A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
24 pág.
Pratica 1 Elementos de Automacao

Pré-visualização | Página 1 de 1

DISCIPLINA: ELEMENTOS DE
AUTOMAÇÃO
Prof. César
 Integração do conteúdo teórico + prático
 Metodologia: Objetivos de Ensino, Objetivos
de Aprendizagem, conteúdo Prévio, Execução
da Prática, Análise em um processo aplicado
(contextualização)
 Objetivos de Ensino: Aplicação de sensores
em automação. Introdução ao CLP
 Objetos de Aprendizagem: Aprender noções
básicas sobre o funcionamento de sensores
industriais, de componentes eletrônicos
analógicos e conceitos básicos de sistemas
digitais inerentes a aplicação de
Controladores Lógicos Programáveis
 Amostra de Sensores e Transdutores
(Comentário da Unidade I)
 O que é CLP?
 Equipamento eletrônico baseado em um
microprocessador;
 CLP – Controlador Lógico Programável;
 Possui Facilidade e agilidade nas alterações
do Processo.
 Aplicação: Controle de Nível, Temperatura 
etc;
 O CLP é dividido em Hardware e Software;
 Hardware: É a parte física do CLP.
 Há vários tipos de CLP
 CLP de Pequeno Porte: Entradas e saídas do
CLP incorporadas na CPU;
 Modelo Rack ou Bastidor: possui CPU
Separada do CLP.
 O modelo Rack garante maior capacidade de 
processamento e velocidade;
 Exemplo Ilustrativo
 A parte de CLP também possui a chamada
Redundância (é quando você possui 2 CPU’s)
 1 CPU Principal
 1 CPU secundária Hot-Stand By
 Ficam conectadas em rede, onde caso a CPU
principal falhe, a Hot-Stand By assume a
aplicação sem deixar que o processo pare.
 Software
 É o programa de Controle para o CLP,
contendo as sequencias lógicas de Execução
de uma determinada tarefa;
 No desenvolvimento há uma plataforma de
criação do programa.
 Modo de Escrever o programa: Linguagem de
Programação
 Norma IEC 61131-3: Fala das 5 linguagens
padrão de programação;
 As linguagens padrão de programação são:
 Texto estruturado (ST)
 Lista de Instruções (IL)
 Ladder Diagrams (LD)
 Diagramas de Blocos Funcionais (FBD)
 Funções Básicas de Sequenciamento (SFC)
 Texto estruturado (ST)
 Exemplo:
 C:=A and not B;
 Parece com uma linguagem C++ ou Pascal
 Lista de Instruções (IL): Usa muito siglas
(Exemplo LD significa LOADIND)
 Exemplo:
LD A
ANDN B
ST c
 Ladder Diagrams
 Exemplo
 Diagramas de Bloco Funcional (FBD)
 Funções Gráficas de Sequenciamento
 Conceitos de Bit, Byte, word, Dword,
HexaDecimal, Operadores Booleanos, etc.
 Bit = 0 ou 1 (ligado ou desligado)
 Byte = 8 bits (00000000) = 28=256 – 1=255
 Word = 2 Bytes (16 Bits) = 216=65536 – 1=
65535
 DWord = 4 Bytes (32 Bits) =
232=4294967296 – 1= 4294967295
 Sistema HexaDecimal (Sistema de Base 16)
 0,1,2,3,4,5,6,7,8,9,A,B,C,D,E,F
 Calculadora Windows (Opção Programador)
 Shift – Right (Deslocamento de Bits para a
Direita)
 Shift – Left (Deslocamento de Bits para a
Esquerda)
 Situação Problema
 A linguagem ladder pode ser associada a uma
lógica de programação digital para
acionamento de cargas
 Exemplo: Disjuntor + Botão + Lâmpada
 Referências Bibliográficas
 Controladores Lógicos Programáveis – Sistemas Discretos.
Claiton Moro e Valter Luís. 2 ed. São Paulo: Érica 2009.
 Controladores Lógicos Programáveis. Frank D. Petruleza.
Porto Alegre. AMGH, 2014.
 Prudente, Francesco. Automação Industrial PLC.
Programação e Instalação. Rio de Janeiro, LTC 2013.
 Automação Aplicada: Descrição e Implementação de
Sistemas Sequenciais com CLP. Marcelo Georgini. 9 ed. São
Paulo. Érica, 2007.
DISCIPLINA: ELEMENTOS DE
AUTOMAÇÃO
Prof. César