A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
propriedades coligativas

Pré-visualização | Página 1 de 1

o Propriedades coligativas são propriedades das 
soluções, que se modificam na presença de um 
soluto. 
o Comparam o comportamento das soluções com o 
dos solventes puros 
o É importante lembrar: 
→ Dependem apenas do número de partícula 
dispersas e não de sua natureza 
→ O soluto não pode ser volátil pois ele precisa 
estar na solução para causar efeito 
o Volatilidade: tendência/facilidade de evaporar 
o Para acontecer a ebulição a pressão máxima de 
vapor {pressão exercida por um vapor quando este 
está em equilíbrio com o líquido que lhe deu origem} 
é igual a pressão da atmosfera 
→ A pressão de vapor de um líquido aumenta com 
a temperatura até atingir um estado de 
equilíbrio, em que a quantidade de moléculas que 
vaporiza é igual ao número de moléculas que 
condensa, tendo assim a sua maior pressão de 
vapor 
o Quanto mais alto, menor a pressão, logo menor a 
temperatura para as coisas 
o Quanto maior pressão de vapor, mais volátil é, 
menor a sua temperatura de ebulição 
o Relacionada com a diminuição da pressão de vapor 
o Soluções sempre terão menor pressão de vapor 
que o solvente puro 
o Quanto menor a evaporação, menor a volatilidade, 
menor a pressão de vapor { é ocasionado pela 
dissolução de um soluto não volátil} 
o Em uma solução com soluto não volátil e não iônico, o 
abaixamento relativo da pressão máxima de vapor é 
diretamente proporcional à molalidade da solução 
o Kt= 0,018- constante tonométrica da água 
o Aumento da temperatura de ebulição de uma 
solução causada pela adição de soluto em 
comparação à temperatura de ebulição do solvente 
puro 
o O soluto “atrapalha” o solvente, o que vai tornar o 
solvente menos volátil, menos vapor e, 
consequentemente, menor pressão de vapor e 
assim maior a energia {calor} necessária 
o EX: panela de pressão: ocorre por um aumento de 
pressão interna, que leva a um aumento da 
temperatura necessária para a ebulição, ou seja o 
líquido demora mais a entrar em ebulição, exigindo 
maior temperatura, cozinhando mais rápido. 
 
Delta Te = Ke W 
o São diretamente proporcionais, ou seja quanto 
maior a pressão máxima maior será a elevação de 
sua temperatura de ebulição 
Relembrando: 
Evaporação: passagem lenta do 
estado líquido pro vapor 
Ebulição: passagem rápida e 
tumultuada do estado líquido para o 
vapor 
Calefação: passagem instantânea do 
líquido para o vapor 
o Diminuição da temperatura de congelamentode uma 
solução 
o É usada em lugares frios, para descongelar as 
estradas {usa sal}, para não congelar a água do 
motor e etc 
 
Delta Tc = Kc . W 
o Osmose: passagem de solvente {puro} da solução 
menos concentrada para a mais concentrada 
através da membrana semipermeável 
→ Permite a passagem de solvente de uma 
solução para a outra, mas não permite 
passagem de soluto, assim é possível impedir a 
osmose. 
→ Para isso aplica-se uma pressão externa 
conveniente sobre a solução no sentido inverso 
ao da osmose , de intensidade mínima igual à 
pressão osmótica 
→ Se a pressão externa exercida for maior que a 
osmótica, vai ocorrer a osmose reversa ou 
invertida, onde o solvente passarada solução 
para o lado do solvente puro 
o Pressão osmótica: equivale a pressão que deve ser 
exercida sobre uma solução para impedir ou 
dificultar a sua diluição por osmose 
 
 
 
 
o Hipertônica: pressão osmótica maior q o outro 
{água salgada ex} 
o Hipotônica: pressão osmótica menor q o outro {água 
doce ex} 
o Isotônica: as duas pressões são iguais 
o Primeira Lei: em temperatura constante, a pressão 
osmótica é diretamente proporcional à 
concentração em mol/l da solução 
o Segunda lei: em concentração em mol/l constante, 
a pressão osmótica é diretamente proporcional à 
temperatura da solução 
i = 1 + alfa (q -1) 
sendo: 
→ i = efeito coligativo iônico ou molecular 
→ alfa = grau de ionização ou dissociação dos 
compostos 
→ q= numero total de íons liberados na ionização 
ou na dissociação 
→ quando alfa é igual a 100% i=q 
Lembrando de Biologia: 
Quando se colocam hemácias em água pura, 
elas incham {turgência} podendo arrebentar 
{hemólise}. Isso ocorre pois a água atravessa 
a membrana plasmática, penetrando na célula 
rapidamente. Mas quando de coloca hemácias 
em um lugar com alta concentração de sal, 
elas murcham {cremação} isso pois os líquidos 
celulares saem mais rapidamente 
Sabendo disso, tu consegue resolver muitas 
questões que envolver a 
osmoscopia