
dCalendario.
• Nessa medida, a cada ano o saldo acumulado é zerado.
• Para calcular o acumulado geral, onde o saldo não é zerado a cada novo ano,
utilizaremos as funções CALCULATE, FILTER, ALL e MAX combinadas, resultando na
medida abaixo:
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
• Incluir as novas medidas na matriz.
EXERCÍCIO FLUXO DE CAIXA
EXERCÍCIO LOJA DE MÓVEIS
OBJETIVOS:
• Criar um relatório de vendas com filtros pré-definidos por franquia utilizando 
uma base que necessita de transformações para ser utilizada e que trate vendas 
duplicadas.
CONHECIMENTOS:
• Importar pasta com txt e adicionar novos arquivos.
• Coluna Condicional, Auto Preenchimento e Remover Duplicadas
• Painel de Indicadores
• Botões e uso de imagens como botões
• Funções DAX: SUM
EXERCÍCIO LOJA DE MÓVEIS
EXERCÍCIO LOJA DE MÓVEIS
EXERCÍCIO LOJA DE MÓVEIS
• Os dados desse exercício são em txt e
estão em uma pasta.
• Observe que os dados precisam de
alguns tratamentos antes de serem
utilizados no relatório.
• Os dados não estão colunares, pois a
indicação de Filial está como uma
espécie de título, inserindo uma linha
no meio das colunas quando muda a
filial.
• Precisamos que a Filial apareça como
uma coluna.
EXERCÍCIO LOJA